sexta-feira, 1 de julho de 2011

Vão roubar-nos quase metade do subsídio de Natal? Oh God! O que vale é sexta-feira, e isso ninguém nos pode tirar!

Ewan McGregor fotografado por John Russo, 2011

 
O que me vem à cabeça no meio disto tudo é: onde vai isto parar? Agora é quase metade do subsídio, no próximo ano é o subsídio todo. Depois inventa-se mais um imposto para cortar ainda mais os nossos ordenados. E qualquer dia andamos todos a trabalhar para aquecer.

8 comentários:

Naná disse...

É capaz de já ter faltado mais para andarmos a trabalhar de borla...

Majó disse...

eu já estou à espera do dia em que vou ter de pagar uma taxa para entrar no trabalho!!!

Mas foste bem inteligente: confesso que com a foto do Ewan a notícia desceu melhor que ontem quando a anunciarm no telejornal!! ;D

Beijos e boa 6ª feira chuvosa!

Frutinha disse...

E ainda vai ficar pior. Isto está mau, muito mau.

Sophie disse...

Não é metade do subsidio. É 50% da diferença entre o ordenado mínimo nacional e o subsídio de natal.

Whitesoul disse...

e já vamos com sorte, o anterior falava em nem sequer o recebermos

_ba_ disse...

Pois quando se ouve pensa-se assim mas é como a Sophie disse.
E o que esperavam? Ele ou outro que para lá fosse tem um guião na mão e ou o cumpre ou estamos bem arranjadinhos (leia-se lixados com F grande) e se os Gregos não se "endireitarem" também iremos pagar por isso.
Mas isto começou aquando da entrada para a UE: entraram rodos e rodos de dinheiro, sem fundo (dizia-se), pediu-se gado emprestado para se pedirem subsídios para "quintas" e afins ...portanto, tal como me começou a dizer o meu Pai, em 1986, cá estou eu a começar de pagar a conta ...

gralha disse...

Há muita, muita gente que nem subsídio de Natal tem. Eu gostava de ter 50 porcento, já me sabia bem.

André Benjamim disse...

Não dês ideias! Quem tira feriados, também dispõe das sextas... e sábados, e domingos...