terça-feira, 25 de outubro de 2011

Ele não está assim tão interessado

Laetitia Casta fotografada por Marcin Tyszka para a Harper’s Bazaar Russia, setembro 2010

E ali estava ela a desculpar-se por ele estar sempre ausente nos seus dias de folga. - Sabes, é que ele é mesmo viciado em futebol. E todos os sábados tem de ir jogar futebol com os amigos. Minhas queridas, quando um homem com quem namoram há pouco tempo deixa de estar convosco no dia em que vocês têm maior disponibilidade para estar com ele, só para ir jogar futebol com amigos, esqueçam lá isso. Ele não está assim tão interessado. Porque se estiver, no calor daquela paixão inicial, borrifa-se para tudo e só quer é estar convosco.

24 comentários:

Merenwen disse...

Completamente verdade, um homem apaixonado surpreende-nos sempre pela positiva e é capaz de muito mais do que julgáramos possível!

Mary disse...

Ora aí está! Faço minhas as tuas palavras!

Rita disse...

Nem mais nem menos, é exactamente o que disseste.

disse...

Oh Kitty, depende. Digo-lhe já que um homem fanático por futebol, vive, respira e sente futebol, em cada poro. Falo com conhecimento de causa - em 2003 o meu muito recente namorado teve uma proposta para ir jogar futebol na Alemanha - cá jogava na 3.ª divisão. Lá a situação não foi diferente. Não ficou rico, não melhorou a situação quando regressou, mas não se arrepende de ter tomado essa decisão. Jogou futebol durante anos e quando deixou, manteve jogos com amigos sempre que possível, normalmente aos fins-de-semana e algumas vezes ao fim do dia, durante a semana. Estamos juntos há quase 9 anos e casados há 3 e, ao longo deste tempo, aprendi que o futebol não é um inimigo, mas algo que o faz muito feliz e que eu não tenho sequer o direito de o impedir de sentir essa felicidade. Isto para dizer que, só por si, essa questão não deve servir para avaliarmos o nível de interrese de um homem...

Menino da Mamã disse...

Nada de novo, mas eu corroboro.

Green disse...

Tens toda a razão.

Sofia disse...

Concordo!

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Acho radical, as pessoas já tinham rotinas e compromissos antes das relaçãoes. Há tempo para tudo...interessa quererem estar juntos. O sábado tem muitas horas e o futebol não as ocupa todas...

Gru Carrancudo disse...

Infelizmente cada vez mais existem mulher que são homens e vice versa...

Helena Barreta disse...

Também me parece que assim é.

Madrigal disse...

Ela devia de ver o filme: " ele não está assim tão interessado" podia ser que se apercebesse da realidade.

Paulo Nunes disse...

Gostem ou não gostem de futebol.. grande parte dos homens não deixam de fazer as suas coisas só para estar com a respectiva. Eu nos fim-de-semana tenho de ir para a praia apanhar ondas, se a minha mulher quiser estar comigo tem uma solução... vai comigo! fica na areia ou num bar na praia que em duas horas volto a estar com ela! E acreditem.. eu amo a minha mulher.

EU SOU EU disse...

Não é uma questão de falta de paixão por vocês (mulher)...é uma questão de paixão pelo desporto (futebol) e respeito, compromisso para com os amigos... o facto de terem mais disponibilidade para estarem, não significa que tenhamos nós (homens) que cancelar tudo o que já temos programado antes... mas esta é a minha opinião... mas nem sempre é o que faço...ou seja...por vezes posso perder um jogo para estar com ela...

Kitty Fane disse...

Estamos a falar de um namoro muito recente. Estamos a falar de alguém que nunca está com a mais recente namorada porque ao sábado, que é o dia em que ela pode, ele nunca está presente, porque joga futebol à noite com amigos. Isso é normal? Para mim não é.

Atlântida disse...

Concordo contigo e dou um exemplo: o meu irmão pratica triatlo de competição que é um desporto com treinos longos. Não o faz profissionalmete, o que significa que trabalha e que, antes e/ou depois, treina. Sempre foi muito obcecado com os treinos e não tinha, inclusivé, tempo para a família. Quando conheceu a actual companheira, notámos uma grande mudança: começou a treinar bem menos e a não ir a todas as provas (como fazia). Na fase de encantamento, ele não estará assim tão interessado se não trocar uma série de coisas para estar com ela. É claro que as coisas, depois de uns meses, tendem a voltar à normalidade, mas se no início não há esse fogo...

www.fraufromatlantida.blogs.sapo.pt

Dina disse...

O problema é meter isso na cabeça de algumas pessoas!

Diuska disse...

true!

Liebend disse...

Tal e qual!

Paula F M disse...

Mesmo namoro recente acho bem que as pessoas não percam a personalidade e continuem a fazer o que gostam! Algumas vezes hão-de estar juntos ou nem sequer tinham começado a namorar.

Paula F M disse...

ah mas a personalidade é para os dois lados! Se ela nunca gostou de futebol, espero que agora não se torne numa fanática só para o acompanhar! Conheço muitos casos assim, absolutamente incapazes de pensarem por si, do que gostam e do que não gostam!
Algumas outras coisas terão em comum certamente. :)

Jo disse...

Concordo plenamente! Para mim isto não seria nada normal e já me tinha chegado à frente para uma conversinha...

She knows disse...

As mulheres adoram arranjar desculpas para evitar encarar a realidade. E isso é uma total falta de respeito para com elas próprias.

No fundo elas sabem se ele não está mesmo interessado ou se o tempo que não está com ela é o tempo saudável que precisa para si próprio.

Claro que há exepções e cada caso é um caso. Mas é mesmo one in a million.

Caixa disse...

Ai por amor de deus, tu diz-lhe isso! Não podem ser assim tótós! Então o que fará daqui a um ano?

Luisa Pedro disse...

Se o namorado com quem vivo há quase 16 anos, preferisse estar com os amigos em vez de estar comigo quando nos conhecemos, hoje não estaríamos juntos com toda a certeza!!! Pouco me importa que me achem egoísta, mas eu quero um homem que seja "fanático" por mim, não por um desporto qualquer ou um grupo de amigos. Obviamente que isso não quer dizer que o tenho preso por uma trela, nós também saímos sozinhos com os respetivos amigos, agora, na situação acima descrita está-se a falar de uma relação que mal começou, e no único dia em que podem estar juntos não estão porque antes de se conhecerem ele estava habituado a jogar futebol com os amigos.... desculpem lá mas é falta de interesse sim!!! Ninguém fica despersonalizado se a partir de certa altura passar a preferir até mesmo ficar em casa na companhia de um(a) namorado(a) em vez da até então habitual saída com os amigos... é tudo uma questão de prioridades!!! Aqui em casa funcionou, o tempo que inicialmente dedicámos um ao outro, serviu para nos tornar inseparáveis, somos acima de tudo Bons Amigos muito Cúmplices e uns Amantes Dedicados!!!