sábado, 29 de junho de 2013

Desesperadamente, à espera das férias

Edita Vilkeviciute para a Vogue fotografada  por Gilles Bensimon, maio 2013

Devido ao facto de me ter tornado numa espécie de anti-social que detesta confusões, ir para a praia ao fim de semana é completamente impensável para mim. Filas para chegar, filas para estacionar, filas para estender a toalha, e, no fim de tudo, uma água gelada que não se aguenta e uma ventania acompanhada de areia que nos transforma a todos em croquetes. Graças a isso e tendo em conta que ainda não estou de férias para poder ir durante a semana com menos confusão, ainda não consegui pôr os meus belos pezinhos na praia.  Por isso, aguardo ansiosamente a chegada das minhas férias lá para o final de agosto. É que já só penso em praia, em mergulhos, em passeios de barco, em pés na areia e, sobretudo, em boa vida.

3 comentários:

José María Souza Costa disse...

Olá, vim te visitar e deixar um convite, há Vós, e aos teus seguidores
CONVITE
Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
Eu também tenho um, só que muito simples.
Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
Força, Paz, Amizade e Alegria
Para você, um abraço do Brasil.
www.josemariacosta.com

stantans disse...

aqui no Porto a água tá bem boa e não há vento :) infelizmente também só pude ir dois dias e agora tão cedo não há nada para ninguém

Ângela Ferreira de Sousa disse...

A primeira parte deste post poderia ter sido escrita por mim. Estou a tornar-me tão anti-social, este ano não meti os pés na praia nem tenho saído muito... Salvem-se as praias do Algarve!