quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Do circo em que se transformaram os nossos noticiários

Cinita Dicker

Sabemos que os nossos noticiários andam pelas ruas da amargura, quando um simples pedido de casamento a uma hospedeira de bordo, num banal avião de passageiros, se torna notícia no telejornal da televisão pública. Pronto, ainda se fosse numa nave espacial a caminho de Marte...

17 comentários:

Rita disse...

Foi mesmo do piorio.

Bubble disse...

E se pelo menos o pedido tivesse sido romântico, mas é que nem isso, foi muito desengraçado. Foi notícia em todas os canais. Inacreditável!

Bubble disse...

E se pelo menos o pedido tivesse sido romântico, mas é que nem isso, foi muito desengraçado. Foi notícia em todas os canais. Inacreditável!

Happy Bubble disse...

Pior mesmo, é quando deturpam as noticias

Joy disse...

Foi romântico, eu acho que coisas destas devem ser noticiadas de vez enquando, ao menos são bons exemplos...

Kat disse...

Concordo com a Joy, é certo que não é noticia para um noticiário mas no meio de tanta desgraça..achei romantico :)

Artemisa disse...

É o chamado fait-divers. Costuma surgir sempre no final dos telejornais. É uma notícia mais leve e alegre que encerra o programa. Já é da praxe...

Bjs

Girls Next Door disse...

APOIADA! :)

Princesa Tagarela disse...

.....exactamente o que pensei ontem quando vi...enfim é o país que temos!! ;)

Belicious disse...

Concordo a 100%! Já só há NOTÍCIAS nos primeiros 5 minutos de telejornal

Jorge disse...

Um circo, sem dúvida. Vale tudo para chamar mais atenções. Desde dramatizar, explorar um assunto vezes sem conta até ao tutano, só falar em tragédias, até fazer uma notícia de um pedido de casamento num avião. Será que andam a filmar e a fazer notícia de todos os pedidos de casamento que ocorrem neste mundo? Não. Foi num avião, como podia ter sido num Cruzeiro, numa praia, num shopping e conforme os gostos, numa Loja dos 300.

E isso de fazer uma pergunta tão importante e que só resume a vida toda, em público, é de um mau gosto tremendo. Acho eu. As mulheres podem achar muito romantico (acredito que muitas acham) eu acho, como homem, que é estar a obrigar em praça pública a mulher a dizer o sim. Isto faz-me lembrar um bocado (embora nada tenha a ver) quando se perguntava a um homem que queria prestar serviço na tropa. Quem era o homem que ousava responder que não? Ahah.

mas isto é só a minha opinião e vale o que vale: pouco porque sou só um!

lisbon new-yorker disse...

Também vi...ainda bem que não há fome no mundo, guerras ou crises sobre as quais falar.

Ainda por cima pareceu-me que ela disse "Sim" apenas porque naquela situação era muito mau dizer "não". Dali não dá propriamente para fugir...quer dizer, podia ter-se atirado do avião. Pelo menos era o que eu faria.

Eli disse...

Não!

Não é circo, é uma telenovela! Confundem tudo!

Phil disse...

Também achei essa notícia ridicula...

mariana disse...

Ahahah, não vi essa!! Deixa-me adivinhar... foi na tvi?? Televisão mais sencionalista que esta, não pode haver. Ai tristeza
bjs

Simplesmente Ana disse...

A mim, fez-me sorrir... :)

Feliz aos Trinta disse...

Mas isso é que dá audiencia...somos um povo muito estranho, onde a venda de jornais cai drasticamente, mas a de revistas cor de rosa cresce...