domingo, 3 de março de 2013

Não havia necessidade, digo eu

 Este vídeo, presente no Portal Oficial do Turismo de Portugal, pretende mobilizar os profissionais do setor do Turismo e todos os portugueses em torno de um sentido comum: tratar bem quem nos visita (segundo palavras do dito site).  E eu sou cem por cento a favor de que isso se faça e de que se tratem muito bem os turistas, mas haverá com certeza melhores maneiras de o transmitir sem ter de se fazer um filme cuja mensagem que transparece é que nos tranformemos todos em seres subservientes e numa espécie de rameiras e gigolôs. Então aquela cena do golf, meu Deus, o que é aquilo? Não havia necessidade, digo eu.

14 comentários:

Blair Randall disse...

Não tá assim tão mau :)

xoxo

Cantinho da Bê disse...

Eu gostei. Não compreendi o porque de se referir a rameiras e gigôlos... Quiseram dar o enfoque às pessoas, à capacidade e vontade de receber bem, realçando alguns aspectos bons no nosso pais, como a comida, as praias e os campos de golf.

Ana Sofia Santos disse...

Também não concordo com a tua opinião, gosto da mensagem.
O golf atrai um certo publico, o surf outro e por ai a fora e acho que tentaram ir a todos de uma forma na minha opinião bastante simpática

Fi disse...

Concordo plenamente Kitty.
Fica no ar que a rapariga do início é "oferecida", que o sr. que trabalha no hotel era fantástico pq dobrava as camisas e o beijo ao instrutor de golf... tb não me caiu bem.
:*

Carol disse...

Aquela cena do golf é uma cena que transmite que o país é tão bom que há turistas que até ficam por cá, é um casal. Mas é só um ponto de vista. Porquê querer dizer sempre mal de tudo??

Ana Ricardo disse...

Eu gostei do video, mas a tal cena do golf não percebi...parece que tal a senhora arranjou um namorado português chamado Daniel que por acaso é o caddy?! ...?

VerdezOlhos disse...

Olá :)

Queria dar-te uma coisa: o Liebster Award. Passa pelo meu blogue, está lá um presentinho pra ti :)
Aceitas o desafio ?

http://entraesentate.blogspot.pt/2013/03/liebster-award.html

Beijinhos

Mary disse...

Penso exactamente da mesma forma, Kitty Fane. Uma coisa é recebermos bem quem nos visita, outra (completamente diferente) é sermos um povo subserviente.

E a cena do golfe, meu Deus. Má demais para ser verdade.

Green disse...

Não está lá muito bom, não.

Daniel M. disse...

Sinceramente, não acho que o vídeo seja mau. Fala de amigos para a vida, comida, história, bons profissionais, histórias de amor...
Não achei que nos vendesse como gigolôs, rameiras e subservientes. E olhem que eu tenho olho para detectar lambe-botas. Não os suporto... Mas gosto muito de me sentir bem tratado, onde quer que vá. Só isso. E se for num sítio com locais tão fantásticos como os que tem Portugal, melhor ainda.

Juanna disse...

Já comentei no blog Quadripolaridades e acho que o devo fazer aqui também. Vivo em Espanha há bastantes anos e não há nada que goste mais quando um espanhol qualquer (por definição um chauvinista) me diz que gosta de Portugal e que, sobretudo, gosta da maneira como é tratado em Portugal. Subserviente? Eu chamo-lhe vontade de ser simpático e agasalhar quem nos visita. Eu gosto o video e não vejo onde é que a tal Ana se comporta como uma rameira. Vejo que dois estrangeiros fizeram uma amiga. Ponto.

Belicious disse...

Eu gostei do vídeo e partilhei-o, mas realmente a cena do golf é completamente "fora"... Também fiquei a pensar o que é que aquilo estava ali a fazer afinal.

ABT disse...

"Rameiras e gigolôs"?... Estou boquiaberta com a capacidade de diferentes pessoas verem a mesma sequência de imagens de forma tão diferente. Dizem que não vemos o mundo como ele é, mas como somos -- e cada vez me parece fazer mais sentido. Suponho que no teu mundo seja inaceitável uma mulher travar amizade com rapazes, ou pessoas de diferentes nacionalidades se apaixonarem(?!). Hum... OK.

Ângela Ferreira de Sousa disse...

Não concordo contigo Kitty. Somos um povo hospitaleiro e é normal haver amores de Verão, acontece em todos os países! As viagens criam amigos, união e talvez algo mais e ainda bem que assim o é! Adorei o anúncio! :)