domingo, 30 de maio de 2010

Acabei de ler a revista "Vidas" do "Correio da Manhã", por isso qualquer disparate que eu possa dizer será sempre desculpável



Quando oiço colegas das AECs (que são extraordinariamente mal pagos, ainda por cima a recibos verdes, podendo ser postos na rua a qualquer momento) a queixarem-se da vida, digo-lhes sempre para usarem a cabeça da melhor forma que conseguirem.

Vejamos o caso da professora que posou para a Playboy. Estava a trabalhar nas AECs, a ganhar uma ninharia. Ninguém falava da pobre coitada (que toda a gente já percebeu que não quer nada aparecer, nada). Agora é vê-la aí a sair de limusina branca envergando vestidos xpto e a ser tratada como uma Paris Hilton tuga, por essas discotecas da província fora.

Não deve tardar muito terá uma crónica num qualquer desses jornais. Daí até à publicação do livro será um passinho (ora, se até a do Clube das Virgens publicou um livro...). Casa-se com o namorado, um fuzileiro tatuado que conheceu através do hi5. E, pronto, vidinha arrumada.

Como dizia o meu avozinho, quem tem unhas toca viola e o resto são cantigas.

23 comentários:

Mi disse...

Bem verdade. Que a moça queria ser famosa, já dava para perceber. Não o conseguiu ao entrar num reality show, não conseguiu ao posar para a Playboy, conseguiu-o por causa de toda a polémica com a escola.
kiss

Mulheka disse...

Esperta foi ela!

a. disse...

disparate aquilo que está aqui escrito? não me parece. concordo com tuuuudinho!

L'Enfant Terrible disse...

Raras são as coisas feitas por acaso!

a mulher certa disse...

concordo com tudo

César disse...

Nem mais,daí até a publicação de um livro,ou a presença numa das telenovelas da TVI é um passo.
Santa miséria!!!

Mais um homem... disse...

Para mais se tens um povo inteiro a bater palmas e a achar que é normal que uma pedagoga ande de perna aberta numa revista para darem um ar de muito modernos e tolerantes, só por aí se vê a macacada.

a do lado ! disse...

2Não deve tardar muito terá uma crónica num qualquer desses jornais. Daí até à publicação do livro será um passinho (ora, se até a do Clube das Virgens publicou um livro...)"

Se até tu tiveste um convite para escrever uma crónica num qualquer desses jornais...

Kitty Fane disse...

a do lado, é verdade, até eu que não sou ninguém recebi o convite, e não aproveitei, já viu? Caramba. Podia estar agora aí a gozar os rendimentos de festa em festas, e olhe, aqui estou eu, a dar o duro como os pobrezinhos. Ninguém me manda ser tonhó.

Prezado disse...

Aceitavas na mesma. Ética está fora de moda.

Ana Sofia Santos disse...

vê-se é que subaproveito mal os hi5 e afins, poças não vejo nd de jeito por lá lool

prada disse...

Este País é estranho, lá isso é!!!

raquel disse...

Eu acho que o titulo é um bouco digamos que...desapropriado...mas pronto realmente o que está escrito no post é verdade, mas tenha cuidado com os titulos tá bem?

Destination disse...

O problema deste país é que o objectivo das pessoas é conseguir ter a "vidinha arrumada"

Erase Pounds disse...

Concordo com a maioria das suas afirmações, mas acredite que no cu de Judas, onde vivo, também no interior, há pessoas como em Lisboa: com os mesmos defeitos, qualidades e esperteza. Como diz um amigo meu: Vícios privados, públicas virtudes. Não depreciar a região, ficava-lhe melhor, com toda a licença de me pronunciar no seu blog.

Kitty Fane disse...

Erase Ponds, tem toda a razão. Mas não foi de todo minha intenção depreciar a região. Vou já alterar essa parte. :-)

Daniel Monferrato disse...

Entretanto ainda há-de participar num ou dois reality shows!

Dulce Alves disse...

Li algures que a moça agora cobra 2000€ por entrevista... Enfim, em dias passou de vítima a heroína!

PS- eu perguntava-me com frequência quem é que usaria o hi5 para o engate..! Agora já sei...

Rubi disse...

Oh Kitty, a menina habituou-nos a uma qualidade tal que não lhe é permitido ler coisas desse nível...Bom, LOL

rosaamarela disse...

Biba a moçoila!!!

Catarina disse...

Pergunto:

Qual é o problema desta senhora ganhar dinheiro assim?
Quem lhe estar a pagar as presenças nas discotecas não é o estado, pois não? Logo, não é o dinheiro dos contribuintes, logo só paga quem quer e só compra quem quer. Não vejo sinceramente nenhum problema nisso. É uma opção de vida que quem quiser tomar, toma! Eu, não o faria, mas respeito quem faz e assume as consequências.

E acrescento que esta senhora é concerteza boa e competente naquilo que faz porque o que não falta é praí gente em fila para lhe seguir as pisadas...

um novo eu disse...

Dar o duro é quem trabalha e tem que contar os tostões para subreviver, isso sim... quem tem dinheiro para cremes caros, roupas caras e viajar constantemente duvido que tenha uma vida dura.

Agora comentar o que li...

Não concordo com o que ela fez, mas cada um sabe da sua vida, e foi por as pessoas comentarem e darem importancia a umas fotos que ela chegou onde está agora. Realmente criticam mas não veem que são elas que fazem com que a outra fique famosa. E mais nada, é bem merecido, deu chapada de luva branca ás mas linguas.

um novo eu disse...

Bem dito Catarina