terça-feira, 15 de dezembro de 2009

E com relações à distância...

... não me estava a referir a casais que vivem um em Lisboa e o outro em Coimbra ou no Porto. Estava a referir-me a casais que moram em países diferentes. Isso, sim, é distância.

37 comentários:

margarida disse...

Se é..

Michiyo Nakamura disse...

Essas são do pior. Na maior parte das vezes não resultam. Mas sempre ouvi dizer que as regras são feitas p'ra serem quebradas ;)

Vânia disse...

Ou ela vive no Porto e ele no Algarve! :( *

a Gaja disse...

Olha eu nem nas de muita distância, nem as de pouca distância. O amor é um lugar estranho e com distâncias à mistura ainda o é mais.

disse...

Eu já vivi uma relação à distância, mas que resultou, porque embora fosse bem grande (Portugal-Alemanha), foi sempre na expectativa de um regresso a médio prazo. E hoje estou casada com ele ;) - pelo que resultou e bem.
Agora, sem tempo determinado, compreendo que seja muito, mas mesmo muito difícil...

Capitão Microondas disse...

E em mundos diferentes? Isso então não te digo nem te conto.

MissJ disse...

SIm, isso é que é distância!

Lebasiana disse...

Ao fim de mais de uma dezena de anos completamente colados, o meu mais que tudo foi trabalhar para Angola... eu fiquei no Porto... já não o vejo/beijo (lol) há mais de 3 meses... É AMANHÃ! É AMANHÃ!!!!!!

jocas ;)

... disse...

Sim, eu percebi a ideia... porque dentro de Portugal as distâncias são relativas, em pcas horas vais de uma ponta à outra deste cantinho à beira-mar plantado. Agora países diferentes... é tudo muito complicado. Mas possível, acredita :)

Jinhos!

Marta

Style&Stuff disse...

Isso das distâncias é o cabo dos trabalhos... acomplica aquilo que é simples, o amor!

Kiss*

Faz de Conta disse...

Não deve ser fácil... E é preciso que seja um sentimento muito forte!

Anônimo disse...

Eu já mudei de país por amor. Ou melhor, de continente. E não me arrependi. Mas também, se não o tivesse feito, duvido que a relação resultasse. E depois de uns anos, a viver fora, e de ver o que vejo, tenho mais certezas que sim, uma relação à distância dificilmente resulta. Vidas duplas, não é definitivamente para mim. E claro que isso pode acontecer mesmo vivendo-se na mesma cidade, na mesma casa. Mas, assim mesmo acho (assistindo ao que assisto) que, dificilmente seria feliz a viver na incerteza do futuro. Menina Kitty Fane, a felicidade é para ser pensada para o "hoje", não para o "possível" futuro. A história de que temos todo o tempo do mundo, é treta. Tretinha. :o)
Mas, obviamente que também acredito que possam existir exemplos de sucesso...
Um abraço!

P.S. Leio o blog à uns meses mas, esta é a primeira vez que comento... Escusado será dizer que adoro! :o)
Sofia

Kella disse...

Vivi um namoro à distância (Irlanda-Portugal) e agora estamos casados e com 3 filhotes a viver por cá. Quando amamos tudo se consegue.Bjocas

TiTó disse...

Se é... eu não conseguia!!!

siceramente disse...

Tens de saber que um dia se juntarão. É o mais importante.

hierra disse...

eu como já passei por uma especie de relacionamento à distância, de Lisboa até Munique, até costumo dizer que a distância se sente de uma forma muito especial ... ele em lisboa, ela no porto não é nada :)

Liliana disse...

"tens passaporte em dia?" - pergunta-me ele...
"Porquê?"...
"Porque em Janeiro vou trabalhar para Angola e quero que venhas comigo"...

e a vontade de ir é grande, mas há sempre obstáculos, grandes e duros, para ultrapassar...

só me resta acreditar que, se o amor é verdadeiro e sincero, irá vencer qualquer distância...

Anônimo disse...

Mesmo um Porto outro Lisboa é distancia. Porque ninguem faz 500 km para ir e voltar todos os dias para aquecer os pes ou para dar um beijo. Ainda mais tratando-se de um trabalhador de companhia aerea que quer se levantar as 3h da manha ou as 6h da tarde. quer em portugal quer em outra parte do mundo.

O que não é distancia é 30 m 2 km 10km 0u va uns 50 0u 80km porque tudo o resto traz dissabores.

***

GuroZen disse...

Been there, done that!
Não funciona... de facto.

Anônimo disse...

Já amei tanto à distância... Era ver-me colada a messengers, skypes e afins à procura dele, tanta saudade (palavra que nem existe no idioma dele). Ainda hoje sonho com ele e era menina para largar tudo se fosse para ficarmos juntos.
Somos grandes amigos, separados por um oceano e é só o que dá... Também quem me manda ser esquesita e cair de amores por um estrangeiro com tanto tuga por aí :-)

Mariane Martins Manso disse...

Nem me fala..

Vivo no Brasil e ele está na holanda. Namoramos 6 anos antes dele se mudar. É mt dificil....

Mt mesmo...

bjs

Anônimo disse...

Mesmo dentro da Europa em 3/4 horas e por umas dezenas de euros estão em Portugal! Eu vivi 2 anos, sem uma única visita, a 19 horas de avião longe do meu namorado que estava a viver na China. Além da distância era a diferença horária em que ele estava a acordar e eu a deitar-me, nunca conseguíamos falar. Ao fim de 2 anos fartei-me, larguei tudo e juntei-me a ele. Já lá vão 3 anos. Agora Porto- Coimbra ou mesmo Portugal-outro país da Europa não custa tanto, porque também já vivi um ano com o mesmo namorado em que eu estava na Alemanha e de 3 em 3 meses lá acontecia uma visita.
Rita

Anônimo disse...

Ou ele na Madeira...e eu no continente...:(...Há dias em k custa tanto...

L. disse...

Ai a distância, essa malvada de sempre. É complicado lidar com ela, sim. Há sempre aqueles momentos em que é preciso um bocadinho mais do que uma voz ao telemóvel, ou um e-mail, ou um SMS. Geralmente até são momentos em que um simples olhar de cumplicidade faria milagres. Mas... enquanto houver amor, há tudo o resto: força, esperança, paciência. Ainda estou nessa fase, na de acreditar que levando as coisas com calma e tendo em vista um objectivo maior que qualquer outro, é possível. E até já me programo para pelo menos uma vez por mês, passar horas intermináveis a fazer check-in. :)

Beijinho,

Laura R.

Anônimo disse...

Daqui a uns tempos é em planetas diferentes...

Alforreca disse...

Ui, no meu caso eu falava de Covilhã - Aveiro...
Assim é diferente :(

Rubi disse...

Nao funciona mesmo. Ja passei por isso!

Pérola Negra disse...

Isso sim é distância!!! E que distância!!

Anônimo disse...

Relações à distância, decididamente não resultam!!!
Há sempre um que dá mais de si. Vivi assim ano e meio, separados por 8000 km e a ver-mo-nos 3 vezes por ano, duas semanas de cada vez.
Não resultou, é claro! Ele conheceu outras paragens, outras pessoas...
Ele continua lá e eu continuo cá. Apenas o meu esforço pra que resultasse não foi suficiente. Temos que ser os dois a fazer esse esforço e a mostrar diariamente ao outro o quanto é importante pra nós. Mostrar que é apenas uma fase passageira, um esforço, para atingir um fim... Neste caso, só eu mostrava...

Margarida Seiça

Soraia disse...

Já vivi uma relação à distância, mas dentro do mesmo país, e recentemente pus (ou melhor, fui obrigada a pôr) em prova o nosso relacionamento de 3 anos visto que ele foi em Erasmus para Inglaterra. Infelizmente (ou felizmente, visto que possivelmente foi para o meu bem), a relação não resultou devido a fraquezas da parte dele. No entanto, acho que foi algo positivo para a minha vida, porque vês a outra faceta da tua suposta cara-metade, e é a derradeira prova de amor! Como já disseram antes, só resulta mesmo se houver um esforço de ambas as partes, que no meu caso também não houve. Apesar de ser tudo ainda muito recente, acredito que há relações que resultam à distância, desde que se façam os esforços (e são imensos!) para não deixarem que o amor morra ou que seja substituído.
Força!

Isilda disse...

É a mesma coisa viver dentro do país mas mais longe e um deles viver fora do país.É relação á distância na mesma.

alexandra_costa3 disse...

Eu ca no continente ele la nos açores... ja somos melhores amigos á mais de 2 anos e ja la vao 6 meses de namoro, nao posso dizer k é facil há dias k tudo esta perfeito há outros em k uma pessoa se kestiona.... Mas tenho a certeza k vai dar certo é so preciso mt amor sempre ouvi dzr k no verdadeiro amor n há barreiras :)

Mafa79 disse...

Eu estou há 1 ano e tal a viver um amor à distância e é mto complicado...Portugal- França...há dias em k só me apetece desistir e seguir outro caminho...mas o meu amor é grande e eu luto para que resulte...se vai resultar ou ñ...ñ sei....mas q é uma situação difícil e k magoa é. :'(

Mafa79 disse...

Eu já há 1 ano e tal k vivo uma Amor à distância (portugal-franca). É mto complicado e doloroso... se vai resultar não sei...eu esforço me pra k sim...mas confesso k às vezes só me apetece desistir. Mas o meu coração ñ me permite tal. Não sei aonde esta situação me levará mas eu tenho Fé e Esperança k todo este sofrimento, saudades etc um dia vão ser compensados com muita Felicidade e Amor. ;)

Mafa79 disse...

Eu estou há 1 ano e tal a viver um amor à distância e é mto complicado...Portugal- França...há dias em k só me apetece desistir e seguir outro caminho...mas o meu amor é grande e eu luto para que resulte...se vai resultar ou ñ...ñ sei....mas q é uma situação difícil e k magoa é. :'(

Andre Ferreira disse...

Ola

Eu vivo um amor a distancia ja vai em tres anos USA/Portugal
Eu e ela somos a prova viva que pode resultar.

Ficamos colados ao telefone,mensagens,whatsapp etc etc

Somos a confiança um do outro
Nao existe traiçoes,sempre contamos o dia um ao outro
Ate tomar banho,almoçar,dormir,sair etc..vamos "juntos"

È amor verdadeiro acreditem que voces tambem conseguem

Existe quanta saudade,quanta lagrima,quanto sorriso..

Amo.a com todo o coraçao e agradeço.lhe pelo lindo e maravilhoso filho que me deu.

Força nao se deixem vencer
Se nós conseguimos voces tambem conseguem

Andre Ferreira disse...

Ola

Eu vivo um amor a distancia ja vai em tres anos USA/Portugal
Eu e ela somos a prova viva que pode resultar.

Ficamos colados ao telefone,mensagens,whatsapp etc etc

Somos a confiança um do outro
Nao existe traiçoes,sempre contamos o dia um ao outro
Ate tomar banho,almoçar,dormir,sair etc..vamos "juntos"

È amor verdadeiro acreditem que voces tambem conseguem

Existe quanta saudade,quanta lagrima,quanto sorriso..

Amo.a com todo o coraçao e agradeço.lhe pelo lindo e maravilhoso filho que me deu.

Força nao se deixem vencer
Se nós conseguimos voces tambem conseguem