segunda-feira, 14 de junho de 2010

Mas se calhar sou eu que não percebo nada disto



Há dias recebi um convite via Facebook a perguntar-me se estava interessada em fazer um workshop de sedução ministrado por uma tal de Bastet. E quem é a Bastet?- perguntam vocês. A Bastet é uma ex striper, que agora é famosa porque namora com um elemento dos Xutos e Pontapés.

E o que me ensinaria de útil a Bastet na arte da sedução? Pois. Assim, de repente, não estou a ver. Obrigar-me-ia a pintar o cabelo de loiro platinado para assim seduzir mais homens? Exigir-me-ia decotes até ao umbigo como os dela? Mini-saias que só tapam o traseiro? Não faço a mínima ideia.

Mas, tenho para mim, que se ela percebesse alguma coisa da verdadeira sedução jamais se apresentaria como apresenta. É que a arte da sedução (pelo menos para mim) não passa por ter ar de quenga nem por coçar as partes, perdão, dançar agarrada a um poste. A arte da sedução é muito mais do que isso.

18 comentários:

Alice disse...

Acontece que para 90% dos homens o decote até ao umbigo e a mini-saia é mais que suficiente :)
Se calhar também iria querer ensinar a andar de forma sedutora, isto é, a abanares-te por todo o lado até parecer que tens um problema qualquer na anca :)

GATA disse...

ALTO E PÁRA TUDO! mas quem é a horrenda criatura que ousa usar o nome da deusa egipcia??? Realmente, os 'famosos' nacionais são tão deprimentes que só me apetece ir viver para a Lapónia!

TOLERANTE disse...

senhoras,
se me permitem a analogia culinária, acho que é o mesmo que difere um d.o.m. dum mcdonald's.
no primeiro compra-se a ansiedade da reserva, a descrição subjetiva no menu, o pedir do prato em cego, o prenúncio do vinho, o crescer das expectativas, para só então ser servida não comida mas obra de arte, sabor único à beira de tornar-se inesquecível.
no segundo a foto impecável da propaganda não bate com o conteúdo macerado, comemos em dois minutos e ainda arrotamos ao final.

salgados disse...

Triste, muito triste... este post.

BUBBLES disse...

Deprimente e um verdadeiro nojo! Mas nos dias que correm é o que vende, é do que eles ( e elas) gostam...

Dulce Alves disse...

Eu fiquei a "conhecer" essa personagem no concerto dos 30 anos de Xutos e nem queria acreditar no que vi...
É de uma vulgaridade que... Deus me livre e guarde! A moça não tem nada para ensinar, tem é muito a aprender...!

Roxanne disse...

arriscaria a dizer que a arte da sedução é muito mais um jogo mental que somente fisico!

Carla Marialva disse...

Olha que as vezes ponho-me a imaginar gente que se veste msm bem a fazer cóco ou a vestir tshirt e calças de ganga rasgadas e havaianas, e realmente há pessoas que até com qualquer roupixa tem classe, em compensação outras... como esse "ser" nem com um terninho clássico ou um Armani , lindo e maravilhoso, iria perder esse ar de se lá... quenga barata meio porquita até.
Não vejo nada que esse "ser" possa te ensinar , nem à ninguem.
ESSA É MINHA OPINIÃO CAGUEI PARA OS OUTROS TÁ MALTA POLITICAMENTE CORRECTA E AMIGA DE GENTE FEIA PRA BURRO!!!

Vida de Gorda disse...

Parece-me a roupa ideal para ir á Fnac! lol

Ana disse...

A sedução é muito mais intelectual. Isso é simplesmente "a arte de como ser comida logo à primeira".

João disse...

"A sedução não tem que ver nem com raça nem com classe. Só com raça, só com classe."
David Mourão Ferreira

Amoreca disse...

Workshop? Não tarda muito também deve aparecer um livro da dita, nos escaparates.

Miss Piglet disse...

Concordo a 100% e subscrevo.
E o marido ainda faz figuras tristes, nos Globos de Ouro, a dizer que a ama muito. Muito mau!

prada disse...

Tadita, está a dar continuidade ao negocio dela que é
ganhar dinheiro com o sexo!

River disse...

EU CONCORDO COM TUDO. MAS DEIXE LÁ, A SENHORA SECALHAR É BOA RAPARIGA!

kakkawo disse...

Mas claro que concordo a 100% com a ideia de sedução aqui referida. Sedução deve ser toda ela um clima, não um corpo.

kakkawo disse...

Ela não namora com o João Cabeleira. Ela é casada com ele e publicou um livro recentemente em que conta a história da vida dela. Não que isso mereça destaque e o meu tempo, mas há mulheres que se "apresentam" como esta e que não são nada do que aqui é referido.
Já li e ouvi algumas entrevistas dela e não me parece nada de especial, mas também não tem manias, não é do tipo "eu tenho os homens aos meus pés".

Os pressupostos devem ser só isso mesmo.

Robert disse...

até ia dizer qq coisa mas a qualidade do que aqui foi escrito arrasou-me!