quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Mais tarde ou mais cedo, isto tinha de acontecer

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) do Brasil abriu um processo contra a Sephora e três bloggers por suspeita de publicidade encapotada à marca. Claro que as meninas (leio, ou melhor, vejo duas delas) já vieram para os blogues fazerem-se de coitadinhas e dizerem que todas as dicas são dadas apenas porque elas adoram os produtos que publicitam, e que as marcas nem lhes pagam balúrdios, nem nada, e com certeza que a carneiragem que as segue e que compra tudo o que elas recomendam vai concordar, e dizer que a Conar tem é inveja de elas serem todas giras e todas boas e uns anjinhos de pessoas, mas o processo já está lá. Eu acho bem que se faça algo contra isto e que a pouca vergonha de enganar os leitores acabe de uma vez por todas.

21 comentários:

Rubi disse...

Kitty: tendo em conta que também tens um blogue muito popular, não acho de bom tom apelidares de 'carneiros' os seguidores dos blogues das tais brasileiras. Dá a impressão que é assim que vês os teus leitores. Beijinhos

Kitty Fane disse...

Rubi, não vejo em nada que os meus seguidores sejam carneiros, uma vez que vêm aqui apenas expressar a sua opinião, por vezes concordante outras vezes discordante.

O que acontece neste tipo de blogues, salvo algumas exceções, é que as pessoas simplesmente não têm opinião. As pessoas limitam-se a imitar tudo o que estas bloggers fazem, compram, recomendam, e ai de alguém que discorde ou apresente uma opinião contrária, ou uma crítica. Quando isso acontece os outros começam logo a insultá-la, a dizer que essa pessoa deve ser muito mal amada e só tem é inveja.

Plim disse...

Vejamos...só säo carneiros porque querem ou näo funcionam com tudo. É que só por se ler näo quer dizer que se tenha d seguir tudo à risca. Aliás eu leio vários blogs e näo faço tudo o que "madam" seja em que área for. Tem a ver com as pessoínhas!
Para mim esse tipo se blogs, pagos ou näo pagos, que fazem publicidade näo me aquecem nem arrefecem. Por que raio haveria de fazer comichäo à CONAR!? Hum...enfim.

Roxanne disse...

Se fazem publicidade, assumam-na! só isso!

Ou então digam logo que não é patrocinado e é só da experiência pessoal!

É impressão minha ou é apenas isso que é necessário para não haver confusão?

Raquel A. disse...

Eu concordo inteiramente contigo. Se o blogue delas é um negócio, têm a obrigação de esclarecer quando os posts são publicitários, pagos, ou as coisas oferecidas pelas marcas.

**

sandra disse...

Mas que é estranho tanta publicidade à marca é. E acho que quando a publicidade não resulta da experiência os leitores deviam ser informados. Uma coisa é eu recomendar um produto que gosto, outra é recomendar uma coisa que não uso como se fosse a ultima maravilha.

CM disse...

Concordo! Aliás, é uma questão legal, portanto nem se trata de aqui de opiniões distintas...a lei existe e é para ser cumprida. Ponto.

http://napontadamadeixa.blogspot.pt/

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Pena que por cá o ICAP não faça o mesmo, caso contrário, o Top ten do blogómetro sofreria profundas alterações

Shiine * disse...

Concordo. Muitas das vezes confia-se bastante nas autoras desses blogues, e acabam por comprar produtos que pensam que elas realmente gostam,quando afinal não gostam coisa nenhuma.

Dulce disse...

é verdade, finalmente! Por cá o mesmo devia acontecer, mas somos brandos nessas coisas...

Recomendo estas leituras a propósito:


http://veja.abril.com.br/noticia/economia/o-boom-dos-blogs-de-moda-passou-diz-blogueira-shame

http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/94339_CONAR+VAI+INVESTIGAR+POST+PAGO+EM+ACAO+DA+SEPHORA+EM+BLOGS+DE+MODA


Uma blogger que tem contribuído para esse processo é esta brasileira:

http://blogueirashame.blogspot.pt/

Cristina disse...

Ora essa!!!! As bloggers são livres de sugerirem e comentarem os produtos que lhes apetecer. Se os seguidores vão comprar os produtos ou não, isso é opção deles! Os blogs ainda são livres.......

claire_de_lune disse...

Há por aí muitos blogs portugueses de grande gabarito, que post sim, post sim, fazem publicidade e muita dela disfarçada. Não será tanto o caso da "mini-saia", porque penso que já se assumiu que se trata de um blog publicitário em toda a sua extensão, mas por exemplo, a stylista, é um exemplo flagrante. Ainda no último post que ela fez pensei nisso; de repente apeteceu-lhe fazer um detox. Está bem. Eu acho que não devia tomar os leitores por burros nem por carneiros, as pessoas têm opiniões próprias e sabem perfeitamente distinguir publicidade encapotada de uma opinião sincera, que é coisa que aliás nunca vi em nenhum dos exemplos que apontei.

ateaoscem.com disse...

Agora estiveste mal.
"Carneiragem" aos leitores dos blogues?
Já que também tens um blog que é seguido por muita gente, podias ter tido um bocadinho de nível quando te referiste a eles....
Não sei se é verdade, ou não.
Sigo um desses blogs e já tinha lido o post contra o processo. Sinceramente, é para o lado que durmo melhor.
E sinceramente também, não acho que nesse blog que eu sigo estejam a enganar os leitores....
Não vou seguir nada do que elas lá dizem, mas não acho que estejam a enganar/impingir nada a ninguém.
Cada um é que tem que saber de si e não se deixar levar!

O MEU LUGAR disse...

Olá! :)

Há muito que leio o seu blogue, gosto dos textos que escreve.
Contudo, hoje não posso concordar consigo, mas em tudo respeito a sua opinião.
Quem tem um blogue, algo pessoal, que em tudo serve de diário, no entanto, público, faz ou escreve lá o que quiser, quando e como quiser, desde que não se ofendam direitos de outrem.
Conheços os blogues a quem a CONAR intentou um processo e discordo que o tenha feito. Atenção, discordo sabendo apenas os dados que são públicos neste momento.
Quem tem blogues de moda faz sempre publicidade de produtos, penso que muitas das vezes, não com a intenção de os vender, apenas porque usam esses produtos.
Quem lê os blogues compra os tais produtos se quiser, ninguém lhes apontou nenhuma arma. Então, vamos tantas e tantas vezes a lojas, dirigimo-nos aos expositores, mas nem sempre compramos; ou, somos constantemente "inundados" por publicidade nas televisões, nos emails, nos sites, nos jornais e não desatamos a comprar. Repito, compra quem quer. Elas podiam cansar-se de fazer publicidade e ninguém comprar. Se recebem dinheiro para publicitarem não vejo nada de ilícito aqui. O problema está em quem lê e em estarmos num mundo cada vez mais consumista.

Beijinho,
AC

pitwentyseven disse...

Concordo. Não me importo que os blogs tenham publicidade e não há mal nenhum em sugerir um ou outro produto, agora, que sejam sinceros. Estão a sugerir porque gostam? Estão a sugerir porque receberam alguma coisa?
Até porque, quando 30 blogs sugerem o mesmo produto, dá para desconfiar de alguma tramóia.

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Já não era sem tempo. Se foram pagas para fazer publicidade a x produto, então têm de informar os leitores dessa situação.

Mónica disse...

Independientemente de gostarmos do blog a ou b há leís e no Brasil o CONAR fez cumprir a dita que era violada. É uma chatice mas é assim. Lei cumpre-se. NAo percebo qual é o problema da pessoa X optar por mentir e dizer que "comprou" o produto numa viagem (e depois na fotografia aparecer "free sample"), por exemplo, quando ganhou um estatuto de trend setter e como tal ser legitimo que pode fazer publicidade. É normal que Se essa pessoa é lida, seguida as marcas a busquem para publicitar o produto. É mais honesto dizer pagaram me para porque eu sei avaliar quão bom ou quais os benefícios. O efeito de prescricao nAo afecta a publicidade pelo contrário. Agora por coincidência 10 bloggers de repente desc.º rirem todas quão fantástico é o efeito da mascara xpto ou o aroma do perfume 1234 ou quão maravilhoso é a vista do hotel aeiou?
E depois há a questao dos bloggers que têm carteira profissional de jornalista e nAo podem mesmo fazer publicidade. E alegam que usam o blog para fins pessoais. Ok. Mas quando dá jeito pedem ajuda, fontes, temas para peças e usam os blogs para publicitar os trabalhos. Dá jeito.

Ana Reis disse...

Tudo que elas publicitam são produtos de qualidade de topo "adoro o batom Tom Ford" ai e tal o rimel YSL... é normal que as marcas ofereçam e elas digam que gostam... qualquer uma gosta!
Estranho seria se viessem dizer que o creme dos chineses é que é bom!

Rabodesaia disse...

Kitty, também escrevi sobre isto aqui: http://mariarabodesaia.blogspot.co.uk/2012/09/ha-uma-linha-que-separa-verdade-da.html
Está na hora de acabar com esta vergonha que tem passado impune aos olhos de todos.

Unknown disse...

Ainda nao percebi qual e o problema!!! Cada um faz o que quer e escreve o que quer,se nao esta de acordo com a lei o problema será de quem escreve e faz esse tipo de publicidade nao declarada.As seguidoras só lêem se quiserem.

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Concordo porra!