segunda-feira, 25 de outubro de 2010

***

Foi a choradeira da tarde.

21 comentários:

Ché disse...

nem digas nada!

Sahaisis disse...

sobre o quê?

Li disse...

Pois,
vi a apresentação do filme, fiz uma pesquisa na net e nem me atrevi... nem foi preciso, lia o texto da net e as lágrimas teimavam em correr... Fantástico este cão não foi?
Enfim...

Soneca disse...

Já o vi há muitos meses mas ia-me saindo a alma pelos olhos! Nem quero lembrar...

CurlyGirl disse...

Emocionante, sem dúvida...

Menino do mar disse...

A história é muito emocionante, o livro também, mas acho que o filme não conseguiu captar essa essência...

MAG disse...

Comigo foi igual e a história é verdadeira...

GuttaSel disse...

Após termos conhecido esta história, que é de facto verdadeira, o meu filho escolheu um Akita Inu, vermelho, de nome Kimi, para seu companheiro. É um animal ao qual só lhe falta falar. Para nós, este cão é simplesmente mais um membro da família e não conseguimos fazer nada sem ele. Fomos buscá-lo a Espanha, a uma criadora de Akitas e Shibas e vive connosco desde os 2 meses de idade. Sem vergonha alguma digo que amamos este cão e sentimos que ele nos ama, defende e protege.

Guta

Inês disse...

Ainda não fui ver, mas tou com essa ideia! Embora, pelo trailer, já tenha percebido que vou chorar como se não houvesse amanhã... Mas parece-me ser uma história tão bonita que acho que vale mesmo a pena ver!

Tixa disse...

Assim que ouvi falar do filme pesquisei sobre o mesmo e cheguei a conclusao que Nao!Nao o vou ver!
Nao quero!So de ler a historia ate doi quanto mais se vir o filme....

Inspiração Inesperada disse...

Rios de lágrimas...

Isis disse...

Já o vi há alguns meses :$ aguentei o filme todo mas quando cheguei ao fim chorei tanto e de tal forma que o meu namorado entrou em desespero e não sabia o que fazer comigo LOL

Stôra Lu disse...

Filme lindo!! Eu junto-me às que choraram baba e ranho ao vê-lo... E estou como a Isis: no final, eu soluçava!! E o meu marido olhava para mim, pasmado, sem saber o que fazer, mas ele também se emocionou! ;)

Stôra Lu disse...

E se queres outro, de cães, que também nos deixa choronas, vê o "Fluke". É antigo (deve ter uns 10 anos, mais coisa menos coisa), mas é lindoooooooooooooooo)!!

Borboletinha disse...

Uiiiii, se eu chorei baba e ranho com este filme. A minha sorte foi tê-lo visto em casa porque se fosse no cinema inundava a sala de certeza. E o meu marido também deitou uma lagrimita que eu vi. Os homens armam-se sempre em machões mas depois são umas manteigas derretidas.
É sem dúvida um filme fantástico. E o que mais me emociona é saber que a história é verdadeira. Nem sei se tenho coragem de o ver de novo.

Rita disse...

Nunca ouvi falar =/
*

Ana' disse...

ja vi e aconteceu-me o mesmo, e eu nem sou moça de chorar! *.* é um daqueles filmes perfeitos

beijinhos ^^

http://crimuetduncoeurpresse.blogspot.com

António Prates disse...

Brincadeiras à parte, este filme talvez seja uma boa solução para curar as depressões orçamentais do país. Quem sabe se todos víssemos este filme meia dúzia de vezes seguidas chorássemos ininterruptamente durante umas boas horas e passássemos a encarar a vida de uma forma mais alegre e positiva. Quase sempre ficamos revigorados após um temporal de lágrimas.

Pensem nisto, e façam-se ouvir em altos prantos!

Ana C. disse...

Vi este filme há montes de tempo (por meios ilegais que não posso estar aqui a especificar) e retirei apenas uma conclusão:
O cão era burro. Caramba, tantos anos a ir ter àquela estação, mas tantos anos e morreu sem perceber que o dono já tinha quinado? ;)

Mary disse...

O filme é lindíssimo :)
Principalmente para quem já teve um ou outro cão que marcou muito...

http://so_risoincognito.blogs.sapo.pt/

Pickles e Penas disse...

Eu também vi e foi muito triste... A sala de cinema tinha-se transformado num funeral. Tudo a chorar...