segunda-feira, 13 de setembro de 2010

A nova rubrica do blogue - Vamos ajudar os leitores


Elvis Presley e Sophia Loren

Pois se toda a gente se queixa que o meu blogue tem andado uma seca de morte, que eu ando uma lamechas da pior espécie, que só falo do meu amor e da bebé, há que ressuscitá-lo de alguma maneira, que ele ainda é muito novinho para ir desta para melhor. Por isso, iniciaremos nova rubrica esta semana. E em que consiste esta rubrica? Ora, recebendo eu tanto pedido de ajuda para resolver problemas sentimentais dos meus queridos leitores, e, muitas vezes, não sabendo o que dizer, vou começar a pedir a ajuda aos comentadores - residentes e não residentes - aqui do blogue (claro que o farei sempre com a respectiva autorização de quem pede ajuda). Quantas mais cabeças pensarem, melhor. E o que nós todos queremos é ver toda a gente com os seus probleminhas sentimentais resolvidos. Que já nos bastam os outros que nós não podemos ajudar. Por isso, de seguida, começaremos já com a exposição do primeiro caso.

5 comentários:

Segredo Cor de Rosa disse...

A rubrica promete. Vamos ver se encontro a resolução para os meus próprios problemas (que eu acho que já são crónicos). ehehehehe
Um beijinho e ainda bem que encontraste o Amor. Não há nada melhor na vida do que isso.

Mami disse...

Estamos aqui para ajudar! Assim espero...
Pessoas felizes = Um mundo melhor

:)

Z disse...

Eu não me queixo! Continuo a adorar o teu blog, como no primeiro dia! :)

António Prates disse...

Ora aí está uma Rubrica com pernas para andar até ao infinito da convivência humana e até ao percurso ilimitado das entranhas da palavra Felicidade. Como penso que a felicidade é uma súmula de momentos afortunados, claro está que nos intervalos dessa satisfação existem sempre outros momentos menos venturosos que nos pedem desesperadamente os próximos capítulos da novela mais feliz.

Felicidades para todos!

Helena Barreta disse...

Eu por mim continuo a apreciar a "linha editorial" deste blogue. Por isso venho cá todos os dias.

Se houver alguma utilidade nas minhas palavras, vamos lá a ajudar.

Beijinhos