quinta-feira, 13 de junho de 2013

Das coisas que nos envergonham


Se há coisa que eu abomino nesta vida são touradas, toureiros, forcados, e tudo o que a esta coisa está relacionado. Não consigo compreender o prazer de gostar e de aplaudir um espetáculo que termina com um touro a escorrer sangue, sem forças, numa arena. É chocante e tenho vergonha de viver num país onde se permitem barbáries destas. Mas adiante. João Moura Jr, que pelo que percebo deverá ser um daqueles cavaleiros que anda em cima de um cavalo, de fato justo e foleiro, a atirar farpas para cima de inocentes touros (ai tão machos e tão fortes que eles são, queria ver se as tentassem atirar do chão, isso é que era), lembrou-se de vender os seus cães no facebook. E que fotos é que a criatura põe para tentar concretizar o negócio? As fotos dos ditos cães a atacarem, literalmente, uma vaca, como que a dizer - vejam bem a qualidade destes cães, até atacam outros animais (que pena não o terem atacado a ele). Mas, esperem, diz o seu agente que não estão a atacar coisíssima nenhuma, diz que estão apenas a ladrar para assustar a vaca, como facilmente se nota pela fotografia.

Obrigada, mais uma vez, Facebook, por continuares o teu trabalho de denunciar gente idiota.


24 comentários:

Martine disse...

Acredito que uma grande fatia da população não veja mal nenhum nas touradas ou no facto de ele ter o que tem na mão como troféu (e cada pessoa tem, por assim dizer, o seu direito a ter opinião e a achar aquilo pouco grave ou o mesmo que por exemplo nós comermos carne - de animais que também foram cortados), mas, mesmo não me metendo em opiniões alheias, importa dizer que continuo a achar que ele teria ficado muito melhor na fotografia se estivesse a segurar numa mão os próprios órgãos genitais dele e na outra, um pé.

Hibiscus disse...

Meu Deus, isto é realmente TRISTE! Vivemos num Mundo de gente sem valores e sem respeito pelos animais, porque eles próprios são os animais que acham piada o sofrimento de outros seres.

Não gosto de touradas, não vejo onde possa estar o prazer de ver um animal sofrer. A parte dos forcados até é engraçado, o touro não sofre e se alguém se magoar foi para lá porque quis, mas o resto acho triste.

Cantinho da Bê disse...

Estas fotos são do mais triste que há. Pobre touro... mas e o que dizer de uma pessoa que quer vender os seus cães, que não têm culpa do que estão a fazer, porque de certeza é fruto da educação que lhes deram? :-(

Rubi disse...

Idiota 'e pouco!

Cailin disse...

ainda ontem disse isto, o fb que cada vez me interessa menos, ao menos serve para mostrar a ervilha que algumas pessoas tem na cabeça! este anormal é que merecia umas boas farpas nas costas.

Merry Chillaz disse...

Apesar das inúmeras petições que já se fizeram neste país a tentar acabar com esta violência contra os touros, nada é feito. Isto porque alegam que a "cultura tradicional portuguesa" fala mais alto do que o potencial sofrimento de um animal. E também há os iluminados que dizem que o touro não sofre nada porque a pele é muito rija...wtv! o que eu vejo é um animal a ser atacado, gozado, cansado até à morte e a cuspir sangue. É um "espectáculo" que abomino e recuso a ver. Sempre que há touradas em Lisboa e eu tenho conhecimento, apetece-me emigrar!

http://oblogdachillaz.blogspot.pt/

moijeeu disse...

Ainda estou em choque com estas fotos. Que nojo.

rirri r. disse...

concordo com tudo o que disseste! não percebo mesmo o que é que atacar um touro e torturá-lo tem de divertido

Conto de Fadas disse...

QUE NOJO de pessoa.

Aaminah disse...

eu não gosto de touradas, muito sinceramente não vejo qualquer tipo de lógica naquilo.

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Ora aí está uma "raça" potencialmente perigosa e que só devia sair à rua de açaime. O jovenzinho, claro!

Do meu ponto de vista o argumento dos fãs das touradas que se viram para as pessoas e dizem comes carne não comes? não é argumento nenhum, pois alimentarmo-nos de outros seres, como outros se alimentarão de nós (de preferẽncia só quando já só formos cadáveres) é a cadeia alimentar.

Touradas e afins é ter prazer a roçar o orgasmo com o sofrimento de um ser vivo!

Ter prazer com o sofriemnto alheio, vibrar com a dor do outro...seja pessoa ou animal...é do mais baixo que pode haver.

Estou como tu: nem acredito que é permitido, que é legal, que é tradição (?), que tem defensores... uma tristeza é o que é!

Ana Ricardo disse...

Sem palavras...

Lady Ana Ricci disse...

Eu confesso que sou fã de touradas. Sempre gostei porque fui incentivada desde pequena a gostar e até hoje nunca vi, ouvi ou li algo que diminuísse o meu apreço... até agora.
Honestamente, fiquei completamente chocada e enojada a ver estas imagens e a ler o que a K.F. escreveu.
Sem questionar o objetivo das touradas e a sua contribuição para o bem estar da humanidade, devo dizer que o que esse toureiro fez é do mais desumano possível! Primeiro teve o descaramento de largar os cães na arena e consentiu que atacassem o touro (não é uma vaca!) - tenho 18 anos e como já disse, gosto de touradas e assisto ao vivo a pelo menos duas por ano e nunca, NUNCA vi uma monstruosidade destas ou coisa que se lhe assemelhasse.
E pior do que se passou na arena é o indivíduo em questão (que na minha opinião, se continuar assim não durará muito) vangloriar-se nas redes sociais de uma crueldade destas, de gabar os animais que apesar de não terem agido bem, só fizeram o que lhes foi permitido (ou até ensinado).
Atitudes como estas deviam ser penalizadas, ó se deviam!

Li disse...

Que HORROR! Estou chocada! Isto é permitido?

Just like Honey disse...

Além de tudo ainda quer "vender" os bichinhos.... que criatura nojenta.........

Nadinha de Importante disse...

Gosto de touradas, ou melhor das pegas. Não concordo nada com este género de fotos, nem com este comportamento.

Raquel disse...

Concordo completamente com o que escreveu ! E abomino completamente este tipo de espetaculos ! Realmente é muito triste e realmente vergonhoso este tipo de atitudes e comportamento

Merenwen disse...

Isto é absolutamente deplorável! Na Roma antiga também era tradição atirar homens aos leões. Se é esse o argumento desta barbárie, não é grande argumento!!

Dri disse...

essa imagem é arrepiante! esse senhor deve ser um desequilibrado! meu Deus!

Simplesmente Ana disse...

Nojo, é a palavra certa. Também abomino touradas. São desprezíveis.

Miss Maybe disse...

Deplorável :(

Doríssima disse...

Sem dúvida que envergonham e muito...

Lorena Del Mar disse...

Olá

Quando era mais nove ia quase todos os anos a uma tourada - tradição familiar.

Não sei ao certo, mas não vou à tourada à mais de dez anos.

É um espectáculo bonito, com um grande destaque para os cavalos que fazem fintas incríveis.

Hoje, não posso dizer que sou fã de touradas (como disse, há mais de 10 anos que não vou), mas também não compreendo os radicalismos - de parte a parte.

As imagens são deploráveis, claro! E o que ele fez não pode ser legal e nada tem que ver com as touradas.

Ângela Ferreira de Sousa disse...

Confesso que quando era miúda, bem miúda, gostava de touradas. Sei lá achava aquilo giro e nem sei como pois fui criada na Natureza, ou talvez por sempre ter assistido a matanças do porco e de outros animais na aldeia dos meus avós... Os anos passaram e acho que é das tradições mais tristes, ridículas e humilhantes que temos em Portugal! É deplorável ver um ser humano, alguém da mesma espécie que eu, agonizar um animal e matá-lo com um bando de idiotas a aplaudir... Quando é que se proíbem estas palhaçadas??