domingo, 6 de setembro de 2009

E já que falamos de assuntos do coração


Adriana Lima

Ontem recebi um e-mail devidamente identificado de uma menina que está com problemas com o seu amor. A sua necessidade de desabafar com alguém era tanta (aliás, qualquer dia, e tendo em conta os e-mails que me chegam a pedir conselhos, vou tornar-me numa Sue das relações amorosas, só é pena ser um zero à esquerda nessa matéria) que descarregou num longo e-mail tudo aquilo que a incomodava na sua relação. Dizia ela que era mais fácil desabafar com quem não nos conhece e com quem não virão olhares de condenação ou críticas. Eu compreendo-a.

Aliás, era em alturas como esta que eu gostava de ser daquelas pessoas que contam todos os pormenores da sua vida sentimental no blogue. Dava-me tanto jeito escrever certas coisas. Esta semana que termina foi tão rica em emoções que me apetecia descarregá-las em algum lado. Mas não posso. Aliás, não sei se o meu pobre coração aguenta outra semana como esta. E não, não se tratam de desgostos. Tratam-se antes de indecisões. Muitas. Pelo sim, pelo não, vou fazer hoje uma espécie de retiro espiritual de sofá para ver se clareio as ideias.

14 comentários:

PP_FANTASMA disse...

Se hoje houver debate na TV, nada melhor para acalmar, vegetar e recompor esse coração, Miss Fane:)
Ks

Anônimo disse...

A minha 1ª e única desilusão até hoje foi tb com o meu 1º namorado a sério. Namorámos 7 anos. Já passaram quase 2 anos e apesar de me sentir um pouco mais forte, ainda tenho mto para esclarecer dentro da minha cabecita. As saudades, essas são mtas, mas não sei se continuarmos a ver e saber um do outro se é saudável. Pelo menos, saudável para mim!

Mab

M. disse...

Não há nada como o sossego do sofá para curar indecisões sentimentais... LOL

Beijinhos e continuação de bom fim-de-semana.

Cátia disse...

Bem indecisões são tambem comigo. Agora penso uma coisa depois penso melhor e já é outra. O meu maior erredo é pensar demais, preocupar-me demais. Ás vezes o melhor é não pensar tanto seguir o coração e deixar correr.

bjnh*

Lebasi disse...

Infelizmente eu nao posso escrever certas coisas no meu blog porque quem o lê é muita gente que me conhece, incluisivé aquele que mais me faz sofrer... o engraçado é que há dias em que só me sinto bem sentada ao computador a escrever sobre a minha vida e não sei porquê a inspiração chega sempre quando tenho a janelinha da postagem aberta. Pode não sair nada de jeito (infelizmente não tenho o mesmo talento que tu) mas faz me sentir muito mais leve. às vezes publico, outras vezes não, mas já tive alguns dissabores por causa de posts... agora decidi abrir outro, "secreto" só para descarregar... Anyway, ao menos tu fazes-nos dar um sorriso. Beijinho

Gaja com G maiúsculo disse...

Por vezes indecisões são boas...saudáveis... depende do contexto. Acho q deves escrever sobre a tua vida, emoções, nem q guardes o texto apenas para ti. Escrever é uma terapia, ajuda-nos a lidar melhor com as situações, a clarear ideias.
Também estou indecisa, mas neste caso é em saber se deixo de falar com a pessoa que amo e com a qual já não tenho uma relação... ou se continuo a ser amiga dele e a alimentar esperanças q possivelmente deveriam morrer aqui...
Que hei-de fazer...

Beijinhos

Algodão Doce disse...

Eu custumava guardar todas as emoçõs para mim, mas isso não dá bom resultado...Agora custumo desabafar com uma amiga de infância!!
=)

Mnemósine disse...

Papel e caneta, escreves tudo o que queres desabafar e pronto, está "desabafado".

Precis Almana disse...

Se quiseres, conta comigo. Mais uns poucos anitos e alguma experiência (de vida, pouco mais), juntando a não me conheceres, talvez te ajude. Ah, ainda há a questão da confiança, eu percebo. Quanto a isso, só se a sentires, claro.
Boa sorte!

Lorenzo Tozzi disse...

estou me metendo também a falar de amor, tecnicamente.

talvez combine com seu blog, não sei.


*:

GATA disse...

GABO-TE A PACIÊNCIA!

Para (alguns!) amigos ainda estou disponível para fazer de confessora, mas GET A GRIP! porque a GATA também tem problemas ok?

PS: não sou menina de desabafos... mas um dia, quando rebentar, é melhor estarem longe, muito longe... :-)

Paula disse...

Ai,se o meu sofá me entendesse......

Pink Panther disse...

Queres um conselho aqui que n ninguém nos ouve... cria um blogue anónimo como eu fiz... olha que alivia bastante...

Beijos

Pink

Rice disse...

"Dizia ela que era mais fácil desabafar com quem não nos conhece e com quem não virão olhares de condenação ou críticas"

É verdade sim senhora,e isto pode ser aplicado em tudo e mais alguma coisa. Eu, por exemplo, tenho uma prima esteticista mas tenho de ir a desonhecidas para fazer a depilaçao de certas zonas ;D