quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A propósito do rapaz que anda à procura da rapariga francesa que conheceu durante a manifestação

Nos meus tempos de solteira, quando um rapaz - que se revelava um chato e eu não estava mesmo nada interessada nele - me pedia o número de telemóvel ou perguntava onde eu ia estar nos próximos dias, eu também dizia para ele descobrir ou tentar adivinhar sozinho. Acabando eles por perceber facilmente a deixa.

Eu não quero ser desmancha-prazeres. O rapaz parece-me um querido, eu adoro histórias de amor diferentes, daquelas que movem mundos e quebram barreiras, acredito que quando vemos a nossa pessoa o tempo para. E é verdade que as pessoas são todas diferentes umas das outras. Mas, caramba, quando estamos realmente muito interessadas em alguém damos o número de telemóvel e tudo o que for preciso para voltarmos a ver essa pessoa o mais rápido possível, não nos perdemos em joguinhos.

E, por favor, que não seja uma campanha publicitária como esta.

11 comentários:

Virgínia Santos disse...

Humm.. Mas na reportagem o moço disse que deram um beijo..

Virgínia Santos disse...

Mas na reportagem, acho que ouvi o rapaz a dizer que deram um beijo. Se ela não estivesse interessada não o tinha dado. E porque é ela havia de lhe dizer que estava em Portugal até ao dia 14 de Outubro?

Não sei... Acho que sou uma romântica.. ih ih ih

dreaming.girl disse...

Parece um pouco surreal, no entanto, até gostaria que isso fosse mesmo como nos contos de fadas e eles se voltassem a encontrar (sou uma romântica (ou ingénua)!) :)

http://agirlsdream-blog.blogspot.pt/

Diario de uma mae solteira disse...

Pois é, quando estamos interessadas arregaçamos as mangas, mas na faixa etária dos 20 estas coisas são frequentes, além disso ela não se mostrou interessada, disse-lhe apenas que a procurasse, se quisesse, ele, querendo, foi à luta e a primeira batalha está ganha...

Imperatriz Sissi disse...

Correndo o risco de ser ingénua, again (e já seriam 2 vezes numa semana...ainda destruo a minha reputação de pessoa sensata) acho o princípio bonito. Faz-me lembrar os desafios das donzelas medievais!

http://jessi-aleal.blogspot.pt/2012/09/diana-procura-se-ou-como-ainda-ha.html

M.R disse...

Eu também acho que das duas uma. Ou ela está-se a borrifar para ele ou é mesmo uma campanha publicitário de mau gosto mas que está a resultar na perfeição!

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Parece-me que o rapaz levou uma valente tampa...

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Parece-me que o rapaz levou uma valente tampa...

Catarina disse...

Já ouvi a mesma história, só que em vez de ser numa manifestação foi numa saída num bairro alto. Há quem diga que é publicidade para o novo Citroen Diane ..

Lia disse...

Parece que afinal é mesmo uma campanha publicitaria ;)

Lyah Carter disse...

Amor..... ow sentimento complicado viu, eu quem o diga, vou entrar pro grupo aí das apaixonasas. conhecí um rapaz de portugal pela net (sou brasileira) e cá estou eu morrendo de amores... ah isso é demais pro meu ego rssrsrs bjs e sorte a todas, se quiserem podem visitar meu blog. coisasdamor.blogspot.com