quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Por isso, fujo das pessoas que fazem da sua vida uma lamentação pegada

A minha mãe sempre me diz que temos de ter dias maus para poder valorizar os bons. É muito cliché, mas totalmente verdade. Eu costumo dizer que escusavam era de ser tão maus. É que os meus são sempre muito maus. Não havia necessidade.

Por isso, quando nos últimos dias me perguntam como estou e eu lhes respondo que estou óptima, que estou feliz, que estou maravilhosa, as pessoas começam logo com uma avalanche de perguntas: - mas estás estás loucamente apaixonada por alguém? -mas saiu-te o euromilhões?, porque não percebem que é possível estar feliz por coisa nenhuma, porque estamos vivos, porque respiramos, porque somos autónomos, porque não temos dores, porque temos um emprego, porque existimos.

E acreditem que só roçando o fundo do poço conseguimos valorizar as pequenas coisas, que para a maior parte das pessoas são garantidas e, por isso, insignificantes.

31 comentários:

Isabel disse...

É tão verdade! Podemos e devemos ser felizes só porque estamos vivos. A vida é demasiado curta para perdermos tempo com queixumes.
Bjs

Precis Almana disse...

Totalmente de acordo. Mas, se calhar, como tens passado por maus bocados e te lamentavas, estranham... :-)

E não estarás a começar a sentir uma coisita de nada por um certo "Kirby" à portuguesa? :-P Sure, sure?
É engraçado, mas para mim Kirby é nome de boneco.

Pantapuff disse...

oi, passei aqui para te dizer que respondi ao teu desafio :p
bjs

Vera Dias António disse...

Bolas, a primeira frase foi-me tão familiar. Ontem, após um dia meio de trombas com o meu marido eu disse-lhe que se temos dias tão bons não faz sentido termos, depois, dias de porcaria, por coisas estúpidas, às vezes parece que sem motivo, mas porque sim, uma estupidez. Ele disse que os dias maus fazem sentir mais o bons... Eu ainda argumentei que conseguia viver numa felicidade pegada mas ele tem razão, eu sei que tem e a tua mãe também!

Poupinhas disse...

Ora minha querida Kitty, agora é que disseste uma grande verdade: quando nos roçamos contra o fundo do poço é que as verdadeiras coisas simples nos fazem felizes, como simplesmente estar vivas. Neste momento tento trepar o poço, ta a custar mas ja vejo alguma luz :)
Beizinho*

Alexandre disse...

The simple things in life...

GATA disse...

MUY BIEN!!!

E é nesta época natalícia que eu mais sinto isso...

Rubi disse...

Concordo plenamente. Cada vez dou mais importancia as pequenas coisas que me fazem feliz. Um sorriso, o cheio do cafe, uma paisagem bonita, um beijo...Enfim, estar viva e uma bencao!!

Jade disse...

É a desgraçada da mentalidade lusa! Parece que o que é bom é andar deprimido, em crise sem dinheiro, se não nos lamentarmos a miúde somos estranhos... e isso de andar para aí feliz e contente sem motivo nenhum é porque não se regula bem da cabeça...Há que viver com isto...! Acho muito bem que estejas feliz e que o demonstres ainda que não tenhas ganho o euromilhas!

Jade disse...

É a desgraçada da mentalidade lusa! Parece que o que é bom é andar deprimido, em crise sem dinheiro, se não nos lamentarmos a miúde somos estranhos... e isso de andar para aí feliz e contente sem motivo nenhum é porque não se regula bem da cabeça...Há que viver com isto...! Acho muito bem que estejas feliz e que o demonstres ainda que não tenhas ganho o euromilhas!

Anônimo disse...

Gosto muito do teu blog!Concordo com isso.A malinha viajante também já fez um post sobre isso.
beijinhos

Firehawk disse...

Este teu post fez-me sentir menos alien. Basta uma pessoa estar feliz, sorrir mais e acham logo que foi milagre. Mas não se pode andar bem disposto em portugal?

sweetie disse...

Não podia concordar mais.. quando se tem tudo não se dá valor a nada e isso não nos faz pessoas felizes.. Lá dizia o outro que só merece a liberdade e a vida quem diariamente tem de lutar por elas.. o mesmo se aplica à felicidade! =) *

S. disse...

Gosto deste sítio :)
Deixo um beijo*

Fuschia disse...

Sim, concordo. As pessoas acham normal sentirem-se infelizes durante a semana, acham normal não gostarem do emprego, acham normal sairem de casa de mau humor todos os dias, porque não lhes sai o Euromilhões...Quando alguem diz que está feliz sozinha, está feliz com o trabalho, está feliz apenas porque está sol e viu o brilho do sol no rio, as pessoas pensam...não regula...

Bichinha disse...

Concordo contigo!Temos de aprender a ser feizes com as pequenas coisas... Continua a ser feliz assim!

beijinhos

wednesday disse...

Eu também costumo ser assim... Viver a vida, com os seus altos e baixos. Mas acima de tudo estamos cá, podemos lutar não só para trabalhar, mas também para fazer as coisas que gostamos. E quando conseguimos, é um enorme prazer!;)

Pulha Garcia disse...

"The sweet ain't that sweet without the bitter".

Sofia disse...

Sem dúvida...
Cnheço muita gente que passa os dias a lamentar-s... pk não tem dinheiro, porque não arranjam emprego, porque o namorado as deixou, por tudo e por nada. Acham-se miseráveis... Mas não fazem nada para terem o que pretendem, para encararem as coisas de outra perspectiva...
E depois há aqueles que nada têm, que a sorte raramente lhes bate à porta, e são as pessoas mais sorridentes, mais felizes e mais prontas a ajudar do mundo!

Peregrina disse...

As pessoas adooooooram que alguém esteja mal.

O melhor bloqueador de conversa deve ser responder que está tudo bem à pergunta se está tudo bem. Ninguém espera ouvir essa resposta.



(Também é a que dou sempre. Aqui está sempre tudo bem. nunca me falta dinehrio, nunca me falta ânimo, nunca me falta nada.)


Bjss

[In]satisfeita disse...

Cncordo sem duvida! Um grande verdade aquilo que disseste...

Beijinhos

nina disse...

ui..ultimamente está sempre a acontecer-me..há pessoas com as quais não me cruzava, antes do meu novo estado, e quando me encontram, surge o normal " TUDO BEM?" e eu sim, está tudo bem..e depois ficam a olhar com ar estranho e eu acrescento logo, sim estou bem, nao tenho dores, já estive muito pior, só não tenho muita força..e depois vem o aahhhhhhh~~~~

Lolipop disse...

Concordo plenamente! É preciso passar por momentos maus para dar-mos valor ao simples de facto de respirarmos. Bjs

Trintão disse...

É quando se está no fundo do poço que se consegue ver a vida a "olho nú". Até nas coisas más conseguimos retirar experiências boas!

Aprendemos a saborear as pequenas grandes coisas da vida...

Miss T disse...

Concordo contigo! Acho que deveríamos agradecer todos os dias pela vida tão cheia de boas coisas, que nos parecem sempre insignificantes, porque as consideramos garantidas...

Anônimo disse...

Isso que descreves é muito português, lá fora não é assim.

http://fogodeletras.blogspot.com/

Anônimo disse...

Que verdade! Mas tenho ainda outra teoria a acrescentar a essa. Quando nos perguntam se está tudo bem e de facto não está e somos sinceros, a outra pessoa (se não for muito amiga) tem tendência a dizer a seguir que com ela está tudo bem, mesmo às vezes não estando... É que é mto típico as pessoas sentirem-se melhor com a desgraça dos outros, sentem que os problemas delas são menores.

Mia

Anônimo disse...

Adorei...
Já em tempos escrevi não sei onde que neste país temos a sensação de que não ande sempre infeliz só pode ser tontinho... e sim, também já me aconteceu, num dia em que me sentia verdadeiramente infeliz porque acabava de perder uma pessoa maravilhosa, em vez de deparar com solidariedade da parte de alguém dessa "tribo" deparei com...uma espécie de sorriso triunfal de pena, estão a ver?!
Eva

SENHORADOSADO disse...

Passei por aqui e concordo com o que diz mas...
Eu sou das tais que me sinto infeliz por tudo e por nada :((
O seu Blog é lindo, muitos Parabéns.
O meu além de não ter beleza nenhuma parece mais o ...
MURO DAS LAMENTAÇÕES!
Foi um prazer a visita ;))

Apple disse...

Ora aqui está a mais absoluta das verdades!!!!

LurdesMartins disse...

Et voilá... tudo dito!