sábado, 16 de fevereiro de 2013

Não é mal pensado para tapar a celulite e o pneu























A primeira vez que vi uma mulher de burkini foi numas férias no Egito em 2009. No meio de um resort cheio de russas de biquínis minúsculos e mamas ao léu, ali estava diariamente a senhora de burkini deitada numa espreguiçadeira à beira do mar vermelho. Note-se que até aí, nos muitos países árabes que visitei, só tinha visto mulheres a banharem-se com toda a parafernália de véus e burcas em cima e, por isso, achei aquilo de uma ousadia e de uma coragem sem fim. Pois diz que os burkinis são a grande loucura dos últimos tempos no mundo árabe, sobretudo desde que Nigella Lawson, a que cozinhava belos petiscos, apareceu numa praia em Sydney com esta coisa em cima do corpo.

8 comentários:

Green disse...

Isso tem uma enorme vantagem, não apanham nenhum escaldão nem nada do género. Estão protegidas do sol. E eu acho que quando são habituadas a andar assim na praia, desde pequenas, para elas deve ser o normal.

Mamã de Peep-Toe disse...

O única coisa boa,é não se apanhar um valente escaldão,de resto...credo!

Food and Emotions disse...

sim de facto ha sempre um lado bom. .. Mas mesmo assim ha coisas que me fazem confus~ao

Susana Canhola disse...

Há sempre o lado bom, mas dava jeito para tapar a celulite, isso é verdade!!!

Cristiana disse...

De burkinis nunca tinha ouvido falar. O que presenciei em países árabes, como marrocos e tunísia, eram as típcas burcas a entrar no mar, ahah.
Gostei do post. É uma boa estratégia para a celulite, sim senhora!
Beijinhos
www.restodetudo-cf.blogspot.com

mariana teresa disse...

Cada país tem a sua tardição e temos de respeitar,mas é muito melhor assim do que usar burkas.

livroscomsaborachocolate.blogsport.pt

Maria Leal disse...

Ah pois!! As mil e uma vantagens dos burkinis. Nada de escaldões, gorduras.. Mas levamos olhares indiscretos na mesma, de certeza! :)))

Miss T disse...

Acho que a Nigella deixou de se dedicar à comida e passou à bebida. Só pode mesmo!!!!!