sábado, 14 de maio de 2011

Obrigatório ler ou de como a justiça em Portugal mete nojo























Obrigatório ler este e este post da Bad Girl .


E se as pessoas saem às ruas para comemorar a vitória de um clube de futebol. Se as pessoas se juntam para ir a concertos. Se as pessoas se juntam para lutar contra as condições de trabalho e o estado da economia de um país. Eu acho que as pessoas também deviam sair à rua e lutar por uma justiça melhor. Porque não é justo que pedófilos, que todos sabemos que são pedófilos, que roubaram milhares de vidas, continuem a frequentar os mesmo sítios que nós, só porque compram juízes ou porque fazem cara de cachorrinhos abandonados na comunicação social. Não é justo que violadores - como este João Villas Boas - destruam a vida de uma pessoa e continuem impunes. Porque o que mais há são relatos de casos idênticos a estes. Estes são apenas a ponta do icebergue.

9 comentários:

Lou disse...

Se fosse só ele...

A sociedade está cheia deles e normalmente os piores são exactamente os que andam bem vestidos e que têm alguma fama.

Fuschia disse...

Tanto num caso como noutro, nem interessa se elas quiseram. O problema começa logo que 1- um homem de 40 anos não tem relações sexuais com uma miúda de 12 anos nem que ela peça muito e 2. um psiquiatra nunca poderia ter relações sexuais (ou sequer afectiva) com uma paciente, ainda mais com a agravante de ter sido no consultório. Portanto, mesmo que a paciente lhe tivesse pedido muito "olhe por favor, viole-me aqui e agora contra o sofá", esse homem nunca mais devia exercer na vida.

Quando leio esse tipo de sentenças, faz-me sempre lembrar aquelas pessoas que acham que se uma miúda foi para a rua de mini-saia e foi violada é porque as estava a pedir. O que é estranho é essa mentalidade num juiz. (começa a perceber-se porque tantas vitimas de violação nunca falam — aqui não vale a pena, ainda vai a vitima presa por se ter posto a jeito)

Juanna disse...

Gentalha horrível...

Ninna Jules disse...

esses gajos são uns porcos .
é uma pena a justiça portuguesa ser assim . mas, sinceramente, acho que deixar de exercer seria uma pena demasiado branda para com o senhor . o ideal, seria fazê-lo sofrer, de facto . sei lá eu, cortar-lhe o objecto com o qual decidiu "fazer a vontade à paciente" .
mas pronto, violencia à parte, tenho mais vergonha do meu país por deixar passar casos como este em branco . por deixar viver em paz criminosos como este senhor .
Adorava poder, um dia, tirar o curso de direito . mas, com coisas destas a acontecer, tenho vergonha de dizer isto . vergonha de me interessar pela justiça e sonhar poder fazer parte dela .

Agri Doce disse...

Esta justiça consegue ser mais nojenta!Como é que é possivel??

Ana disse...

Só soube disto pelo teu texto. Portugal às vezes envergonha-me. NOJO! Lamento muito o que aconteceu a essa paciente e só espero que com o tempo (e a ajuda certa) ela recupere e siga em frente.

Paulo Nunes disse...

Realmente.. mais um caso para a nossa justiça.
Violador gentil.. :) espero que isso não pegue moda senão as mulheres estão todas tramadas!
Enfim... é nossa Justiça! :(

Patty disse...

E fazer queixa ao tribunal europeu, fazer queixa do juiz, fazer alguma coisa mais....
O problema é que estas coisas vergonhosas passam sempre impunes.

Frutinha disse...

ate fico doente, como é possivel os juizes decidirem assim. Estou como ela, desdejo que eles tenham pesadelos.. dos grandes