quarta-feira, 11 de setembro de 2013

A piquena Hannah Montana mostra ao mundo que cresceu






















 O que mais me chocou na Miley Cyrus não foi a figurinha triste, ordinária e decadente com que a piquena nos brindou nos tão falados VMA, o que mais me chocou e choca é ver que todas as cantoras, sobretudo as americanas, precisam de se despir e de descer a este ponto em determinada altura das suas carreiras para terem muito sucesso. Todos sabemos que ela quer abandonar de vez a personagem da Disney, Hannah Montana, que acompanhou crianças e adolescentes ao longo de anos e mostrar ao mundo que cresceu, mas, caramba, não me parece que esta seja a melhor maneira de o fazer. Além de que tudo nela parece forçado e de mau gosto. Bem fez a Anna Wintour ao cancelar a capa da Miley Cyrus na Vogue do mês de dezembro após a polémica atuação. Pode ser que aos poucos este tipo de comportamentos deixe de ser aplaudido.

14 comentários:

Conto de Fadas disse...

A somar a tudo isso, aquela cara de imbecil constantemente a fazer caretas como se tivesse 2 ou 3 anos é das coisas mais estúpidas que há.

Bafejada pelas Musas disse...

Prepara-te para o novo video, se tiveres paciência para o veres. Vulgar, rasca e a miúda, quem nem corpo de mulher tem ainda, nua.

beijinho

Miscelânea disse...

Na minha opinião, não é preciso fazer figuras tristes para mostrar que se cresceu.

Aaminah disse...

ela está a exagerar um bocadinho na mudança, na minha opinião

Y2000k disse...

Mais uma Madona/Britney Spears

Susana disse...

A mim aflige-me sobretudo saber que é o pai que está por detrás disto. Parece-me quase prostituição infantil. Dizer que ela escolheu este rumo parece-me abusivo - ela é claramente uma marionetazinha triste e facilmente manipulável. Há muita gente a ganhar dinheiro à custa da nudez desta quase menina.

Ângela Ferreira de Sousa disse...

Se a miúda tem talento será mesmo necessário estas figuras patéticas??

Nia disse...

é tudo um exagero, principalmente a "importância" que se dá a estas "figuras mediáticas". todos sabemos que as "verdadeiras cantoras", americanas ou não, não precisam de se despir. exemplos? chan marshall aka cat power, anna calvi, feist, joss stone, ana moura, norah jones, adele e por aí fora que agora não saía daqui. estas que andam para aí a "chocar" são as verdadeiras entertainers, para quem gosta

Sunny Martell disse...

Susana, o pai dela admitiu há pouco tempo que ele e a mãe tem pouco ou nenhum controlo sob a Miley. Estas tristes figuras são, supostamente, da inteira responsabilidade dela (e dos respectivos produtores discográficos, claro está...)

Sunny Martell disse...

Susana, o pai dela admitiu há pouco tempo que ele e a mãe tem pouco ou nenhum controlo sob a Miley. Estas tristes figuras são, supostamente, da inteira responsabilidade dela (e dos respectivos produtores discográficos, claro está...)

resigned disse...

Não percebo a necessidade de se estar sempre a falar da "Hannah Montana". Ela já a "abandonou" há anos! Não foi só com esta actuação.

resigned disse...

E não chamem a isto prostituição infantil, a Miley tem 20 anos. Não 12.

Neusa Ribeiro disse...

Menos muito menos Miley!

http://allaboutmebyneusaribeiro.blogspot.com/

Lady Ana Ricci disse...

Nem mais!