sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Nota negativa para o Público Life&Style

Demi Moore

Já não basta a desgraçada ter sido encornada à força toda (aquele Ashton Kutcher também foi uma bela desilusão), ter passado um mau bocado e agora ter sido trocada por uma versão dela com menos vinte anos, e agora ainda vem um estuporzinho qualquer pôr o seguinte título num artigo: Demi Moore tem um novo “rapaz-objecto”?  Lamento, mas preconceitos destes são completamente inadmissíveis num meio de comunicação social.

7 comentários:

Guinhas disse...

Realmente não dá para entender, é abusivo e tudo menos jornalismo.Seja ele que tipo for!

PinUp Me disse...

Que tristeza :\

laetitiasweeneyrose.wordpress.com disse...

Concordo. De facto foi uma frase extremamente infeliz além de, claro, preconceituosa.

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Também não gosto, acho que fica mesmo mal. E eu até gosto bem da senhora.

Rubi disse...

Rapaz-objecto? Que traduçãozinha...lol

Alexandra disse...

Concordo e provavelmente ainda machista pois aposto que se os sexos fossem os opostos nunca apareceria semelhante comentário.

Ana disse...

No outro dia vi uma reportagem em que um jornalista perguntava a uma residente de uma freguesia alentejana despopulada: "Então e você não se importa de ter vizinhos romenos?" Isto quando a peça era sobre o facto de a escola local não fechar porque os filhos deste casal estrangeiro garantiam o número mínimo de crianças. Melhor foi a resposta dela: "Eu não! São boas pessoas, podiam ser de qualquer cor!" Às vezes pergunto-me se não confundimos mesmo formação com educação.