terça-feira, 25 de setembro de 2012

O mundo é dos espertos

Quando vi toda a gente a exibir nos blogues e nas redes sociais a foto que supostamente tinha marcado a manifestação de 15 de setembro - da moça a abraçar o polícia - como a coisa mais marcante, mais bonita, mais simbólica, enaltecendo as nossas diferenças com a Grécia, eu torci o nariz. Mas, pronto, também é verdade que desde que me lembro de existir que eu torço sempre o nariz a este tipo de coisas. Achei tudo muito ensaiado e não consegui perceber em que é que uma rapariga a atirar-se a um polícia  pudesse simbolizar um dia tão importante. Mas, pronto, eu também não quero ser sempre do contra e por isso abstive-me de comentar.

Mas pouco demorou até que a moça se começasse a aproveitar forte e feio da fama repentina como se tivesse sido tudo planeado ao milímetro. Ele são entrevistas atrás de entrevistas. Ele são fotos em várias poses. Ele são fotos em... biquíni. Não tarda terá um papel nos Morangos com Açúcar. De seguida escreverá um livro a descrever o dia em que se atirou ao polícia, onde constarão também algumas dicas para conquistar polícias e homens em geral. Organizará workshops que ensinarão os passos a seguir para se ficar famosa por coisa nenhuma. Fará anúncios de produtos para cabelos encaracolados. Posará nua para a Playboy. E por aí fora. Não há dúvida de que o mundo é dos espertos.

22 comentários:

oh,me! disse...

Impressionante, não é K?

Com estes (as) é que nós vamos aprendendo...!!!

That Girl disse...

Opah para os Morangos não conseguirá papel pois a série já acabou xD
Humm tá decidido dia 29 lá estarei pronta a saltar às cavalitas de alguém só para ter os meus 15 minutos (bem esticados) de fama ;)

Maggie disse...

ai eu coisas destas dispenso aprender, para mim é tudo uma chunguice! só as poses sta paciencia, está a pôr-se a jeito para ver se a chamam para a playboy! só pode.

Bjos
Maggie

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Fogo, este texto poderia ter sido escrito por mim!
Está excelente e exprime exactamente o que eu penso.
Parabéns, gostei muito.
E de facto, o mundo é dos espertos, por isso é que eu nunca serei rica, porque por mais inteligente que seja, não tenho esta esperteza saloia que corre nas veias dos portugueses.

Food and Emotions disse...

É caso para dizer … se por um lado a crise está a cair sobre a maioria, outros caiem sobre a crise, enfim ...

Imperatriz Sissi disse...

Nem mais. Eu que não tenho nada de ingénua, que sou sempre tão desconfiada, que primo pelo cinismo e pela serenidade e nem me associei à manifestação, achei a imagem linda. Pensei "não podemos ser sempre rezingões" e fui tola o suficiente para dedicar um post ao assunto. Pois bem, aqui me redimo:

http://jessi-aleal.blogspot.pt/2012/09/menina-que-abracou-o-policia-o-tanas.html

Ilídia disse...

Concordo. Também me cheirou logo a manobra da menina para se promover. Deve ter visto um jornalista por perto e pensou: «Vou recriar um momento "cravo na espingarda". Pode ser que pegue.» E teve sorte. Pegou.
Beijinhos,
Ilídia

stiletto disse...

Realmente, olhando bem, a pose parece um bocado estudada. Quem se lembraria, de uma manifestação, ir a correr abraçar um polícia?!

A. disse...

por acaso desconfiei um bocado (desconfiei ...) porque recordo-me de há não muito tempo ter surgido uma foto do género (acho que era um rapaz) numa manifestação "lá fora" e que também se tornou famosa.
a rapariga já enjoa com tantas aparições e aquelas frases feitas que diz para as revistas ... no comments

Cat disse...

E eu que nem sequer me passou esta teoria pela tola? inocentinha, que coisa... é por isso que hei de chegar a lado nenhum...

Roxanne disse...

Eu nunca gostei da foto!
Mas na única vez que comentei isso em público fui atacadinha por todos os lados! A partir daí, abstive-me!

Mia disse...

Por isso é que o mundo está assim. Não acreditamos em gestos de Amor, de bondade, de diferença. Não acreditamos em nada que não sejam segundas intenções.

Eu acredito. E se ela agora está a aproveitar isto tudo, faz muito bem. Afinal ela foi a uma manif anti-crise, logo deve precisar de uns trocos, também. ;)

Paulo Nunes disse...

Muito bem Kitty! :) já estas parecida comigo nos posts! eu também desconfiei logo, não pelo acto em si que nada tem de mal, mas pela beleza da moça! se fosse uma tipa de óculos, com buço e cheia de borbulhas... ninguem lhe ligava, mas como é bonitinha vai andar tudo atrás dela. Isto não falha... incrivel!
Mas de facto... teve uma boa ideia para ficar "famosa" se e que essa fama seja importante... para mim não é.

Mary disse...

Pensei o mesmo quando vi a notícia de que já foi a alguns programas de televisão. Não sei se foi tudo muito bem ensaiado mas que parece-me que aquilo tem intenções em nada a ver com o verdadeiro motivo do moviemnto daquele dia parece-me. E a menina está em todas é o certo.

http://so_risoincognito.blogs.sapo.pt/

Rita disse...

Não sei se o abraço terá sido intencional, isso já me parece demasiado rebuscado, ou se apenas está a aproveitar a popularidade que a foto lhe trouxe. Também não sei até que ponto será ela que se está a aproveitar ou se as revistas é que têm mais benefícios com isso. De qualquer das formas, mesmo que a rapariga esteja a embarcar na onda da fama, quem somos nós para lhe apontar o dedo? Tu já te esqueceste de quando escreveste para o Jornal 24 horas? Acredito que foi porque te deixaste levar pela suposta popularidade, porque pela qualidade jornalística não foi, certamente. Todos erramos de vez em quando, não vale a pena sermos tão exigentes com os outros.

TC disse...

Penso que esta premeditação da fama foi tão intencional como a do "sai da frente guedes". Aconteceu, mediatizou-se, ambos aproveitaram ou deixaram-se levar pelo barco.E então?
Menos com as teorias de conspiração!

moijeeu disse...

Concordo com a Mia.
Para mim não deixou de ser um acto espontaneo que deu uma bela foto que correu mundo.
Se agora estão a chamar a rapariga para tudo que é revista e canal de televisão, já é outra história.
Se por acaso a foto fosse de uma pessoa a ser violentamente agredida á bastonada o pessoal achava bem e natural, right?
Gosto de pensar que o mundo não é tão mau assim ....chamem-me ingénua se quiserem...sou feliz assim!

Colour my life disse...

Olha, o que me impressiona mais, é alguém ter achado que isso era um anjo caido à terra. Quem ouviu e viu a entrevista da rapariga, pôde constatar que ela não devia muito à inteligência.

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Na altura que apareceu a foto também não achei nada de mais e, além disso, pareceu-me estranho que alguém se fosse agarrar a um polícia. Enfim, o mundo é mesmo dos espertos...

M.R disse...

Não tinha visto as coisas assim ! Lol

Marketing RAGE!! Marketing examinado à LUPA CRÍTICA! disse...

Sabem o que vos digo? é que o pais está como está por pessoas assim que só sabem é ter inveja do próximo até ao último momento!! A inveja é a mais simples forma de demonstrar impotência de não ser/fazer/pertencer a uma determinada situação/classe/ou acontecimento (o que é o caso). E todos aqueles que tentam meter abaixo a rapariga tem apenas inveja de ser ela a protagonista e não vocês! Eu não conheço a rapariga de lado nenhum, mas sei ver que os portugueses são uns tristes e invejosos. Todos aqueles que tem inveja da rapariga são também aqueles que tem inveja dos chupistas que estão no governo, são também aqueles que se estivessem no governo roubavam o pais, e faziam o mesmo... mas mandam vir com o governo simplesmente porque não são vcs que lá estão e é isso que vos incomoda! Incomoda-vos de serem eles a chupar e enriquecer à custa do pais e não vocês! Deixem de ser falsos moralistas, e tristes de espírito. A rapariga teve um acto sincero de compaixão para com o policia que no fundo esse mesmo policia é humano e está a sofrer as consequências de um governo ladrão como todos nós.

Isabel Baptista disse...

Claro que a moderação de comentarios foi activada - uma prova de democracia e tolerancia por opiniões divergentes. :) De facto, foi a ideia imediata que me surgiu quando comecei a ler "isto". O nosso país está como está porque em vez de sermos fraternos e solidários uns com os outros, temos uma enchente de gente pequenina e desvalorizada que enche o seu coração com inveja do próximo. Eu orgulho-me do melhor que tem a minha gente - mas tenho uma imensa vergonha de gente má e invejosa que perde a sua vida a tentar maldizer e por os outros para baixo para que se possa sentir melhor. - Tratem dessa auto estima minha gente!