sábado, 2 de junho de 2012

Enganar assim as pessoas é feio e só ajuda a que uma revista perca a credibilidade

Keira Knightley fotografada por Mert and Marcus para a Interview, abril  2012

Foi na fila da caixa do supermercado que reparei numa revista que tinha na capa um ator de novelas cujo nome não me lembro e por baixo da sua foto podia ler-se qualquer coisa como - fulano tal (leia-se o nome verdadeiro do ator) sofre com cancro e até doou o seu cabelo. Eu já para ali a pensar coisas, ai coitado, tão novo, que tipo de cancro será?, e por aí fora. E decidi mesmo abrir a revista. Qual não é o meu espanto quando, após ler um grande bocado da entrevista, percebo que afinal o rapaz não tem cancro coisíssima nenhuma, fez, sim, um papel em que o personagem tinha a doença. Eu sei que as revistas adoram enganar as pessoas, tudo em nome das vendas, eu sei que estamos em crise e que precisam de vender a todo o custo, e a concorrência é uma coisa tramada, e tal e coisa, coisa e tal, mas isto é o quê? Isto é lixo, senhores. Isto é nojento.

19 comentários:

coisas da Nadya disse...

Concordo plenamente!

aQ disse...

Também me senti enganada, o fulano era o Pedro Carvalho ou Carvalhas ou o que seja!

Alexandre disse...

Podes crer. Essa revista é um nojo.

Hibiscus disse...

Lembro-me perfeitamente de ler esse título sobre ele e também pensei : "ei coitado", mas depois não li a história. É assim que se começam os boatos. Eu tinha mesmo ficado com a ideia que ele estava com cancro até agora.

Green disse...

Bem, isso é uma falta de respeito. Que mau gosto.

Conto de Fadas disse...

Pensei o mesmo...

Imperatriz Sissi disse...

Tudo tem limites. Uma coisa é publicarem coisas foleiras e baixas, outra é brincar com coisas sérias.

jessi-aleal.blogspot.pt

Jo disse...

Totalmente de acordo. Sinceramente... as pessoas que fazem isto, os autores destas notícias (??), destas capas, ... sentem-se bem com o que fazem?! Acham que fazem um bom trabalho?! Que são profissionais competentes da profissão que escolheram??...

disse...

Por essas e por outras já nem lhes olho para as capas. Antes ainda comprava uma ou outra para ler ns praia, mas deixei-me disso. É uma vergonha!

Pics disse...

Não sei porquê, mas desde cedo que desenvolvi uma incapacidade de acreditar no que as revistas dizem.

Shiine * disse...

Li o mesmo. E, por baixo, dizia: Rita Pereira tem sido o apoio do actor neste momento difícil da sua vida.

Mamã de Salto Alto disse...

Por muitas razões,isso é inaceitável!Parece que são parvos.Eu imagino o actor...tbm vi a revista e pensei e fiz o mesmo que tu.....fiquei com um pó à dita revista.

Ostronauta disse...

http://jet7.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=665:pedro-carvalho-magoado-com-falsa-historia-de-cancro&catid=59:nacional&Itemid=101

enfim...

Sabor Adocicado* disse...

Já me aconteceu inúmeras vezes... Relativamente ao cancro, outras doenças.. toxicodependência p ex. Concordo contigo. Cada vez podemos confiar menos nos supostos "meios de informação"

Inês disse...

Oh, pois eu só agora a ler este post descobri que o rapaz realmente não tem cancro, pois só li o que dizia na capa e fiquei totalmente convencida que ele estava doente. E a parte da Rita Pereira ser o seu apoio ainda dava mais credibilidade levando-nos a crer que o título era verdade! Que vergonha para a revista...

aalmeida disse...

Ui, tantas vezes (quase sempre), os títulos sugerem notícias falsas, é uma desilusão. A última que vi estava relacionada com o Simão Sabrosa, e o pior é que o título não tinha nada a ver com o texto publicado. E para não falar de notícia que não interessam a ninguém, do género "Fulano almoçou na baixa em grande cumplicidade com a esposa". É do pior...
Por causa disto deixei de comprar certas revistas.

Não sei que diga disse...

A mim aconteceu o mesmo e depois li não sei onde que realmente a dita revista tinha dado a entender que o actor estava com cancro mas que na realidade quem está com cancro e a fazer quimioterapia é o pai. Não se trata de nada relativo à televisão, é o pai dele que está doente. Se é verdade ou não, não sei, foi o que li.

Juanna disse...

Mas isso não lhes interessa porque enquanto as pessoas pegarem na revista levadas pelo sensacionalismo dos títulos, as pagarem e comentarem por aí, conseguiram o objectivo deles. "Falem bem ou mal de mim, mas falem".

Madame Teles disse...

É incrível como as revistas sensacionalistas adulteram informação só para vender..