quarta-feira, 27 de junho de 2012

Adeus, subsídio de férias!

Gwen Stefani

Quando abri a minha caixa de e-mail e vi o recibo do meu ordenado deste mês só me apeteceu gritar, espernear, partir a loiça toda, rebolar no chão e mandar às urtigas todo o trabalho que tenho para fazer. Malvados. Vão mas é roubar para a estrada.

19 comentários:

Quase nos "entas" disse...

acho mesmo muito mal, sinceramente

Eli disse...

E ainda têm o descaramento de dizer que não serviu para nada isto que nos andam a tirar há muito!

Patrícia S... disse...

Também me aconteceu o mesmo... e parece que não vão ficar por aqui... a ver vamos, à que ter esperança.

Kiritta - Joana Silva disse...

odeio pagar dividas que eu não fiz

Shiine * disse...

Eu não gosto de falar mal de Portugal só porque sim. É injusto, e bem sei que temos coisas óptimas no nosso país. Mas, desvalorizarem assim os professores, é coisa para me deixar com os nervos à flor da pele. Primeiro que tudo porque sem professores, não há mais nada;Não há outros licenciados, não há futuro. E, depois, porque também eu estou a tirar essa licenciatura,e custa-me a crer que é esse o futuro que me espera! Enfim. Beijo

PinUp Me disse...

É irreal mas teremos de nos habituar pois no Natal... vai ser mais do mesmo :\

Dulce disse...

Tiraram mas só a nós portugueses de 5º categoria, porque TAP, CGD etc os portugueses de 1º continuam na boa! Crise qual crise!!!
É o Portugal que temos!!! E julgo que nunca mais teremos os ditos subsidios!!
Dulce Barbosa (Funcionária publica)

Rita disse...

Ah eu gostei da parte do recibo em que tem o subsídio, o desconto e o valor a receber: 0 euros!
E irem gozar com outros, não?

Ana Cooks disse...

grrrrrrrrrr...que "nérvus"

Sonhadora disse...

Desse mal me queixo eu...sendo também funcionária pública. E ainda leio na comunicação social que o " Défice até maio é seis vezes maior do que no ano passado". Para que serve o nosso sacrifício? Se ainda víssemos que estávamos a recuperar ainda nos sentiríamos recompensados, mas assim? Bahhh

Maria.Fonseca disse...

pois a minha mãe preferia ter perdido todo o subsidio de férias e receber durante o resto do ano o suficiente para este ser cortado. a ela, o subsidio de férias foi dado na integra tal não é a miséria que recebe :/

Irina S. disse...

Dulce tanto a cgd como a tap ficaram sem subsídios. Só o banco de portugal recebeu.

Irina S. disse...

Dulce, tanto a cgd como a tap ficaram sem subsídios. Informe se primeiro....

Maria disse...

Lendo o comentário ali de uma senhora de cima, não posso deixar de concordar. No meu tempo os professores eram respeitados e tinhamos gozo em querer estudar e parecer bem. Agora os miudos são rebeldes, mal educados e ...muito burrinhos. (na maioria claro...) é triste.

Ana A. disse...

De entre toda a tristeza e necessidade que o subsidio de férias traz, quem me dera a mim receber a minha folha de ordenado sem o dito cujo... era sinal que estava a trabalhar! Pior que perder o subsidio é mesmo perder o emprego, e acontece todos os dias a pessoas competentes, empenhadas e que sempre fizeram tudo, pela empresa onde trabalhavam. Peço desculpa pelo desabafo.

leefoundlove disse...

Same feeling here! E nem funcionária pública sou!!!
QQ das maneiras, boas férias! :)
***

flor de lótus disse...

Eu nem nunca tive direito a subsídio do que quer que seja. Licenciada em terapia da fala e a recibos verdes desde sempre. Maioria do salário vai para impostos. Uma pessoa sente-se obrigada a trabalhar das 8 às 20h para conseguir fazer face aos caprichos do estado e ainda assim conseguem arranjar forma de enviar cartas a exigir pagamentos de várias ordens. Subsídio de férias e natal? Seria bom sinal se me pudesse queixar do mesmo.

Juanna disse...

Correcto seria tirarem o subsídio a toda a gente, por que motivo só aos públicos? Acho mal.

Pedro Alexandre Paixão disse...

Mesmo inconstitucional, parece que os funcionários públicos vão ficar sem os subsídios . . . eu incluído. Mas o que é isto ?!?