sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Palavras que poderiam ser minhas

Oprah Winfrey

Sim, eu sei que ando neurótica por o programa da Oprah ter terminado. Afinal de contas, a minha guru deixará de me acompanhar ao princípio da noite e eu deixarei de ficar mais sábia e de lacrimejar e de me sentir pequena e grande e boa e má e tudo ao mesmo tempo.
O que é que se há-de fazer, eu adoro a mulher.

Pérolas como (estou a citar de memória):
"Perdoar é abdicar da esperança de que o passado poderia ter sido diferente".
"Escutem sempre os vossos pressentimentos. Primeiro eles chegam sob a forma de sussurros que só nós parecemos escutar. Mais tarde transformam-se em gritos, quase impossíveis de negar".

Reportagens sobre Martin Luther King, genocídios, racismo, xenofobismo, pais de merda, pais corajosos, pessoas doentes, pessoas lutadoras, pessoas vis, viagens, decoração, guerra e uma vida inteira de possibilidades.Cenas destas. Cenas que nos prendem, que nos colam o rabo ao sofá quando o programa dela começa e que nos fazem suspirar quando termina. Cenas que nos fazem sentir minúsculos, ou grandes. Que nos fazem pensar.


Por tudo isto, sei que vou lacrimejar perdidamente quando a sua ausência se fizer sentir na minha vida televisiva.

Será que o canal dela vai estar disponível nos nossos cabos?
Deprimi.
 
Escrito pela Ana C., no seu blogue A Vontade do Regresso

7 comentários:

Mia disse...

Também gosto dos nossos programas. Em que nos sentimos, precisamente, assim. Quando vejo histórias contadas pela Fátima Lopes, Catarina Furtado, por exemplo, também me sinto assim. Choro, riu. Sinto-me melhor pessoa quando ajudo, sinto-me pior pessoa quando mudo de canal e penso que sou impotente a tanta coisa que gostaria de mudar no mundo.

Panda disse...

Já fui mais viciada no programa dela mas ainda ontem me fez chorar. É inevitável.

stantans disse...

eu por acaso acho o programa dela uma palhaçada lol

MissBlueEyes disse...

Este comentário em nada tem a ver com o post, mas como o de cima não dá para comentar.

Passo só para te desejar um excelente 2012, cheio de coisas boas, e, bem não sei, que neste novo ano te traga uma prenda especial.

Feliiiiz 2012, beijos de uma seguidora que adora a tua/vossa história :)

Tamborim Zim disse...

Concordo! Amo a Dona Oprah. Espero q volte à nossa companhia.

prada disse...

Adoro-a. É unica, e grande em tudo!
Seres que vêm á Terra, para fazerem a diferença nas nossas vidas.
A SIC MULHER, está de parabens pela sua boa programação.Espero que continue.

Maria disse...

nem quero pensar no fim. quando ela anunciou juro que fiquei chocada. adoro-a e ela tb me faz companhia diária :) vê-se que ela é uma alma iluminada :)

bjo*

http://makeupblah.blogspot.com/