terça-feira, 14 de setembro de 2010

Clichés


Grace Kelly

Uma amiga minha confessava-me que andava cansada da sua vida amorosa. Dizia que ela era um caso perdido. Que já não havia nada a fazer. Que ia ficar sozinha para sempre. Porque homens de jeito não os há. E os que há já estão comprometidos. E eu só pensava - Onde é que eu já ouvi isto? Esta minha amiga nunca precisou de um homem para ser feliz, atenção. Sempre foi muito independente. Mas todos sabemos que um amor é um amor, e por muito que se esteja bem sozinho, um amor quando é correspondido faz milagres na nossa vida. Até transforma um diabinho num anjinho. Foi então que eu lhe expliquei o meu caso, só para que ela se lembrasse.

Eu andava por aí perdida. No meio de uma relação que se foi arrastando por tempo indeterminado com um mr Big que não me levava a lado nenhum. Que ora estava ora não estava na minha vida. Que ora aparecia ora desaparecia. Foi preciso um ponto final nisso, um estar farta da certeza do passado, um querer a incerteza do futuro, mesmo sabendo que estaria totalmente sozinha, para que a minha vida mudasse. Há que saber pôr um ponto final nas coisas, quando elas já não fazem sentido. Não continuar apenas por continuar. Porque depois acabamos por ter o nosso coração fechado para todo o resto.

Dizia-lhe eu, à minha amiga, que a qualquer momento a nossa vida pode dar uma grande reviravolta. Pode ser para pior, mas muitas vezes também pode ser para melhor. E muitas vezes é preciso resolver coisas dentro de nós para podermos avançar. E estar atenta a tudo. Quando menos esperarmos um milagre poderá acontecer (é muito cliché, mas é verdade). E poderá aparecer aquela pessoa que nos mudará a vida para sempre, que marcará a diferença, que brilhará entre a multidão. Eu sempre acreditei nisso. Sempre acreditei que em alguma parte do mundo estivesse alguém capaz de me fazer feliz em todos os aspectos. Alguém que me fizesse querer algo mais da vida. A minha pessoa favorita. E todos os dias me sinto abençoada por a ter conhecido.

24 comentários:

teardrop disse...

Foi quando menos esperava (e queria... dizia eu), que conheci aquele que hoje é o Homem da minha vida! É um cliché, mas acontece! E tal como tu sinto-me abençoada por um dia ele ter entrado na minha vida!

rosaamarela disse...

ahha hha ó Kitty Maria, não fiques zangada comigo mas nas ultimas palavras dizes tudo, (voltaste ao mesmo...) podias ter nos poupado.

beijinho

Fiona disse...

Bem, estas tuas palavras dizem mesmo tudo quanto a uma situação destas. Muitas vezes, até podemos andar um pouco distraídas com a nossa vida (e, muitas vezes, com as nossas lamentações...) e existem pessoas muito especiais à nossa volta que nos vão passando ao lado. Eu também penso como tu: milagres acontecem. Basta que estejamos receptivos.

pensar demais é inutil disse...

Olá já sigo o teu blog hà algum tempo, e adoro....
Adoro que tenhas encontrado essa pessoa especial, e que acredites que existe uma para cada uma... Sempre ouvi que existe um testo para cada panela, e isso dá-me algum conforto. E lêr os teus posts ajuda-me... Obrigado

MissBlueEyes disse...

Fico sempre com uma lagriminha no olho quando escreve estes post´s (vá isto às quase 35s, tornei-me um mar de lágrimas). E fico com o coração cheio de alegria por ver que está feliz, e fico com o coração cheio porque será uma lufada de ar fresco para quem era descrente do amor!

E é tão bom viver! E é tão bom amar e ser amada! E muito honestamente é tão bom quando o nosso amor já trás uma pestinha com Ele (isso não aconteceu comigo, mas tinha gostado de virar madrasta).

E fica um sorriso de felicidade para um dia feliz :)

Helena Barreta disse...

Que a sua felicidade e amor perdurem.

Tenho a mesma opinião, também me parece que quando a relação está desgastada e se arrasta sem um destino, mais vale cada um seguir o seu caminho e procurar outras vias.

Um beijinho

Mak, o Mau disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana disse...

Estive casada 15 anos com um homem que jámais se paroximaria dakele que sempre desejei...Agora sim, agora encontrei akela pessoa...Há cinco anos que me sinto verdadeiramente amada, dejesada! È maravilhoso acordar a meio da noita com miminhos e beijinhos e palavras lindas...Ouvis dezenas de vezes por dia que nos amam!O amor é maravilhoso quando é verdadeiro...
Beijicas
Ana

hierra disse...

Foi um conselho sábio, para quem está numa fase de negação, como acontece a todas em algum momento!

Mak, o Mau disse...

Imagina:

Tu queres chegar a algum lado, porque te falaram num destino ideal não sabes o caminho. Já tentaste lá chegar, porventura algumas vezes, perdeste-te e desanimaste.

Começas a ter medo de arriscar outro caminho. Ficas parada. Pedes direcções, mas não te mexes.
Ao fim ao cabo, pensas tu, se não vais a lado nenhum, para quê mexer-te. É mais fácil ficar parado a receber atenção de quem passa.
Não percebes que há caminhos que só se tornam certos depois de percorridos.

Keep walking diz o Sr. do Whisky.
E não é que o rapaz tem razão...

Mi disse...

Olá Kitty!
Há algum tempo que te "leio" e com muito gosto.
Imagino-te, nas tuas palavras e gosto da imagem que tenho de ti!
Este post, como muitos outros que já aqui escreveste, identificam periodos da minha vida actual e passada...e, este, diga-se que identifica-se muito com a minha vida actual. Estou descrente no Amor, acho que o principe encantado não vai aparecer e, estou cansada de sofrer. É desgosto atrás de desgosto e, quando se pensa que poderá ser o tal, lá está a correr alguma coisa mal! No fundinho acredito que sim, que existe alguém neste mundo para mim, mas esse fundinho é cada vez mais fundo e por vezes tende quase, quase a desaparecer. Gosto tanto quando falas do teu e de outros amores. Apesar de não ter, gosto muito de saber que existem pessoas felizes como tu! é um encanto ouvir as tuas histórias tão reais e tão possiveis!
Que seja para sempre.
Beijinho,
Bárbara

Rubi disse...

Eu tambem sempre acreditei, embora estivesse muito bem sozinha e feliz. Mas agora estou ainda mais feliz e preenchida, e agradeco a Deus e a todos os anjinhos por me terem enviado uma pessoa tao especial!

Z disse...

Mas como é que resolvemos esse Mr. Big da nossa vida se ele está sempre a aparecer e desaparecer? É isso que ainda não consegui entender, nem fazer! E no entanto o que mais queria na vida era que ele simplesmente desaparecesse para sempre do meu coração e da minha cabeça!

Sunshine disse...

Kitty encontrei o teu blog por acaso... mas não acredito no acaso!Hoje foi um daqueles dias em que senti isso, ao ler este post, senti que não estou sozinha e que ainda há esperança... Concordo plenamente contigo, temos que resolver o que anda perdido dentro de nós e só assim poderemos seguir em frente e quando menos esperamos, o amanhã poderá nos trazer uma bela supresa!
Obrigada pelo teu blog... e muitas Felicidades!

Destination disse...

Quando é que nos vais contar como conheceste o teu mais que tudo??
;-)
Precisamos de alento!

GATA disse...

Eu até gosto de clichés (e, quanto mais kitsch, melhor) mas -ao contrário de ti- sou uma descrente, e lá porque aconteceu a fulana, não quer dizer que aconteça a sicrana... Mas fico contente por ti! :-)

Mary disse...

Como sempre, não o poderia ter escrito melhor :-)

Ritinha disse...

Gostei imenso de ler este texto...e realmente, é quando menos se espera...

ℓ’anima disse...

Nunca deixaste de acreditar, nem por um momento? Porque às vezes o meu problema é esse... já não posso dizer exactamente que acredite totalmente no amor - pelo menos, num amor para mim.

E sou feliz sozinha e isso tudo, mas é como dizes... pode fazer toda a diferença :)

AF disse...

Gosto....consigo rever-me em palavras tuas e em sentimentos da tua amiga!
Good for you :)

Ana disse...

Pois é Kitty, desculpa a minha sinceridade, mas hoje podes pensar assim, e estás no teu direito, mas a vida é longa, pelo menos assim esperamos, por isso o que se diz hoje pode não fazer qualquer sentido amanhã...
Conselho de alguém que acredita que o amor não dure sempre...
O viveram felizes para sempre é coisa de conto de fadas!

Vera Dias António disse...

De há 6 anos para cá desprendi-me de um mr. big (que parece que é o tal mas falha qualquer coisa) encontrei o amor da minha vida, que quando É, se sente, se percebe, é inexplicável... e tive 3 filhos! Há 6 anos também estava descrente. Há 6 anos foi ontem e a vida toda aconteceu desde então!
Há clichés tão verdadeiros!

The Love Coach disse...

Estou tão feliz por Ti Kitty Fane... que a vossa relação seja muito abençoada :)

Paz e Amor,

The Love Coach

Filipa Florêncio disse...

Olá encontrei seu blog estes dias,e tenho que lhe dar os parabéns ,porque está fantástico.
este post transmite esperança a todos aqueles que andam em busca da sua pessoa favorita.Ter alguém que goste de nós tal como somos e nos faz feliz é simplesmente o melhor.
Obrigada.:)

beijinho