terça-feira, 21 de agosto de 2012

Das leituras

Marilyn Monroe fotografada por Eve Arnold, setembro1955

Já li mais. Já li muito mais. Nos últimos tempos ando uma lástima para ler e já começo a apresentar alguns sentimentos de culpa em relação a isso. Adorava ser daquelas pessoas que devoram livros num instante, mas neste momento isso não acontece. Porque o tempo acaba por não ser muito e o que sobra acaba por ser passado em conversas e afins, o que faz com que os livros se arrastem nas minhas mãos. Aproveito sobretudo a praia para ler. Neste momento, estou a ler o "Servidão Humana" de Somerset Maugham (o pai do nome Kitty Fane), o único que me faltava ler dele, e estou a adorar. Aliás, este é, sem sombra de dúvidas, o meu escritor favorito.

Isto tudo para dizer que acabei de ir ver a lista que o jornal Expresso fez com os 50 livros que todas as pessoas devem ler e fiquei meio tristonha. Primeiro, porque não há nenhuma obra do Somerset Maughaum, completamente imperdoável. Segundo, porque só li sete daqueles livros. Sete. Vou deprimir.

15 comentários:

stantans disse...

eu li quatro. parece-me ter lá muitos livros que parece bem e intelectual dizer que se leu, mas devem ser uma seca monumental

Vanita disse...

Ainda bem que estás a gostar. Foi o primeiro que li dele e fiquei completamente rendida. Uma pequena pérola :)

Beijinhos para ti.

Imperatriz Sissi disse...

Vou inteirar-me. Mas em geral, fujo é das novidades. Há sempre um clássico que nos falta ler e mal ou bem, autores mortos não asneiram tanto...

Navajovsky disse...

Eu tenho 22 anos e "já" vou em 13 da lista.A servidão humana é sem dúvida um livro belíssimo. Li-o muito novinha mas lembro-me ainda bem do enredo e das personagens,a Mildred dava-me tanta raiva!!

Navajovsky disse...

e, espero não haver problema, vou roubar o tema.

MC disse...

Eu li 11...mas sou honesta. Há por aí, nessa listinha, muito pseudo-intelectualismo. E acho estranho...impressão minha ou não está lá "As vinhas da Ira"? "O Estrangeiro"? " A Condição Humana"?

Acho que há idades para cada livro...e para cada modo de ler. Agora...estou na idade de ler por gosto, independentemente das listas dos suprassumos literários. Basicamente...deixei-me de Kafkas e Camus e dediquei-me aos Zafons e aos Rodrigues dos Santos.

Buzz disse...

Já somos duas. Também já li mais. Mas tenho pena. É o dia-a-dia da cidade que nos vai desgastando...

Um beijinho,
Laura

Wendy disse...

Não te sintas culpada senão também começo a deprimir. Eu agora também já não consigo ler um livro como lia. Levo meses para ler um livro =/ Caramba! Só de pensar que cheguei a ler um livro numa noite... A idade pesa nas suas diversas formas. No entanto continuo a ser uma pessoa interessada e reconheço-me como uma leitora moderada, como a vida obriga. Chega a uma idade em que tudo é feito com moderação e em quantidade que baste.

Wallis disse...

A servidão humana é um livro maravilhoso. Um dos livros da minha vida (já o fio da navalha é o do meu rapaz, e o autor o seu preferido). É grandito, mas lê-se (ou melhor, eu li-o) de enfiada. Acho que é daqueles livros que não deixa ninguém indiferente. Inevitavelmente, provoca reacções como alguém já descreveu: pena, raiva, indignação. Uma tristeza infinita e a consciência de um mundo às vezes tão imperfeito. Vontade de entrar na história. Enfim,muito boa escolha.
Beijinhos
W.

Tamborim Zim disse...

Tb 7...Mas já li muita coisa do Álvaro de Campos, e parte do Vermelho e Branco, o q n me garante o 7,5 :)) De qqer forma, já deixei As Elegias de Duíno, q tenho há anos, mais visível. Qto à seleção, cm qqer uma discutível. Dos meus livros preferidos de sempre, tem apenas Os Maias - este, aliás, o meu preferido dentre todos. Tb já li tanto, tanto. Nestas férias li e estou a gostar de retomar. É um gosto que tb se retoma qdo nos dispomos a isso.

Dulce disse...

Tive o mesmo pensamento quando me deparei com essa lista...

Só li meia dúzia dos livros ali referidos, mas na verdade, ali só estão - praticamente - clássicos.
Além do mais, muitas daquelas obras foram convertidas para cinema e acabei por não ler o livro (já tentei, mas perco a paciência sempre que leio algum livro cuja história já conheço)... Vi a série da BBC do Guerra e Paz, vi o filme «As Vinhas da Ira», etc etc..

Acresce que num tempo em que a oferta literária é tão vasta, nem sempre é fácil separar o trigo do joio... Tenho lido alguns clássicos, mas não prescindo de alguma literatura contemporânea, também ela com exemplos de qualidade!

SA disse...

No fio da Navalha desse autor é o meu livro favorito de sempre...

Miss S. disse...

Gosto imenso de ler. E também já passei por essa fase de ler pouco e demorar um tempão a acabar de ler um livro. De momento, ando completamente viciada na leitura (tenho tempo para isso). Mas dessa só li 1 ou 2 =/

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Tantos livros que deviam estar nessa lista...

Maria Flausina disse...

Eu adoro ler, mas não devo andar a ler as coisas certas. Desta lista li 1 e meio. E o meio não o consegui acabar. Tenho alguns deles em casa que ainda não tive coragem de começar e até este do Saramago (de quem já li tantos) me falhou.
Mas há aqui muita coisa que não me parece que alguma vez venha a ler. Clássicos ou não, não são mesmo o meu tipo de leitura.