quinta-feira, 12 de abril de 2012

Nuno Crato, a dececionar desde 21 de junho de 2011

 E é assim que este governo quer acabar com o insucesso escolar - aumentando o número de alunos por turma.

18 comentários:

teardrop disse...

Uma medida que claramente melhora a qualidade da aprendizagem... Diz quem esteve em turmas com 17 e com 30 alunos! A diferença é abismal!

Bernardo disse...

Nem +

Alexandre disse...

Que cena mais rídicula! Eu sou aluno do 9º e acho péssimo! Isto vai prejudicar os alunos e os profs, à grande!

disse...

O título não podia estar mais adequado ao que sinto pelo Nuno Crato. Recebi com muita expectativa a sua nomeação e tem sido uma verdadeira decepção...

cabranazi disse...

Votaram neles não foi? Agora amanhem-se, passo a expressão.

O outro não era bom pois não?

Este é melhor ó ó vai tirar-nos a todos da crise...

Drika disse...

O mais triste é que o povo está a aceitar tudo calado!
Faz-me lembrar uma frase:
"Entre um governo que faz o mal e o povo que o consente, há uma certa cumplicidade vergonhosa." (victor Hugo)
As vezes tenho vontade de organizar um manifesto, mas temo que se resume só em meia dúzia de pessoas.

A. Richter disse...

Essa medida já vem do anterior governo, ou estou errada?

Mary disse...

Nem queria acreditar quando li a notícia. Cheguei ao ponto de acreditar que se tratava de um erro (coitados, enganaram-se, escreveram aumentar em vez de diminuir!) e vai-se a ver... I'm speachless.

hierra disse...

Pois claro não melhora, mas eles dizem isto como se tivessem a querer convencer-se a eles próprios e não aos outros , porque quem tem 3 palmos de testa sabe que é precisamente o contra´rio!!!

Stiletto disse...

Isso tem uma explicação. Cada vez mais alunos a saírem do privado e o Estado sem $$$ para abrir Escolas. Se é bom? Não. Mas qual é a solução?

Paty Michele disse...

Tenho uma turma com 30 alunos pela manhã. É uma tarefa hercúlea, pois não param de falar nem por um segundo.

Ana Sofia Santos disse...

eu proponha todas as escolas terem uma turma por cada ano
poupava-se mais

ouvirdizer disse...

Há tempos, numa reportagem sobre as melhores escolas do país, vi que são escolas com turmas de, no máximo 15 alunos, 10 era o ideal...
As fórmulas existem e estão provadas mas o que se faz? É apenas somar no número de alunos e subtrair no sucesso escolar.
Tenho 3 filhos e a educação deles preocupa-me mesmo muito!!!

Paulo Nunes disse...

Para mim é indiferente! Grande parte dos alunos dorme nas aulas ou têm explicações. Mais dois, menos dois é quase a mesma coisa. A minha Mãe foi Professora (apelidada de "Generala") e sempre teve chatisses independentemente do nº de alunos nas aulas. Existem sempre aqueles que querem aprender e os outros que se estão nas tintas.
Como é obvio, vai carregar o professor com mais trabalho, mas pregar para 28 ou para 30...acaba por ser a mesma coisa. Durante a minha vida de aluno sempre vi os professores mais preocupados em cumprir o programa do que se interessarem pelos alunos. Felizmente não são todos e ainda me lembro de optimos professores que tive.. mas são uma raridade.
Era preciso fazer uma grande "limpeza" nesta área, incluíndo os politicos responsáveis pela area educacional.
beijinhos

Isilda disse...

Quem está na autoridade anda tudo louco!!!

Bernardo disse...

Desafio no meu blog para ti :

http://apontamento-bernardo.blogspot.pt/2012/04/desafio.html

ordep disse...

É óbvio que esta medida não vai aumentar o sucesso escolar. Também é óbvia a razão porque é tomada.
Neste momento há outros problemas que me preocupam muito mais do que o aumento de dois alunos por turma (e eu sou professor).
Haja saúde.

Green disse...

É ridículo demais.