terça-feira, 16 de março de 2010

E ainda dizem das mulheres...


Dustin Hoffman em "Tootsie" (1982)

Meus amores, pior do que uma mulher coscuvilheira, é um homem coscuvilheiro. É a coisa mais corta-interesse que já se viu. Deus me livre de andar com um homem cusco. É horrível. E se há tantos. Há anos trabalhei com um colega que era assim. Sabia sempre de todos os pormenores. Quem é que andava com quem. Quem é que andava zangado com quem. Durante os intervalos, era vê-lo em plena sala de professores, tal e qual uma baratinha tonta, sempre de um lado para o outro, a apanhar conversas daqui e conversas dali. A atirar farpinhas, como quem não queria a coisa, aqui e ali. Nós não podíamos com ele. É que se me irritam mulheres que não fazem mais nada do que viver a vida dos outros, ainda me irritam mais os homens assim. E não são assim tão poucos como isso. Aliás, basta ver aí pela blogosfera. Onde há guerrinhas lá estão as três ou quatro aventesmas a atirar uma ou outra farpa. Lá estão elas, as aventesmas, a dizer que aquela blogger é isto e que aquela blogger é aquilo. Meus amores, vão mazé fazer qualquer coisa de útil à sociedade.

9 comentários:

Nox Lilin disse...

Irritam-me ambos em dose igual. Mas também é a dose máxima.
Coscuvelhice irrita-me tanto que chego a meter o que tiver a mão na boca da pessoa para ela se calar.
Logo depois vêm os problemas (claro!)

Last Angel disse...

Conheço um que é demais. quando entramos no café lá vem ele com aquele riso falso e cheio de falsidade dar as novidades. Normalmente quando fala pra mim faço de conta que não oiço, pego no jornal ou telemóvel para o afastar. Parece um abelha a pousar de mesa em mesa a ver quem lhe dá conversa. Só lhe falta saia e o lenço na cabeça para ser igual às beatas que saiem da missa e já estão a falar da vida das pessoas. Enfim...

Ana Sofia Santos disse...

isso não é cusquice, é picar mais as mulheres e tontas como são caem sempre na deles :)

Sophie disse...

LOOOL, seja homem ou mulher odeio quem vive a vida de outrem.

é um lixo humano :o

Ana, Dona do Café disse...

Realmente tolero mais a costela da cusquice feminina do que masculina. Conheço um caso assim, daqueles que gostam da intriga, perguntam e rodam o assunto até dar para cozinhar em lume brando e depois 'falam sem querer'... Oops!
Não há mesmo paciência para gente que por não ter vida, gosta de inventar a vida dos outros...(aplicando isto em blogs, ui, que maravilha).
Beijinho

Pepino e Tomates disse...

Teriam futuro na política, esses homens. :)

Merlia disse...

Não podia concordar mais contigo! Há uns anos entrou um na minha vida que pensei que fosse meu amigo e que graças a tanta cusquice se tornou no meu pior pesadelo! É que não gosto numa mulher, mas num homem repele-me mesmo a sério!

Violeta disse...

Farpas são peidos.

Nuno disse...

TEnho um amigo que é assim! Parece o jornal lá da terra! Sabe sempre tudo antes de toda a gente. Eu diria que ele é gajo para saber mais da minha vida do que eu próprio!!!

Acho que isso é típico das pessoas que não têm nada que fazer. Têm de se entreter com alguma coisa. Só é pena que seja com a vida dos outros.

Beijitos,
Nuno.