terça-feira, 23 de outubro de 2012

No Pingo Doce estão uns mãos largas

Mila Kunis fotografada porTony Duran para Flare, agosto 2011

É verdade que eu disse que nunca mais voltaria ao Pingo Doce depois de terem instaurado aquela treta do pagamento obrigatório em dinheiro, mas também é verdade que há dias voltei lá para comprar uma ou duas coisas de valor inferior a vinte euros. Tal como eu estou farta de ouvir dizer, faltavam trocos na caixa. Pois é, parece que é obrigatório pagar em dinheiro os valores mais baixos, mas os trocos escasseiam diariamente. Que raio de medida esta. Ora o senhor da caixa, que nunca me viu mais gorda, à falta de troco para me dar, queria perdoar-me cerca de vinte cêntimos, dizendo que eu lhe dava da próxima vez que lá voltasse, vejam bem. Será que estão uns mãos largas ou foi o desespero de nunca terem trocos a falar? Eu como detesto essas coisas de ficar a dever, lá procurei nos confins da minha carteira, que nestas alturas se revela sempre como uma espécie de buraco negro para onde entra tudo mas de onde não sai nada, e, miraculosamente, lá apareceram umas moedinhas para pagar com a quantia certa.

7 comentários:

a Gaja disse...

O senhor quis mesmo ser simpático porque, pelo menos há uns tempos atrás, o caixa tem de pagar os valores em falta. Não sei se é verdade ou não mas uma amiga minha que trabalhou num desses supermercados disse-me que a caixa tinha de bater certinha no final de turno.

Violeta disse...

Pois, agradece a oferta ao funcionário e não ao PD.

marina disse...

Nada tenhocontra aspessoas da caixa,mas eu não facilito em nada os trocos, e não saio de lá sem o troco/pagamento correcto.Se fizeram a medida têm de se ceretificar que existem trocos, coisa que quase nunca acontece, pedem-me sempre trocos e eu nunca tenho.
Temos pena.
Pobres dos que lá trabalham.

Roxanne disse...

que benevolência!
eu tb achava que eram os caixas que repunham o que faltasse do próprio bolso!

Paulo Nunes disse...

Depois essas moedinhas fazem-te falta para dares ao arrumador :)
Eu já tive que levantar dinheiro para pagar... :(

Kinhas disse...

Ainda te executavam por falta de pagamento! :)

Woman Once a Bird disse...

Eu boicoto de outra forma. só lá vou quando sei que vou gastar mais de 20 euros (acumulo). Pago sempre com cartão. De crédito. Se for mais de 40 euros, pago em duas operações. Sempre com cartão de crédito (que antes disto usava bem pouco). Não posso evitar lá ir (onde moro, só temos 2, continente e pingo doce e nem tudo posso comprar no continente).