terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Sabemos que a nossa mãe anda a levar os signos demasiado a sério quando...

Às 9 horas da manhã (hora a que nunca liga, a não ser que haja uma emergência)

- Está tudo bem, filha? (com uma voz aflita)

- Sim, porquê?

- Ai, é que estive agora a ler o teu signo e estava tão mauzinho...

13 comentários:

Jojozinha disse...

loooool
a minha mãe não leva isso tão a sério, mas brinca dizendo para ter cuidado com isto ou aquilo que o signo fale xD

Finotti, Mariana disse...

kkkkkkkkkkkkkkk ótima!

que ao contrário do seu horóscopo seu dia seja BOM. rs

Boa semana! ;)

mllissa disse...

Já agora qual é o teu signo???
(Pergunto eu preocupada)

Rita Baguinhos disse...

A minha mãe também ja me fez isso 2 vezes :S

S'Lia disse...

Hehehehe
A minha mãe nem se dá o trabalho de ler :)

Silk disse...

Eu acabei de ler o meu signo na Vogue e diz que vou ter imensa energia e dedicação ao trabalho... pois, só se for mesmo para o mês que vem... porque em Fevereiro... tem Carnaval lai lai lai! ;)

Pepino e Tomates disse...

Se calhar foi só uma desculpa para poder falar contigo. Talvez lhe tenha dado um ataque de saudades.

S. disse...

LOL fantástico! as mães não existem...

M20 disse...

ahahahahah que querida xD

Marisa disse...

Ainda bem que a minha mae não liga aos signos. hehehe

LuLu disse...

Ah as mães..

A minha ligou me antes da hora do almoço:
- Já almoçaste?
_ Não, vou almoçar agora. Porque?

- Nada, era só para saber.. (silêncio)

- Ligaste-me para perguntar só isso?

- Foi, não tinha mais nada para perguntar!

- Então porque é que ligaste?

- Ah, pois, vou desligar, beijinhos e até logo.

...

Um abraço!

athynir disse...

Ainda outro dia andava tranquilo pelo campo, distraido observando o céu., QUando vi estava dentro do rio, e em principio a água estava agradavel e segui boiando, mais a frente as aguas ficaram agitadas e com muito esforço aprendi a nadar, mas, eis que o destino me pega mais uma peça e um pouco mais a frente uma queda , o riacho agitado se transforma em queda de cachoeira.. e lá vou eu.
Parecia o fim, mas no caminho um galho e me seguro. O galho aguenta só por alguns instantes, e mesmo se ele não sedesse, eu não aguentaria meu proprio peso. Pronto la vou eu em queda livre rumo ao chão. Derepente surge um passaro enorme e aldo e me captura. Vou sendo levado,e o passaro me leva para uma montanha muito alta e me deixa em um ninho de cobras. Eu fico desesperado, mas eram tantas cobras que o veneno me mataria em segundos. Então do nada vejo um facão, e mata em um golpe só as cobras. Delas faço uma corda, laço o pássaro, subo nele e ele insiste em ir em direção ao sol. Mas, eu o domino, sigo em direção ao rio, passo por baixo da queda d´agua e encontro uma caverna. Desço e vejo um baú cheio de ouro, e na minha espectativa de recolher o tesouro o pássaro foge levando minha corda.
Nossa estava rico e sem ter como sair. Então jogo as joais fora, entro no baú e me lanço queda abaixo dentro do baú. e após um grande susto o baú vai tarnquilo por aguas calmas. Mas, eis que surge tubarões... e eu me pergunto : Por que não acab logo esta tortura.
E derepente surge uma sereia com uma faca e mata o tubarão.
Ela me pede como prenda o baú e achei justo.
Segui em direção a terra firme e lá encontro uma carteira cheia de dollares. E me pergunto o que fazer? E a resposta foi clara... Se não é seu devolva.
Sim, sou o protagonista de minha vida. Embora as vezes a vida tente me fazer seguir por atalhos estranhos.

Ventania disse...

Abraço solidário de quem recebeu no fim de Dezembro, a meio duma manhã hiper-busy no emprego, telefonema da mãe, toda contente, a dizer que estava a ver na tv que os balanças iam encontrar novo amor em 2010. Haja paciência...