sábado, 9 de junho de 2012

Já os Jogos Olímpicos são outra conversa, esses adoro

Heidi Klum

Na minha adolescência, e isto fica aqui entre nós, tive uma paixão platónica pelo Paulo Sousa que me fez ver todos os jogos de futebol em que ele jogava (na altura alguns jogadores de futebol até eram giros, querem o quê? ninguém arranjava sobrancelhas, não usavam cachuchos nas orelhas, nem andavam de pochete debaixo do braço). O que fez com que eu, neste momento, e apesar de não ver um jogo de futebol há quinhentos anos, domine toda a linguagem do futebol. Sim, sei perfeitamente o que é um fora de jogo e por aí fora. Não sou, por isso, daquelas pessoas que odeiam futebol porque nunca viram um jogo ou porque não entendem nada daquilo. No entanto, com o passar dos anos desenvolvi um ódio visceral ao futebol. Neste momento abomino futebol. Todas as conversas de futebol me desinteressam.

Portanto, e sem querer ferir suscetibilidades, estou perfeitamente a borrifar-me para a seleção e para os seus resultados. Não faço questão de ver um jogo que seja e vou aproveitar os tempos em que Portugal para, para fazer coisas que noutras alturas não faria a um sábado por estar tudo inundado de gente. O que não deixa de ser bom.

18 comentários:

Di ∞ disse...

Adorei o teu blog. Sigo**
http://fazomelhorquesabes.blogspot.pt

cabranazi disse...

Pois eu adorava o Futre, o Jorge Cadete e depois o Figo!

Quando são grandes jogos até me conseguem "prender" à televisão e dou um outro berro, acompanhado de "alhos" e "folhas"! ;)

Alexandre disse...

Eu abomino apenas os jogos entre clubes portugueses. O euro é O euro e a esse adiro.
E também adoro os jogos olímpicos.

Nídia disse...

Oh, como é possível que tenhas lido a minha mente?? É só substituir o Paulo Sousa pelo João Pinto e violá. Palavra por palavra. Obrigado

Marta Martins ♥ disse...

Sou como tu não gosto , não me interessa nada sobre futebol ,e que realmente o Paulo Sousa era um gato!!!
Vou adorar nos próximos tempos ter as lojas vazias porque esta tudo em casa a ver a "bola"!!!!!

Plim disse...

Eu também gosto dos Jogos Olímpicos, e este ano mais ainda. Mas o Euro/Mundial? Bem esses são uma caso à parte. Gosto de futebol! ;)

stantans disse...

já eu adoro futebol, mas a selecção não me diz absolutamente nada nem tenho o mínimo interesse no euro

Carol disse...

Eu só gostava que falassem metade do que falam dos jogadores da bola sobre os atletas que vão aos jogos. É que além de muita coisa, muitos deles fazem resultados muito melhores, representando muito melhor Portugal.

panelasemdepressao disse...

Ainda bem que nAo estou sozinha!
Parece-me que supermercado em hora de jogo vai ser proveitoso.
Paulo Sousa continua lindo ;)

anne disse...

Não devias. O futebol é provavelmente a única coisa que um habitante das Ilhas Salomão relaciona com Portugal. Lisonjeador ou não, o sucesso da selecção portuguesa devia interessar a todos.

Maria de Lurdes disse...

Também via futebol pelo Paulo Sousa, adorava-o...
O que também fez com que percebesse as regras e gíria do futebol, engraçado!
Agora, cada vez me interessa menos e não estou nada inspirada para este Euro, está a passar-me completamente ao lado.
Mas vibro com as Olimpíadas! E este ano, sendo no Reino Unido, nem vou precisar fazer noitadas para não perder as minhas provas favoritas, vai ser maravilhoso!

Sancho Pança disse...

Tirando a parte da paixão pelo jogador, eu podia ter dito isto. xD

Green disse...

Tem as suas vantagens, sem dúvida.

P disse...

Oh yeah. Finalmente alguém que pensa como eu. Farta de ser olhada de lado por dizer que me estou nas tintas para a selecção estou eu.

nina disse...

o que eu adorava o paulo sousa, coleccionava os cromos, recortes de jornal..tudo.

Dri disse...

Estou tão contente...pensava que era a única portuguesa anti selecção e anti futebol mas não sou...iiuuuppiiii...afinal há pessoas que me compreendem.
:P

Carla disse...

Eu estou-me a borrifar para a selecção!
Estes "pavões pirosos" irritam-me!

E viva a Holanda UHAHAHAHA

Pimpi disse...

Com o que eles ganham, com a actual crise e os sacrifícios impostos à maioria dos portugueses, com o perdão das dívidas dos clubes ao fisco, com a falta de chá das claques, enfim.. perdi o interesse no futebol.

O país pára nessa altura e nem sei bem porquê. Não acho que seja o futebol que nos vá ajudar.

E sim, os supermercados, centros comerciais e as ruas ficam como eu gosto, tranquilos para poder aproveitar seja como for :)