terça-feira, 3 de julho de 2012

Estou preocupada

O que dizer da ninharia que querem pagar aos enfermeiros? Nada. Acho que a coisa consegue ser tão absurda que nem há palavras para a definir. Que país é este que trata tão mal os profissionais mais importantes? Os enfermeiros salvam vidas, caramba. Deviam ser uns dos profissionais mais bem remunerados. Para onde caminhamos? Estou preocupada.

24 comentários:

Raquel Neves disse...

Somos duas a estar preocupadas assim.

Ana Sofia Santos disse...

tantos anos a estudar para quererem pagar o que pagam, assim nem vale a pena

♥ Guida disse...

Tu e eu, que ando a estudar para provavelmente ter esse destino. Acho que me vou licenciar para depois trabalhar como mulher a dias ou caixa de supermercado. Yupi!

Little Girl disse...

Se eu já andava desmotivada com a minha profissão, as notícias dos últimos dias ainda me mandaram mais abaixo..
É absolutamente indigno para a nossa profissão!

Miss Purple disse...

Infelizmente não são só os enfermeiros a passar por isso. Existem muitos outros profissionais de saúde a passar pelo mesmo =/

Teresa Poças disse...

As empregadas de limpeza ganham mais à hora do que eles... É inadmissível!

Ombemua - Saoirse disse...

É um absurdo!!!
Estou chocada...

Feliz disse...

Eles já são mal pagos há anos...não é de agora...mas está a piorar...com eles e com todos os profissionais "novos"- somos mão de obra barata, descartável...aliás, como docente, deves assistir a esse cenário anualmente...

Dreia disse...

Nem sei que diga...

Clair de Lune disse...

Por isso é que eu emigrei. Claro que os principais culpados são as empresas empregadoras, mas quem se sujeita também tem uma quota parte de culpa. Também a mim, sou enfermeira, me ofereceram essa ninharia e eu disse logo que preferia estar a fazer limpezas, a trabalhar na caixa do continente ou numa loja qualquer, pois pelo menos recebia o ordenado mínimo e não contribuía para a desvalorização de umas das profissões mais importantes.
Sim, sei que depois o CV era fraco e a experiência profissional também conta, mas, caramba!, se toda a gente se indignasse, se valorizasse e se respeitasse e não aceitassem esta merda de salário, as coisas mudariam. Mas enquanto houver gente a sujeitar-se a esta exploração, podem pôr a público o que quiserem, que haverá sempre contratos destes.
Deixei em Portugal a minha família, o meu namorado e vim para Inglaterra. Custa, imenso e cada vez mais. Mas não sou explorada e posso dizer que consegui por mim e não por cunha nenhuma.

stantans disse...

o meu pai é bombeiro profissional há muitos anos, já salvou muitas vidas, e recebe o salário mínimo...

Green disse...

Tens toda a razão. O país está a ficar de tal forma que mete medo.

Green disse...

Tens toda a razão. O país está a ficar de tal forma que mete medo.

Teresa Carvalho disse...

Sou enfermeira especialista, trabalho como enfermeira especialista num hospital e ganho como enfermeira generalista (sem especialidade) e já nem falemos de não ganhar como licenciada.
Na verdade os enfermeiros são os Grandes Prejudicados desta crise de poucos!

Imperatriz Sissi disse...

Concordo com a Clair de Lune. Enquanto um só profissional qualificado se sujeitar a isto continuamos na mesma. Mas o mal foi permitirem formar fornadas e fornadas de enfermeiros, professores, jornalistas, etc...quando o mercado de trabalho não tinha lugar para todos. Ganância e irresponsabilidade das faculdades e de quem as tutela. Quando entrei para a 1ª licenciatura não havia marketeers suficientes para os empregos. Quando a terminei, o mercado já estava inundado. Tenho trabalhado sempre na minha área, mas é uma sorte e obviamente, em condições longe do ideal. Coitada da nossa geração!

carolaine disse...

Verdade. a minha irmã é enfermeira e ganha menos por hora que a minha mãe que é empregada doméstica. Eles sujeitam-se a estágios deslocados de casa, a 4 anos de ensino, a horas de estudo e de esforço para depois serem tratados como merda quando o trabalho que fazem não é nada fácil. E depois há médicos que ganham milhares e que fazem muito menos ...

Infelizmente é este o nosso país

P. disse...

Eu que pretendo ingressar nesse curso este ano ao ouvir semelhante notícia só dá vontade de nem tentar sequer. É inaceitável! Porque para além de vidas, essas pessoas tiveram que estudar para isso e nunca na minha vida eu vou querer ter um curso superior sabendo eu que no meu país pagam cerca de 3,96€ por hora, só me dá vontade de os mandar para um sítio que eu cá sei. Ainda quer o governo que os jovens de hoje em dia estudem e ingressem no ensino superior.

Perfectly Crazy disse...

Agradeço a preocupação da Kitty Fane e de todas as pessoas que se têm manifestado quanto a este assunto. Façam chegar as vossas vozes ao Ministério da Saúde, ao Governo já que as vozes dos enfermeiros não têm chegado a lado nenhum

amiga da onça disse...

O estado é um chulo.

Sweet Disposition disse...

Infelizmente é o país que temos e com tendência a piorar... :/

Madame Teles disse...

Não podia estar mais de acordo! Os profissionais de saúde tem que ser pagos à altura do trabalho que fazem.

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

É realmente absurdo...

Panda disse...

Eu peço desculpas, não digo que eles são bem pagos mas o meu trabalho também é stressante, eu também sou licenciada e quem me dera ganhar 4€ à hora! O problema é que neste país pouca gente é bem paga.

Calucifer disse...

Panda: stresssante? não me digas que na tua profissão também deixas de dormir para não deixares morrer ninguém? ou talvez também te aconteça deixares de urinar quando te apetece, porque o tempo gasto a ir ao wc é muito menos precioso do que dar atempadamente a medicação a 30 doentes? Ou quem sabe até és capaz de falhar o jantar, porque às tantas te vez entre tanta mas tanta gente doente e a precisar de cuidados urgentes, que comer se torna completamente secundário? Ou talvez te aconteça muita vez sujeitares-te a todo o tipo de contaminações possíveis e imaginárias, só porque estás a fazer o teu trabalho. Não me digas que na tua profissão também zelas pela saúde dos outros ao mesmo tempo que dás cabo da tua. A sério que também tens assim uma profissão stressante? Por favor, conta-me mais.