terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Alertas de todas as cores


Alessandra Ambrosio

Eu não sei como é que há uns anos vivíamos sem os alertas meteorológicos. Faz um bocadinho de frio - que admiração, até estamos em Dezembro e tudo - e são logo aberturas de noticiários com a notícia, entramos todos em alerta amarelo, buuu que medo, chovem conselhos da protecção civil para vestir várias camadas de roupa, para não fazer trabalhos que envolvam muito esforço. Ainda se se tratasse de um temporal ou algo do género, até se justificaria uma coisa destas, agora assim... Pfff. Sou só eu que acho isto tudo um bocadinho exagerado?

22 comentários:

BlueAngel disse...

Não és não, Kitty! ainda me lembro dos Natais gelados na terra do meu avô, perto da Guarda, e não tínhamos alertas e indicações sobre "como se vestir quando ficam temperaturas negativas".

Dulce disse...

São as vagas de frio e as vagas de calor. Cá para mim, havia por aí muita gentinha desempregada a precisar de se entreter com alguma coisa. Até os imagino sentadinhos nas secretárias à espera que a temperatura desça ou suba para poderem fazer um comunicado à imprensa e declarar um alerta, de preferência vermelho que dá muito mais pica. Então se morrerem duas ou três pessoas por causa disso ainda melhor! É que não há paciência!

Smurf disse...

Não! Eu também acho um exagero!! :)

margarida disse...

A informação nunca é demais, mas o alarmismo sim. Quase que aposto que os hipocondríacos por esse país fora não têm descanso durante o Inverno.
Avisar para se aquecerem e aquecerem as casas sim, agora mandar as pessoas não fazer esforços é um bocado de mais. Mesmo com frio a vida continua, e se bem que Portugal é um país "temperado", 0 ou 3ºC não é um frio assim tão extremo. Embora eu assim o sinta também!

Clau disse...

O problema não é tanto relacionado com facto de estar frio. É com o facto de, de um dia para o outro, as temperaturas terem descido abruptamente. Eu que nem sou friorenta tenho de admitir que gelo agora com muito mais facilidade (e que com os meus 25 aninhos de vida, tenho os ossos a queixarem-se que é um pesadelo, fora a má circulação a deixar-me dormente). Realmente, antes não havia nada destas mariquices de avisos, mas caramba, se temos a possibilidade de alerta, devemos accioná-la, não? E não acho que esteja um bocadinho de frio. Está realmente frio! E ainda que seja habitual para a epoca, poderia era ser uma descida gradual. Mas olha, sabes que mais, assim posso vestir um meu casaco "ursinho" da Custo Barcelona que me custou os olhinhos da cara.

Branca de Neve disse...

Chega a enervar! Como se as pessoas fossem parvinhas e não soubessem que têm de vestir mais roupa. Estão à espera que alguém lhes diga...

N disse...

E é o mesmo com o calor. Um exagero!

Serena Van Der Woodsen disse...

se agora é assim imagino em Janeiro! :)

Sinapse disse...

... é ridículo!

Chila Camomila disse...

Concordo contigo! Parece-me que o problema da comunicação social não é propriamente o frio, mas a falta de assuntos para noticiar! *

a Gaja disse...

Os meios de comunicação social exageram em tudo, demasiado.
Está frio, muito...mas para mim é normal, ou acho que sim :S

MissJ disse...

Mesmo!
Eu devo de andar com os calores, porque ainda não tirei aquele kispo de inverno para fora...ando com uma camisola e um casaco...
:S

Fuschia disse...

Sim parece-me sempre que à falta do que falar, têm que inventar uma tragédia "Oh Céus, chove!E no Inverno!É o fim do Mundo!"

A Sosquinha disse...

É certo que a comunicação social exagera às vezes, demasiadas vezes até. Acho também, que é alarido a mais. Mas, se nós mais novinhos lá temos consciência do frio e nos agasalhamos, os velhinhos nem sempre são assim. Teimosos e pouco cautelosos, nem sempre tomam as melhores precauções e depois lá vem o serviço do hospital a abarrotar desnecessariamente.


Bom blog kitty! =)

hierra disse...

Ainda há pouco estava comentar isso, que palermice, como aqui fizesse um frio daqueles de lascar...pra além do mais estamos na altura do frio...e7u acho sinceramente que anda por aí uma paranoia colectiva...está um pouco de frio fica logo tudo sobre alerta...bahh

Cachecol do Pintor disse...

é, a temperatura baixa dos 10 graus e parece que vamos morrer todos em breve...

Anônimo disse...

Ainda ontem pensava o mesmo ao ver o Telejornal, parecia uma grande reportagem, entrevistas a perguntar o que tinham vestido, por amor de Deus, que exagero!

Maria:)

Jibóia Cega disse...

Disse exactamente o mesmo no meu blog :)

http://jiboiacega.blogspot.com/2009/12/vem-ai-o-frio-tenham-medo-tenham-muito.html

Cate disse...

Quando falta o assunto, fala-se do tempo. O mesmo acontece com os noticiários.

Miss K. disse...

não és nada só tu, querida Kitty. eu, desaparecida em combate, me confesso: ainda ontem estive um bom bocado a pensar nisso. com estes alertas a abrirem telejornais e os relatos de situações "catastróficas" ao almoço e ao jantar, parecemos um país cheio de pena de si próprio - ups, não será isso que somos?

Eva disse...

Felizmente poucos noticiários ouço mas ainda bem que não sou só eu a achar os avisos ridículos...a gente sente-se a modos que mais acompanhada!!!
Ontem, depois de ter escutado atentamente tais avisos, saí às 8 da manhã para a minha caminhada de 5 Km/hora à beira da praia!Senti-me tão bem como em qualquer outro dia e assim continuo hoje...e atenção que eu sou do mais friorento que há!

Raquel disse...

Não és só tu, não!
Eu já desisti de ver telejornais... poupem-me, é tudo uma desgraça, tudo exagero. Querem dar cabo da alegria e boa disposição que nos resta!
Eu lembro-me sempre de temperaturas abaixo dos 0, todos os anos... enfim.

Bjs