segunda-feira, 23 de julho de 2012

Crónicas caninas

Lara Stone fotografada para a Vogue Netherlands por Josh Olins, maio 2012

A partir do momento em que temos um cãozinho que tem umas garras que parecem facas nas patas (e que por muito que se cortem, a coisa não se resolve), torna-se um pesadelo andar de saia ou calções pela casa. Nós bem evitamos, mas ele mal nos vê salta-nos logo para o colo. Escusado será dizer que andamos todos, sobretudo eu e a Princesinha que temos a pele mais fininha e sensível, com as pernas numa lástima - cheias de arranhões e nódoas negras.

9 comentários:

Y2000k disse...

Tens que ver o encantador de cães na Sic Mulher, para aprenderes a lidar com ele hehe

Imperatriz Sissi disse...

Auch. Eu só passo por isso quando o Chiquinho tem os seus ataques de gulodice e decide provar tudo o que estamos a comer, a bem ou a mal. Mas as garras dele são fininhas e embora seja desagradável, creio que não se compara! Assim como assim, os animaizinhos compensam tudo :)

Something about details disse...

Tenho um gato e a coisa assemelha-se

O Ramalhete disse...

Dada a minha preferência por felinos, o alvo costumam ser as mãos.

Matilde disse...

E matricular o caozinho numa escolinha para aprender alguns rudimentos de [bom] comportamento. De pequenino se torce o pepino e os caes adoram aprender. O resto farao voces em casa - consistencia e umas lambarices para ele aprender com mais vontade e nao esquecer!

carolaine disse...

sofro do mesmo, a minha cadela sofre do mesmo mal e não aprende.. sempre a saltar, é com cada arranhão buuuh

A Vida da Cinderela de Saltos Altos disse...

Sei bem o que isso é...

smp disse...

O meu fazia o mesmo... Agora já aprendeu. Tenta ignorar quando ele faz isso até ele se acalmar e depois só lhe dás mimos quando ele se portar bem.

Alexandra disse...

Se o ignorares quando faz isso, com o tempo melhora.

Podem fazer milhares de disparates, ainda assim, são uma enorme alegria e companhia.

(Incrível como, passados tantos anos, continuo a adorar vir cá.)

Beijinhos