segunda-feira, 18 de abril de 2011

Será que vale a pena correr estes riscos?

É incrível a exposição à qual estão sujeitas hoje em dia as crianças. São as redes sociais pejadas de fotos dos filhos ( muitas vezes quase sem roupa) abertas a todos. São os blogues pejados de fotos e de histórias dos filhos. São os fóruns de mães onde se fala de tudo, desde o pediatra a que se leva o filho, passando pelo nome completo da criança, até ao colégio onde andam, ali à vista de toda a gente. Acho que as mães não têm qualquer pretensiosismo nisso. Querem apenas mostrar ao mundo aquilo que de mais precioso têm. O que me parece que algumas mães não percebem, ou então fingem que não percebem, pois fica bem mostrar ao mundo que os seus filhos são os mais maravilhosos, os mais bonitos, os mais perfeitinhos do mundo, é que colocar as fotos dos seus filhos menores nos blogues e afins, ainda que com a carinha tapada, ainda que com a cabeça cortada, é o mesmo que colocar as mesmas espalhadas pelas ruas de uma qualquer cidade, juntamente com aqueles placards de concertos e de corridas de touros. Não percebem que qualquer pessoa reles - tarados, pedófilos, loucos-  tem acesso às fotos daqueles bebés lindos e inocentes. O que é uma pena. É que uma coisa é colocar fotos de alguém que nos deu autorização para tal, e outra coisa é colocar fotos de alguém que ainda não tem discernimento suficiente para decidir seja o que for. Faz-me cada vez mais confusão este tipo de comportamentos. Sobretudo sabendo-se como se sabe hoje dos perigos da pedofilia e afins na internet. Sobretudo sabendo-se como se sabe hoje que há sites de pedofilia onde gente sem escrúpulos ganha dinheiro com as fotos que se vão roubando dos Facebooks e dos blogues destas mães e destes pais. Será que vale a pena correr esses riscos?

18 comentários:

Ediana disse...

Concordo plenamente, as crianças nao pode ser exposta assim, Ainda mais quando se trata dos nosso filhos. Sou mae e sei como e dificil mantar eles longe da violencia, das drogas dos pervirtidos. Eu achei um caminho mais facil de viver. E está protegido por Deus, na casa de Deus e está em comuninhão com Deus.

Choques Rosa disse...

estou completamente de acordo!! Não se trata de sermos exagerados ou pessimistas, simplesmente é um grande risco que se corre hoje em dia (infelizmente) e que se pode evitar facilmente.

Mi disse...

Também era coisa que seria incapaz de fazer.
kiss

Pupa disse...

Concordo. Conheço blogs desse tipo, mas estes são privados. Assim é mais seguro.

kishikiari disse...

já denunciei uns quantos perfis de miúdas no facebook que tinham os afilhados, sobrinhos, o que seja expostos muitas vezes em trajes menores ou sem eles. Inconscientes

sara disse...

Concordo inteiramente. As crianças têm direito à sua privacidade, e na maioria dos casos as famílias não respeitam isso.
bjs
sara

Pintas disse...

Concordo completamente. e aqueles que colocam aqueles disticos nos carros a dizer "carolina ou Bernardo a bordo" Divulgar assim o nome dos filhos acho ridiculo.

Simplesmente Ana disse...

O meu blog é 100% privado e nem assim coloco fotos, nomes e localidades. Mas o meu blog é apenas para deixar a nossa história à minha filha, há outros que servem partilhar experiências...

Palco do tempo disse...

acho que não vale a pena correr esse risco :/


kiss kiss

Paulo Nunes disse...

No meu perfil do Facebook tenho algumas fotos da minha filha... mas só para amigos/amigas. está fechado a pessoas de fora e só aceito pessoas de confiança!
Por muito que se controle... eles conseguem sempre colocar fotos, não se consegue impedir isso. a não ser... bloquiar toda a rede de chats, blogs e redes sociais... mas...acredita que 90% dos pais não sabem fazer isso com eficiencia! há sempre uma maneira de dar a volta!
Beijinhos

_ba_ disse...

Já "dei para esse peditório". Cada vez que digo para não pôrem fotografias das crianças,delas próprias ou família fica tudo muito surpreso "que não, que só vê quem tem autorização, que só amigos é que entram, blá,blá,blá"
Fotografias minhas ou da minha família bem como os seus nomes próprios não circularam nem vão circular na internet ...e porem fotografias minhas também não põem que sabem que não permito e já ando nisto há 10 anos ...e tive 2 modems queimados em casa por causa de ataques por isso façam como quiserem: eu faço assim :-)

Kitty Fane disse...

Para a Carmo:

Ao invés de me deixar aqui comentários atrás de comentários, envie-me um e-mail (uma vez que o seu perfil não é válido e, desse modo, eu não tenho como a contactar) e eu terei todo o prazer em esclarecer-lhe todas as suas dúvidas e explicar-lhe a razão pela qual não publico os seus comentários. Obrigada pela atenção.

a. disse...

isto tudo é muito verdade. e faz-me impressão esta inconsciência!

Paty Michele disse...

Ai, Fane, que medo!
De vez em quando publico uma foto do meu filho no facebook ou no blog, mas sempre acompanhado e vestido. Tento não expô-lo muito, conheço os riscos, por isso tenho meus álbuns abertos só para amigos.

MintJulep disse...

Um bom hacker a par de saber como entrar no que não é seu, sabe proteger o que é seu MUITO BEM. E apanhar qualquer tótó que tente fazer asneira com o que lhe é interdito. Oh lá se sabe.

Rita disse...

Concordo contigo, sou mãe, tenho blog e tenho facebook e confesso que já meti algumas fotografias dela tanto no blog como no facebook. Mas retirei-as...nunca nada por aí além, mas achei por bem retira-las. Não porque ache que ter as fotografias lá corre maior ou menor perigo, porque posso muito bem estar num parque infantil com ela e estarem lá 2 ou 3 tarados mas porque se não conseguimos controlar essas coisas na rua, ao menos podemos decidir se queremos espalhar as fotografias ou não. Eu escolhi o não, exactamente pelos perigos e afins. Mas ha muita gente que ainda não pensa assim, infelizmente!

Narizinho Lunático disse...

Não, não vale... Ainda há uns dias deixei um comentário no facebook sobre isso... Os pais são os responsáveis pela segurança e bem estar dos filhos... Então, porque motivo os expõem dessa forma?!

Emma disse...

É que não vale mesmo a pena... É correr um risco completamente desnecessário. Na minha opinião, há determinadas coisas que têm de permanecer privadas. Quase parece que, o que não está no Facebook, nunca chegou a acontecer.