segunda-feira, 10 de maio de 2010

É basicamente isto que eu penso

Eu até ia escrever uma coisinha deste género, mas depois lembrei-me que a Bad já o tinha feito muito bem há uns tempos.

Um dia, o mais provável é que deixes de usar calças dois números acima do teu, e que deixes de mostrar os boxers a toda a gente. Nesse dia vais começar a sentir as borbulhas desaparecerem da cara, como num passe de mágica. Vais deixar de ouvir uma única banda até à exaustão e vais pensar como é que foste capaz de estar dois meses sem lavar o braço onde o vocalista te deu o autógrafo. Vais experimentar andar de saltos altos e não vais cair. Nesse dia vais ter mais de o dobro das escolhas para te calçar. Vais deixar de fazer sexo no banco de trás do carro e começar a fazer amor (ou sexo) na tua casa. Nesse dia vais descobrir que 3 minutos não é a duração ideal de uma relação sexual. Vais deixar de acampar e descobrir que há hotéis que te tratam muito bem. Nesse dia vais perceber que esses hotéis te tratam tanto melhor quanto o número de estrelas que tiverem à porta, e que as estrelas custam dinheiro. Nesse dia vais ficar contente por teres um bom emprego. (...) Vais viajar de avião. Nesse dia vais perceber que Benidorm e Lloret del Mar não têm as melhores praias do Mundo. Vais deixar de fazer piadas parvas e as pessoas vão começar a apreciar o teu sentido de humor. Vais poder ir a todo o lado sem dar cavaco a ninguém e sem ter de pedir boleia. Vais perceber que apanhar bebedeiras é ridículo e que as pessoas que acham que tu és um herói são apenas mais parvas que tu. Aqui fica uma ideia: quando esse dia chegar, agarra-o com as duas mãos e não o deixes fugir.



Bad Girl, no seu Bad Girls go Everywhere

20 comentários:

Bad Girl disse...

Ui, que isto agora vai dar-me o quíntuplo das visitas, e eu nem limpei o estaminé nem nada...
:-)

siceramente disse...

bahahaha! que tédio!

Cris disse...

Assim, já concordo.
(:
Algumas coisas já agarrei, outras espero mesmo vir a agarrar.

...Ju... disse...

gostei gostei gostei!

S. disse...

Muito muito bom :)

Inês disse...

Muito bom!

Paty Michele disse...

Gostava desse blog.

Celeste disse...

Concordo plenamente!!!

Sabor Adocicado* disse...

Adorei :D

Paula disse...

Uau...

S* disse...

Priceless. :P

MissPiggy disse...

A.K.A. "CRESCE E APARECE". É isso, não é? Sim, apetece-me dizer isso constantemente e um bom par de estalos também vem a calhar muitas vezes :P

ME disse...

Gosto, gosto muito...

Isilda disse...

Granda sermão!É bom para quem não tem juízo.

Angel in the dark disse...

Adorei o post!

Quando esse dia chegar, chega com ele uma nova visão do mundo!

Angel

The Allure House disse...

Adorei o post! Subscrevo inteiramente. :)

thenriques disse...

gostei mesmo muito!

Pinkk Candy disse...

Muito bom! Totalmente de acordo.

Morcegos no Sótão disse...

Não que os adolescentes não sejam, muitas vezes, um mar de ovelhas nesse grande pasto que é o mainstream. São, certamente. Ainda assim, têm sonhos e ideologias que os fazem acreditar que podem mudar o Mundo. Coisa que nós, tristes e cínicos adultos, já não temos.

Não que a campanha da Sumol seja alguma coisa de jeito, não é nada de especial. Mas a mensagem é positiva. O que eu escolho ver na campanha da Sumol é que não devemos, nunca, contentar-nos com menos do que merecemos. Que não devemos nunca deixar-nos ir pelo que é socialmente mais fácil e aceite.

MJNuts

Ana Leonor disse...

nao podia concordar menos