sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Das histórias tristes

Amanda Todd, uma adolescente de 13 anos na altura, foi convencida por um pedófilo (para ela, como para a maior parte das crianças deslumbradas com o facebook e com o mundo da internet, ele era um rapaz absolutamente normal) que conheceu online a expor o peito numa webcam. A partir daí começou o inferno. Nunca mais teve descanso. Ele chantageou-a e avisou-a de que se não fizesse para ele espetáculos online,  divulgaria a tal foto a toda a gente que a conhecia em particular e ao mundo em geral. E assim o fez. As fotos começaram a circular e rapidamente a sua vida se tornou num pesadelo, acabando a Amanda, depois de ser gozada até à exaustão nas redes sociais, a levar tareias dos colegas na escola.

Há algumas semanas ela decidiu publicar um vídeo no Youtube a contar toda a sua história. No entanto, ao invés de a sua vida melhorar, tudo piorou e a Amanda suicidou-se há dias. Os autores do bullying a que ela foi sujeita ainda fizeram uma festa a comemorar a sua morte.

Não, isto não é a história de um filme. Isto é a realidade. O Canadá está chocado. E eu também.

33 comentários:

Noa disse...

E eu também! Conhecia o caso, mas não sabia daquela parte da festa a comemorar a morte dela... Não há palavras!

Catarina disse...

E eu também estou chocada. Que género de educação (se é que lhe podemos chamar educação) recebem estas crianças cruéis e desumanas? Preocupa-me muito perceber que serão estes os homens de amanhã. E preocupa-me ainda mais que uma menina como a Amanda desista de viver assim. Cada vez mais é preciso estarmos atentos aos nossos porque os perigos do mundo crescem a olhos vistos.
Gosto deste blogue e passo sempre que posso. Continua :)

nat. disse...

:(

Euzinha disse...

Muito triste! Não conhecia a história :(

Princesa disse...

Infelizmente, a crueldade dos adolescentes consegue horrorizar-me.

OutraMaria disse...

eu fico sem palavras para tamanha desumanidade... sei bem o que é sofrer nas maos de um predador :(

ana disse...

e eu também. tão lamentável. e tão escusada esta perda de uma vida ainda no início.

M.R disse...

O mundo está perdido... Mesmo perdido! Que horror!

Green disse...

Que horror!

Guinhas disse...

Também...esse pedofilo devia ser apanhado e...enfim,nem digo o que fazia

Princess Di disse...

Que horror! :(

Rafa disse...

São necessárias medidas formais para prevenir a perpetuação destes casos... Brevemente teremos mais casos em Portugal se nada for feito. E a indignação pública, e a força que cada um de nós tem o direito e dever de fazer, são o elemento que deve desencadear estas medidas!

Danger.Of.High.Heels disse...

Esta história é realmente triste e ao mesmo tempo um verdadeiro abrir de olhos, por um lado porque temos de ter imenso cuidado com as redes sociais e com quem falamos e porque algo tem de ser mudado na educação, nas escolas e nos adolescentes para que estas situações não existam ou que o nº de casos diminua pelo menos.
É chocante a maneira com que as pessoas levam o gozo à exaustão das outras pessoas, fazendo com que as pessoas se suicidam devido a isso. Algo tem realmente de ser mudado. E isto também não acontece só com adolescentes, que ainda não atingiram a sua maturidade e senso comum mas também com muitos adultos, que deveriam de ter idade para ter juizo como se costuma dizer, ao invés de humilharem as pessoas para se sentirem melhor consigo próprios!

http://danger-of-high-heels-09.blogspot.com
Kiss, Raquel C.

Paulo Nunes disse...

Continuo a não perceber qual é a piada de colocarem fotos na internet semi nuas! mais cedo ou mais tarde vão parar à internet.. como aconteceu com o Hi5porcas

Atlântida disse...

Ufff!! Já tinha lido, mas alguns detalhes tinham sido omitidos; não sabia como tinha começado, qual tinha sido o mote, e essa estupidez final. Um horror. O meu comentário foi:

"É revoltante, como é que crianças podem ser tão crueis! Mais que partilhar a história, parece-me que se deve repetir, e repetir, aos filhos que é de baixo carácter humilhar, perseguir, agredir os mais "fracos". Que pelo contrário, se deve ajudar. Combater o bullying começa pelos adultos em díálogo com as crianças."

ʝoana disse...

Já estava a par da situação e fiquei horrorizada com o suicídio e frieza de colegas. Ainda assim, e não sendo isto justificação nenhuma para o sucedido, ela expôs-se e seria de prever que pelo menos a história não acabaria bem. É por estas e por outras que serei uma mãe muuuuuito atenta a estas andanças da internet.

Isilda disse...

Sim,eu soube desta história através de uma página do FB.Ela não tinha 13 anos,ela tinha 15 mas esta história começou quando ela tinha 12.
Ela conheceu o homem num chat,depois foi chantageada e ele criou um perfil em nome dela com fotos íntimas,onde toda a comunidade escolar a apontou o dedo e ela caiu numa armadilha de um colega.
A causa que o levou ao suicídio é pelo facto de não haver ninguém que a ajudasse,ela teve uma depressão profunda porque aguentou toda a situação sozinha durante muito tempo.

Esta história comoveu-me mesmo muito...fico a pensar como é que os pais dela não estiveram atentos?Em vez de resolverem a situação mudaram de casa e de escola como se isso fosse fácil e quem sofreu foi a filha pelo abuso de álcool e drogas para pôr fim a este sofrimento!
Também por outro lado,actualmente tudo é virtualizado e os jovens desde muito cedo aprendem a navegar na internet,é como se não conhecesse outra forma de entretenimento,o que é muito triste nessas idades.

Eu não entendo como eles têm coragem para mostrar o corpo a uma pessoa do qual não se sabe quem é...estes adolescentes de hoje em dia gostam da sua imagem e não têm complexos???

Vivian Loreti disse...

Fiquei sabendo dessa história. Como podem dar festas comemorando a morte de alguém? Imagino a confusão que estava na mente da Amanda.

Madame Teles disse...

Que horror! Realmente as pessoas estão completamente desprovidas de valores..

Fernanda disse...

Sei lá... pra mim, as pessoas estão deixando de ser humanas e regredindo numa inversão total de valores. E os adolescentes são cruéis... já têm idade o suficiente para discernir não somente o certo e o errado, mas também para saber o que é um crime, uma dor, um sofrimento. Eu queria mesmo que o mundo acabasse no final do ano. Já deu. Acho que daqui pra frente só vamos assistir à coisas daí pra pior.

Bafejada pelas Musas disse...

Eu passo esta vida e a outra a tentar que os meus alunos entendam que o simples chamar "gordo" constantemente a alguém pode acabar numa tragédia. Fico possessa quando eles se mal tratam gratuitamente e chego mesmo a evocar este tipo de casos nas minhas aulas. Esta não é a primeira jovem nem será a última porque as putos conseguem ser muito cruéis. E quando lhes digo que há quem se mate porque não aguenta mais a pressão ficam a olhar para mim, chocados. Eu acho que há pouca divulgação, poucas palestras, pouca elucidação junto dos nossos miúdos de como certas atitudes podem ter graves consequências. Mas parece que só quando acontecem estas desgraças é que o mundo se lembra de fazer girar empatia e solidariedade...

beijinho

lu de lúcia disse...

bem, nem acredito, estou completamente chocada

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Nem sei que diga.
É muito triste.

ML disse...

Não tinha conhecimento desta horrível história real. Estou chocada. :(

isabel pinto disse...

é triste:(

Claudia Dias disse...

É uma história triste, sim, e ninguém merece. Mas a responsabilidade de casos como estes também passam pela própria pessoa e até pelos pais, que têm obrigação de alertar as crianças e adolescentes para os perigos existentes no mundo online. Uma pessoa com 13 anos já deveria ter algum bom senso pra saber que isso nunca, nunca se faz. Claro que o resultado final foi infeliz e triste, e ela não merecia, mas por outro lado, podia ter pensado nisso antes de ter aceite tal proposta.

Iza disse...

Não sabia de nada :O
É horrível...

Hibiscus disse...

Estou chocada, que horror. Como é que é possível haver gente tão fria, tão má que não sente o mínimo de remorsos.

Ana disse...

... :(

Lady Ana Ricci disse...

Eu petrifquei quando vi as notícias na TV. Como é possível? Oh meu Deus, como pode haver pessoas tão crueis... e ela apenas com 13 anos...

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Triste!

Alexandra disse...

Como é possível? A humanidade não merece o seu nome.

Depois de ver o vídeo, percebi que existem outros tantos no Youtube, tributos a adolescentes que se suicidaram por serem vítimas de bullying.

Muito triste.

Clenia Gigi disse...

Realmente triste! Este nosso mundo esta sem solucao. Podes enviar-me o link do video?