terça-feira, 13 de julho de 2010

True


Olivia Wilde fotografada por Tao Ruspoli

The man who said "I'd rather be lucky than good" saw deeply into life. People are afraid to face how great a part of life is dependent on luck. It's scary to think so much is out of one's control. There are moments in a match when the ball hits the top of the net, and for a split second, it can either go forward or fall back. With a little luck, it goes forward, and you win. Or maybe it doesn't, and you lose.

Match Point (2005)

5 comentários:

Luísa disse...

é mesmo isso! a sorte é um factor super importante... num segundo podemos estar bem e no outro estarmos mal! num segundo ganhamos muito, num segundo perdemos tudo! claro que isto é exagerado na maiorias dos casos mas então e os acidentes mortais? pode ser num segundo. Tudo pode acontecer num segundo. é super assustador. Mas a vida é mesmo um mistério! e também tem tanta coisa boa!!

Clara disse...

sim. é bom aceitarmos que a vida tem partes que não podemos controlar. e é mesmo assim.

vai correr tudo bem. também é assim.

prada disse...

Adorei esse filme , como aliás gosto de tudo que Woody Allen faz.
A sorte comanda muito a nossa existencia .Ouvi há muito tempo dizer ao nosso ex presidente
Mário Soares que teve muita sorte na vida (apesar de eu ter concordado com ele), reflecti que muito pouca coisa depende de nós.
Há quem ache que tem dominio sobre tudo,mas não é assim
Lamento o que aconteceu e desejo que tudo normalize rapidamente

Merenwen disse...

Infelizmente, ou felizmente por vezes, é bem verdade e a nossa vida, ou o rumo que por vezes toma não depende apenas de nós ou da direcção que lhe queremos dar.

Capitão Microondas disse...

Ser bom não decide a sorte que temos. Mas é fundamental para que nos sintamos decentes quando não a temos.