quinta-feira, 17 de junho de 2010

Foi uma choradeira sem fim

O que é que se faz quando se têm vinte e três alunos, com quem trabalhámos quatro anos, agarrados a nós, a chorarem como umas carpideiras? Perdemos a vergonha e choramos também. Desalmadamente. Hoje chorei como não chorava há muito. Credo.

26 comentários:

Shiine* disse...

Pegamo-nos as pessoas .. ;)

Clementine Tangerina disse...

:))) somos humanos...é natural...afinal são 4 anos...nao é propriamente 2 dias...! :D

ela* disse...

Eu vou chorar como uma desalmada tanbem quando acabar o curso, é muito tempo, 3 anos no meu caso e 4 no teu... apegamo-nos as pessoas... convivemos mais com eles do que com quaisquers outras pessoas... 8h por dia...5 dias por semana, é muito nao duvides... =) é normal... eu ainda tou para passar por isso lool

bisous bisous

R* disse...

Esses momentos são sempre emocionantes=)

Lita disse...

Chorar lava a alma!! mostrar o quanto gostamos dos outros é bonito! admiro-te por isso... pelo que não te envergonhes...

***

Tixa disse...

E a mim este teu post fez com que me viessem as lagrimas aos olhos porque também eu chorei quando acabei o curso ao despedir-me de alguns professores e colegas que não vejo até hoje...

a. disse...

mas ao menos sabes que tiveste um papel fundamental na vida deles. eles nunca se vão esquecer de ti...:)

Sara. disse...

De mim está a aproximar-se a despedida de pessoas que conviveram comigo todos os dias, sem excepção, durante 6 anos.
Nem quero imaginar.

Mim disse...

11 anos após ainda me recordo da minha professora da primária com muito carinho... =') Tenho imensas saudades de ser vizinha dela e de espreitar as suas conversas com a minha mãe, uma em cada varanda, e eu escondida cheia de vergonha! xD

Oh que saudades dios mio!


Os teus alunos nunca te vão esquecer, mesmo... *

sofia disse...

Também me aconteceu com os meus alunos ( mesmo sendo mais velhos).
Para o ano outros virão, mas eu não esqueço os alunos que tive:)

Bj

Morcegos no Sótão disse...

Ah, professora primária, finalmente! Estava mesmo curiosa para saber isso. :)

É lindo quando há uma ligação assim entre professor e alunos. Parabéns.

MJNuts

Feiticeira disse...

Eu quando acabei a primária jurei que se voltasse a ver a minha professora lhe batia, tamanho foi o trauma que ela me deixou. Lembro-me que ela partiu a perna a caminho da sala de aula e eu não fiquei minimamente triste, antes pelo contrário, tive que disfaçar a minha alegria. Acho que os miudos náo dão graxa, se choraram é mesmo porque criaram uma relação contigo. E diga-se que eu era das melhores alunas, mas aprender e decorar cenas à base do medo e da porrada não acho que seja uma boa técnica.

enfim... dá para ver que este é um assunto sensível para mim. vou só ali chorar um bocadinho. Queria ter tido uma professora assim cool!

Dreia disse...

Muito nobre da tua parte, humano e sensível! Despedidas são sempre tristes ou melhor quando há carinho é sempre difícil! Para todos chorarem é porque valeu a pena! Parabéns por isso! Bjim

Filipa disse...

É sinal que os marcaste, e de forma positiva. Vão sempre recordar-te, acredita! A minha mãe é professora primária. Quando os ex-alunos passam por ela, na rua, fazem uma festa, dão-lhe beijinhos, contam o que têm feito. Enfim... é uma alegria. Mas só fazem isso porque gostaram dela. Contigo vai acontecer o mesmo.

Beijinhos

Sariinha' disse...

Existem professores que marcam muito os alunos, principalmente enquanto são pequenos. Não sei que ano(s) lecciona, mas pegou-se muito aos seus alunos. Vai ver que eles ainda vão há escola só para lhe darem um beijinho e contarem as novidades (:

lu disse...

Já somos duas! Os meus são do 6º ano e fizeram-me uma festinha de despedida fantástica! Deram-me lembranças que valem por todo o ouro do mundo... Chiça... Custa deixá-los!

A mamã da Beatriz... disse...

Se eu chorei quando terminei o estágio junto dos meus alunos fofys...

Ana disse...

É bom que se dê importância aos professores. Já eu, excelentíssimos senhores doutores de Direito, não dou grande valor aos meus. E eles não nos dão a nós, parece que nos vêem como seres inferiores. lol

Cat disse...

Custa imenso deixá-los :) ainda que só tenham sido "meus" em part-time. Bjinho

Ana Guimarães disse...

A minha mãe ligou-me ontem à tarde a dizer exactamente o mesmo! (primeiro em histeria porque todos tiveram boas notas nas provas de aferição e depois para me dizer:

"Tenho aqui a turma inteira a chorar, nem sei o que lhes faça!"

Beijinhos, Ana Guimarães

Helena Barreta disse...

É sinal que gostam de si. Gostaram de a ter como professora.

Um beijinho

João disse...

Tenho uma ideia melhor: os 24 alunos que escrevam esse choro e o mandem aos filhos da puta na 5 de outubro.

(e desculpa a linguagem, mas estou a ser simpático para com aquilo da 5 de outubro)

rosaamarela disse...

Trabalhei de secretária de um homem só dois anos, qdo ele reuniu toda a gente para se despedir não me contive e chorei MUITOOOOOOO mesmo á frente do seu sucessor, era jovem… felizmente fiquei e ainda estou depois de 25 anos com um homem MUITO inteligente.

ksss

Homem disse...

É cíclico. Há-de chorar várias vezes, ao ritmo de um mundial de futebol, de 4 em 4 anos, se tiver a felicidade de preservar o emprego.

Aquele abraço,

Abby Richter disse...

Oh Kitty Fane :') lembro-me do final do meu 4º. ano (há seis anos atrás) em que, após o término do ano lectivo, os encarregados de educação da minha turma, mais os seus respectivos educandos e a professora se juntaram para a despedida num jantar que acabou nisso mesmo, em lágrimas que teimavam em não parar de correr. É nostálgico,mas faz parte da vida e hoje relembro a minha primária com um grande sorriso e uma grande saudade :)

Ana disse...

As crianças são muito espontâneas e quando gostam gostam mesmo! E por serem tão naturais é-nos impossível não nos ligarmos a elas! E de um dia para o outro... Ganham asas! Puxa, custa! Como eu te compreendo!