quarta-feira, 14 de abril de 2010

Pergunta da Semana # 18 - Aidan ou Big?*


John Corbett e Chris Noth

(Aviso: vou abrir demasiado o meu coração. Cuidado. Ele está sensível.)

Eu confesso que, ao longo da série, sempre preferi o Big. Sempre. O Aidan tinha o mesmo problema que muitos homens que apareceram na minha vida - eram demasiado queridos e com eles tudo era possível. E eu, infelizmente, sempre optei pelo Bigs da vida. Aqueles que traziam sempre consigo uma dose de dificuldades. Não eram de todo bad boys, mas ou viviam do outro lado do mundo, ou andavam sempre de um lado para o outro, ou desapareciam e voltavam a aparecer, ou sei lá mais o quê.

Às vezes olho para trás e penso nos Aidans que eu "desperdicei". Os Aidans que fizeram/fariam tudo por mim e aos quais eu não dei o valor que mereciam. Que me mostraram o amor, não só por palavras, mas, sobretudo, por gestos. Penso nisso e penso no quão tenho sido burra ao longo de toda a minha vida.

Esta viagem foi muito importante para mim. Cheguei a um ponto em que me fartei dos Bigs. Saia fumo branco das chaminés do Vaticano, já! Quando se tenta uma coisa tantas vezes como nós já tentámos e não resulta, é mesmo porque não tem de ser. E eu já me rendi às evidências. Demorou, mas chegou.

A partir de agora vou esquecer os Bigs e abrir os braços para os Aidans desta vida. Afinal de contas, são eles que nos farão verdadeiramente felizes.


*Só para fãs do "Sex and the City".

61 comentários:

Violet* disse...

lool toda a razão xD eu sou fã do sexy and the city tb! =)

mas aquela camisa ali... pufff

Espiral disse...

Também prefiro os "Aidans".

Nunca fui mulher de "Bigs".

Estou a torcer pelo Aidan claro =)

Scarlet_Perry disse...

Estamos as duas na mesma fase, Kitty!Deve ser mesmo uma coisa da idade!Acabei de deixar o ultimo Mr. Big da minha vida e anseio pelo Aidan que me fará feliz! Os Mr. Big são excitantes, mas consomem-nos por demais e acabamos sempre a sofrer.CHega de mar torbulento, quero mesmo é uma lagoa quentinha :)

Gaja com G maiúsculo disse...

Tenho o mesmo defeito, aliás tenho cometido os mesmos erros!

Mas esta semana decidi também optar pelos Aiden's! Óbvio que teremos que gostar deles ;)) Mas pelo menos dar-lhes uma oportunidade de aproximação!

Boa sorte!

Clementine Tangerina disse...

BIG BIG BIG! ALWAYS BIG!

hierra disse...

Eu tambem já estou na fase dos 'aidan', mesmo na série, quando vi o regresso do Aidan fiquei contente, além do que ele está para a série o Sexo e a Cidade, como o Paulo Portas está para a política, volta sempre com uns quantos 'up grades' ... e está giro (o Aidan, não o Portas)

Cindy disse...

Pois... acho que todas passámos por isso e só quando se chega a solteirona ou mal casada é que se reconhece! Sábios são os que dizem que a Mulher é um bicho estranho!
Beijos

J. disse...

Os Aidans são chatos.
Os Aidans são para quem se conforma, quem não espera mais da vida, quem não espera paixão alegria.
Os Aindans são para quem não quer viver mais...

E a nossa Carrie tem de viver, pelo menos o suficiente para continuar a inspirar! E não falo dos trapos que veste, mas nas mensagens que a série tem passado à juventude, a mensagem de que vale sempre a pena, de que tudo pode mudar e de que é maravilhoso ser-se melhor. A mensagem de que há sempre um Big à espera.


BIG!

Carrie disse...

Escrevi exactamente esta ideia no meu blog há uns tempos...
Fartei-me dos Bigs e actualmente estou com um Aiden.
Confesso que às vezes ainda me passam bigs pela cabeça, mas tento não olhar para trás... todas as vezes que o fiz me arrependi.

Kiss kiss

Rita Baguinhos disse...

Foi quando tomei essa decisão que me tornei na mulher mais feliz do mundo... e continuo a sê-lo após (quase) 10 anos!!!

Nônô disse...

"Mai" nada!! Adoro o "sex&city!!! Em pulgas para que estrei o 2!
Quando menos esperar vai encontrar um Aidan :)

Ana 100 Sentidos disse...

Querida Kitty:
Acho que todas nós mulheres já passámos por isso.
Um dia disse o mesmo e fiz.
E posso assegurar-te que no final do dia sou mais feliz com o meu Aidan do que era com o meu Big.

Marta T. disse...

Eu já encontrei o Aidan da minha vida, depois de um ou dois Bigs, e estou satisfeita, lol
Beijinhos
www.manias-minhas.blogspot.com

Mariana: Barbie is a bitch darling disse...

BIG :)

rosaamarela disse...

Lamento ter que te dizer que os Aidans da vida Tb nos dão grandes desgostos.

abraçooooooo

Gatinha disse...

Honestamente, eu ao início tinha mm era um fraco pelo Aleksandr Petrovsky... Aquele sotaque...
*

Sandra disse...

Eu sempre preferi o Aidan... algo em mim não resiste a um homem que trabalha com as mãos e cujo melhor amigo é um cão.

Tb gostava da maneira como ele tratava a carrie e não tinha problemas em assumir os seus sentimentos.

Big was never my thing e nunca percebi o que a Carrie via nele. A maneira como a tratou e aquele caso enquanto ele era casado com a Natasha foi a gota final!

I am a Aidan girl!

Filipa disse...

Só há um pequeno senão nessa escolha...

Os "Bigs", são muito mais problematicos, mas nós adoramos aquilo que é dificil!

Dá-nos mais prazer quando temos aquilo que foi dificl conseguir!

Tenho ou não razão???

FUSCHIA disse...

Nunca estaremos satisfeitas..o IDEAL SERIA AIDEN COM MISTURA DE BIG...será qeu existe????

Maria André disse...

Minha querida,
tb eu tive alguns Aiden's na minha vida, aos quais nao dei talvez o devido valor, e mts xs me arrependi disso. Mas tive um Big na minha vida durante anos, tempo demais. Um Big que me fez sonhar, q me fez amar cm nunca amei na vida, mas q tb me magoou como ninguem mais. E na minha historia o final foi diferente do da nossa Carrie.
Mas acho que mm que na maioria das xs nao sejamos capazes de aceitar, sao os Aiden's q nos fazem felizes no verdadeiro sentido da palavra.
Qt a gostos fisicos , sim pq isso tb conta!!, prefiro o Big, aquele homem é um charme em pessoa!!!Esta cada vez melhor!!
beijooo

Capitão Microondas disse...

Este post está delicioso, sobretudo nos comentários, é só material de estudo.

Os Aidan são (pelo que percebo porque não há paciência para essa série) os gajos que as mulheres descrevem nas entrevistas como o homem de sonho. Os Bigs são os que elas realmente gostam, mesmo não sendo sempre cabrões. São o desafio. O especial. O que dá luta. O que não lhes diz sim a tudo. O que vos trata umas vezes bem, como merecem e mal, como por vezes também merecem. É um homem portanto.

Os Aidans têm um fim triste por uma razão simples que a Kitty exemplifica: são escolhidos numa lógica retributiva do amor ou seja, uma mulher escolhe-os não tanto porque os ama mas porque decide focar-se no que pode sacar dali, em termos de felicidade.

Nothing new.

Paula F M disse...

Big ou Aidan o importante é ser a pessoa com quem queremos partilhar a nossa vida! Até pode ser um mix dos dois porque a vida não é só preta ou só branca, é colorida! ;)
E os filmes e séries são estereótipadas...

Chica disse...

já somos duas!

Segredo Cor de Rosa disse...

Eu sei que os BIGS dão trabalho. Será sempre acompanhado de um frio no estômago, mas não há nada como manter a adrenalina ao mais alto nível.
Apesar de todo o sofrimento. Voto Big. O outro parece muito pão sem sal...
Gostos!!!

Nancy Wilde disse...

estou destinada aos Bigs... mas revela-se sempre um big trouble!...

EU SOU EU disse...

Pessoalmente não sou um gruppie...da série..ou um fiel seguidor... mas o pouco que conheço e vi...(posso estar enganado claro) mas o Big é o tipo de homem que ama a Carrie...apesar de todos os seus defeitos e ausências inexplicadas...nunca deixou de gostar dela.. já o Aidan apesar do seu amor por ela ser total também, parece-me que na vida real seria um daqueles homens que quando gostam fazem de tudo para que a relação esteja sempre com um sorriso...e cá para mim que não pesco nada de relações com homens...os Aidans são bons enquanto não existem discusões muito feias...pois são tipos pacificos e que preferem deixar andar a discutir...e a ficar chateados...o problema é quando a discusão é mesmo necessária...e impossível de fugir ou ficar feliz... cheira-me cá para mim que os Aidans deste mundo são os que quando esta discusão (que virá mais cedo ou mais tarde) acontece...são aqueles que vos degolam...e cortam em pedaacinhos... e vos põe na arca congeladora da cave...

Alexandra disse...

Eu voto nos dois... no Panda ( este é para o micro ondas)e no Big.

Mas a culpa é da sociedade, fomos educados para ter uma pessoa de cada vez.. por mim, entretenho-me com o Big e caso com o Panda.

beijinhos

Girls Next Door disse...

E quando os Aindan's se tornam Big's? ja conheci uma especie assim. Parecia o homem ideal, sem defeitos, mas com o penso mostou ter alguns defeitos Big's.

Eu continuo com o meu Big, mais no ar do que na terra, o que nao tem graça nenhuma. Mas se um dia olhasse p tras e visse que os Aidan´s que eu n dei bola me fariam mais feliz, nao hesitava.
Estas no bom caminho:)

My Mellody disse...

Pra mim é 2 em 1...demasiado apeteciveis os 2 para escolher apenas 1 deles!!! Hipotéticamente falando, claro está! Na realidade fico-me pelo meu Aidan (com uns tokes de "Mr. Brig" quando é preciso!!)

Maggie disse...

Até lhes podes abrir o coração, mas vais aborrecer-te de morte e depois aparece-te um Big e lá ficas cheia de indecisões. Uma vez "bigeana", "bigeana" para sempre!

Loira disse...

Aindan, always... apesar de ter sido miúda de Bigs durante grande parte da vida :).

Inês disse...

Na vida real dou-te toda a razão, mas na série, o BIG é e será sempre o "the one".
Ao mesmo tempo, parte daquele encanto residia na impossibilidade de ficarem juntos.
Quando isso realmente acontece, sabemos que é mesmo o fim. Na série ou no filme...

mjoaob disse...

:)
Acho que mais cedo ou mais tarde CHEGAMOS TODAS A ESSA CONCLUSÃO. Também tou nessa fase.

Su disse...

Pois eu tenho um Big na minha vida...bem podia aparecer um Aidan! Até porque nunca quis que a Carrie ficasse com o Big! Simplesmente ele não a merece! Tenho é de me aplicar os meus conselhos!

rosaamarela disse...

Capitão Microondas!

CHAPEAU!!!

Clau disse...

Não sei o que te responder. Obviamente que a razão diz-me Aidan, mas o coração grita, exulta, Mr. Big. E olha que já tive alguns Aidans na minha vida, e poucos Bigs, mas, se calhar, por ser ainda tão novinha, irei continuar a insistir no erro, ou seja, no Mr. Big, que ora "faz sol como chove", ora aparece como desaparece, ora me enche de mimo e me diz coisas que me fazem sentir bem como, por exemplo, hoje, me fazem tremer do meu pedestal de mulher e pensar se realmente sou importante ou não para ele. Ainda assim, apesar disso, quero acreditar que sou, que ele é que tem uma vida muito ocupada (que tem) e fico só mais um bocadinho à espera.

B. disse...

É a mesma duvida da Grey's Anatomy...Mcdreamy ou Mcsteamy!!

Não é facil! E não é facil porque as vezes quando percebemos o que achavamos Aidan transformou-se em Big. Ou pior, aquilo que sempre vimos, com outras antes de nós, como Aidan, de repente é o maior Big da nossa vida.

Mas concordo. Não tem que ser dificil demais, não tem que doer demais. Temos de uma vez por todas, de aprender a gostar daqueles que gostam de nós, deixar que eles nos façam felizes e nos mimem, nos levem ao colo e se importem...mais do que qualquer Big já se importou algum dia!

Digo isto para me auto-convencer tambem. Infelizmente, e pela 2a vez voltei a cair pelo Big...
Mas sei o caminho que quero, é só tentar lá chegar agora!

Estou contigo Kitty!

B.

Espiral disse...

Capitão Microondas:

Um erro enorme que cometes no teu raciocínio.

O problema dos Big é a ideia pre-concebida que os amores a sério tem que ser demorados, complicados, enfim novelas. Uma ideia que vem do "Romeu e Julieta" e não sei porque tudo o que mulherio (e meninoo também) resolveu levar a sério.

Normalmente os bigs marcam sim, e custa a separar, mas acho que isto está muito ligado à auto estima de cada mulher.

Para mim, o "defeito" do sexo & cidade é dizer-nos que se aguentarmos tudo o que um homem nos faz (alguma vez eu voltava homem que me deixava plantada no altar? nunca na vida) vamos ser felizes.

Eu sempre preferi Aidans. Os que nos dizem, e mais importante, nos mostram que gostam de nós.

Sem treta, sem bla bla bla, sem "ah mas o nosso amor é assim porque não é comum."

Não significa que dê sempre certo.
Mas é totalmente diferente de amar os Bigs desta vida.

E não tem a ver com acomodar-se, nem com o que dá mais jeito.

Raciocínio errado.

Tem a ver com o amar inteiramente e também ser amada assim.

Cláudia disse...

Apesar de não os conhecer da série, o post deu bem para compreender a tendência da maioria de nós para optar pelos Big's!!!
Se é para escolher o que eu recomendo antes de mais é atenção...porque o que por aí há de Big's disfarçados de Aidam's e, em casos destes, é garantido...tens as desvantagens dos dois e vantagens nem vê-las!!!
Isto digo eu que sei bem do que falo e, consoante a situação, continuo a suspirar pelos Big's e pelos Aidam's que deixei para tràs!!!

Claudia disse...

Big... é mais forte que eu....

A. disse...

Como gostava de ter este insight mas acho que ainda não chegou o tempo.

Ainda não consegui descobrir se na minha vida tenho um Big, um Aidan ou uma mistura dos 2.

O que sei é que estou A. addicted com todas as "piroseiras" e cutchi-cutchi que as relações têm... e já vamos nisto há algum tempo.

Capitão Microondas disse...

Caríssima Espiral,

O meu conceito de Aidans e Bigs acabo de o publicar no meu blogue, agradecendo a brutal inspiração que a Kitty me deu com este post. Ela admite-o. E sabe do que fala.

Mais do que as personagens da série, ligeiramente diferentes e demasiado específicas, falo dos Aidans e Bigs da vossa vida. Um é chamado pelo nome próprio. O outro em um cognome elucidativo. É um simbolismo, cada uma tire as suas conclusões.

A verdade é que um capacho bonzinho agrada no curto prazo e, como a autora diz, é escolhido porque "vos faz felizes", numa perspectiva prática, útil e egoísta do amor. Mas cansa. Porque nenhuma mulher é feliz com um homem que lhe faz as vontades todas. E aí entra um Big, não necessairamente um cabrão. Apenas um homem com personalidade. Um gajo especial.

Rukinha disse...

Eu sou um Aidan, ja me aconteceu isso que dizes que fizeste =)

disse...

Enquanto adolescente (com 23 anos nao posso falar muito da vida) gostava dos "Bigs", porque me faziam sentir viva, sempre a lutar, porque não estavam ali na prateleira à minha espera e sei que isto é comum ás minhas amigas, agora namoro com um Aidans e é bem melhor, o conforto de ter a certeza que ele gosta de mim, sem ter de "lutar" diariamente por ele, claro q não há monotomia, fazemos para isso.
Tenho para mim que os Bigs são uma fase da vida.
Ás vezes sinto saudade, mas tou tão melhor assim!

Madalena disse...

Eu tb ia aqui deixar o meu contributo ... só que depois li o ultimo comentário da espiral e pronto, não vale a pena dizer mais nada! Concordo inteiramente e está melhor explicado do que eu conseguiria (palavras-chave - erro de raciocínio e auto-estima). Boa sorte Kitty, vais vêr que vale mesmo a pena dar hipótese a outro tipo de pessoas :)

Rubi disse...

Sem duvidas. Digo eu que tambem tinha queda para os Bigs e estou muito feliz com um Aidan!!!

Wings_Of_Angel disse...

E já agora, que tanta gente diz que conseguio ultrapassar a fase dos Bigs, podem ajudar-me e dizerem-me como conseguiram?

É que tenho uma enorme tendencia para os Bigs e não consigo mudar isso.

Neste momento tenho 1 Big que não me sai da cabeça e um Aidan que faria tudo por mim, já deu muitas provas disso mas não consigo dar-lhe uma oportunidade. Eu gosto dele, mas penso que não é o suficiente, porque ele não me provoca as tais borboletas na barriga nem mexe comigo da mesma forma que só um Big consegue fazer... Devo ter a mania que só o que é dificil é que é "bom" :p


http://sweet-wings-of-angel.blogspot.com/

suddenly twenty disse...

adoro a relação do mr big, mas o aidan é tao queridinhooo *.*

hoje vou casar assim disse...

O problema dos Bigs é que vamos querer que sejam sempre Bigs e, no caso de haver algum milagre e eles aceitarem uma relação séria, deixarão de o ser.
E nós, se gostamos de Bigs, vamos fartar-nos.

Joana ' disse...

Querida Kitty, compreendo essa decisão.
Talvez, na nossa vida, cheguemos a uma fase em que preferimos a estabilidade que um Aidan nos pode dar do que a constante imprevisibilidade que um Big traz consigo.
Eu, que ainda só tenho dezoito anos, prefiro os Bigs. Prefiro as surpresas, prefiro as paixões avassaladoras, prefiro o tremer das pernas e o bater rápido do coração. Prefiro sofrer depois mas aproveitar enquanto o sol brilha. Prefiro os Bigs, que passam na nossa Vida porque, no fundo, tenho esperança que um não passe, mas fique.
Beijinho e boa sorte*

Mónica disse...

Assim é que é! Por muitas voltas à cabeça que tenhamos por causa dos Bigs que por aí andam, já deu para perceber que a felicidade plena (ou perto disso, vá) não é com eles... Por isso, Aidan vem aqui à Móniquinha :p

Carla disse...

Convem nao esquecer que o Aidan quando foi embora deixou um enorme presente a Carrie. Uma intimacao para comprar o apartmento ou sair dele... Nem coragem teve de lho dizer cara-a-cara.
Nao sei se a questao sera tao preto ou branco.
O meu Big quando for meu ha-de ser igualmente Aidan. Isto se eu tiver a felicidade de o reconhecer :)

macaca grava-por-cima disse...

AIDAN!

Post it disse...

Enquanto se confundir amor com paixão vamos andar sempre ás escuras...
Se gostamos de nós (auto-estima), não vamos querer estar ao lado de alguém que não nos trata bem, que não nos faz sentir bem ou não?? Eu sempre ouvi dizer que o amor não faz sofrer e que a paixão acaba sempre...

Leo disse...

É uma porcaria é quando andam para aí uns Bigs disfarçados de Aidans... Mas pronto, só não tira lições da vida quem não quer! E belas fotos de NY, é sempre fantástico relembrar a Grande Maçã! :)

Mi disse...

Acho que os Bigs têm uma maior capacidade de nos manter agarradas, mesmo não fazendo nada por isso. O meu lado irracional prefere os Bigs.
kiss

Lisa disse...

:)

Fala-se dos Bigs e dos Aidans... e nós, meninas? Será que também representamos tipologias que os homens tenham de escolher? E que classifiquem? Do género "eu casaria com uma Charlotte mas divirto-me imenso com uma Samantha...". Será que os homens também decidem, a certa altura, optar por um "tipo de mulher"? Capitão, que me diz?

Fahtim disse...

Nossa! Isso que vc falou tb tem tudo a ver comigo! Acho que todas as mulheres passam por isso! Pq nós preferimos os bigs? Não pode ser assim, to tentando cair na real, mas naum sei se vou me libertar tão fácil dessa vida de amar bigs...

Nessa Davi disse...

tenho medo por vc...visão deturpada da realidade...

Teresa disse...

"Volta e meia" venho ao teu blog, mas nunca comentei. Mas a esse post é inevitável. Aidan ou Mr. Big? Tb tive muitos aidan's na minha vida, mas tb foi pelos big's que optei. O ultimo Mr. Big durou 7 anos, com encontros e reencontros uma relação muito intensa, desgastante e com ele a ficar frio e inacessivel frequentemente, mesmo à Big!!!!Infelizmente os Big's trazem-nos muito sofrimento e fazem-nos perder muitas experiências. Espero ter conseguido dar um ponto final definitivamente nesta relação, tal como tu. Não sei se quero um Aidan tb, não gosto muito melosos, antes um meio termo...

GENUÍNO disse...

sobre este assunto...

http://aspalavrasvoamaescritafica.blogspot.com/