domingo, 18 de dezembro de 2011

E eu ficaria bem mais feliz































Leighton Meester fotografada para a Vanity Fair por Miguel Reveriego, março 2011

Já agora, o Mário Nogueira também podia emigrar.

6 comentários:

Cloe disse...

Sei que o primeiro-ministro não deveria ter feito tal declaração ou pelo menos não daquela forma, mas todos sabemos que essa é mesmo uma alternativa. Portugal não tem condições para nós, professores mais novos. Muito sinceramente, não acredito ser por falta de uma melhor governação de Passos Coelho. E sim, também ficaria mais feliz se o Sr. Nogueira fosse de malas aviadas!!

tiago leal disse...

É muito ingrato para o Passo Coelho governar sem dinheiro. Ele sabe que não pode dar emprego a todos os professores, mesmo que o quisesse. E penso que, para eles e para o país, talvez seja mais construtivo emigrar, evoluir na carreira e depois regressar, e aí ajudar o país. Por muito que custe, neste momento não há lugar em Portugal para recém licenciados...

Dotadas de vaidades disse...

Oi, oi, adorei o blog. Aqui fica o meu blog, que ainda está no começo: www.davitrinaocloset.blogspot.com
Beijos grandes :D

aespumadosdias disse...

Ai se ele chega a lider da CGTP.
Desta vez disse algo acertado. O PPC é que devia emigrar.

a.i. disse...

"governar sem dinheiro"...ahah, boa piada.
Infelizmente e apesar de ter consciência que os salários dos funcionários é uma despesa enorme, e daí a necessidade dos cortes, o que faz impressão é todos os dias continuar a ouvir casos, de amigos que trabalham em Câmaras e Ministérios, de despesas que não são de todo essenciais. E quando anunciam a necessidade de cortes brutais, faz-me impressão que ainda assim continue a haver dinheiro para outras coisas, nada essenciais e que nem sequer são um investimento para a economia do país...

Paulo Nunes disse...

Emigrar também pode ser uma solução, mas isso depende de cada pessoa. Não se consegue dar emprego a todos e lá foram existem boas oportunidades.
Não podemos ficar à espera de que o Estado nos ajude em tudo... os tempos mudam.. e cada vez mais, vamos ter que nos safar sozinhos!