quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Dos dias de chuva

? fotografada por Max Cardelli para Marie Claire Italia

Eu adoro os dias de chuva, que adoro. É certo que uma pessoa passa horas a esticar o cabelo e mal põe um pézinho na rua já ele está num estado lastimável, mas é verdade que estes dias  são necessários e os campinhos agradecem. Para isso ajuda o facto de não andar muito a pé em espaços exteriores nestes dias e de ir de carro para o trabalho o que faz com que não me lembre da última molha que apanhei. Mas, num aspecto, os dias de chuva são um inferno, sobretudo para quem dá aulas em escolas que não têm um telheiro decente para abrigar as crianças, como a minha (sim, houve dinheiro para computadores Magalhães, mas não houve para construir espaços decentes).

Durante os intervalos, as crianças (imensas)  ficam confinadas a um espaço minúsculo, onde, por muito que  as auxiliares de ação educativa ou os professores imponham regras, é o salve-se quem puder, é a lei da selva. Elas gritam, esperneiam, dão saltos, empurram-se, como que revoltadas por não poderem gastar as suas energias acumuladas em correrias e brincadeiras pelo pátio fora.

6 comentários:

Imperatriz Sissi disse...

Adoro a chuva...para estar em casa. Recordo-me dos meus tempos de escola, em que era um salve-se quem puder com os guarda chuvas e eu tinha sempre medo de levar com uma vareta no olho!

BB disse...

concordo plenamente! estou a tirar o curso de educação básica e no 3ºano existe a prática onde estive na pré e no 1º ciclo entre abril e maio, onde houve ainda bastantes dias de chuva e fazia me tanta confusão e pena de as crianças não terem um espaço coberto para poderem correr e brincar a vontade! no pré escolar quando chovia ficávamos dentro da sala e as criancinhas a olhar pela janela e a sonharem com o que poderiam fazer no recreio! já no 1º ciclo ficavam no átrio de entrada do edifício, onde não podiam correr,brincar, falar um pouco mais alto, ou seja, podiam lanchar, respirar e mexer os olhinhos praticamente! se não lá vinha a funcionário pregar lhes um raspanete.. Concluindo, são as excelentes opções que o nosso governo faz!

Cantinho da Bê disse...

Na minha escola é igual e falam-se nos belos telheiros há anos - ainda eu era aluna lá e não psicóloga.

Sonhadora disse...

A propósito desta cena dos recreios tapados, lembro-me que na escola de uma amiga minha, pediram para construir um alpendre para os dias de chuva. A resposta tardou , mas era básicamente esta: que não valeria a pena, porque segundo estudos feitos , só chovia 4 dias por ano letivo nas horas do recreio...lolol

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Nunca há dinheiro para o que realmente interessa.

Baby Q disse...

Adorei a estatistica dos 4dias/ano letivo!!! BUUUUUU!