quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Dos abutres

Achei de uma crueldade sem fim ver há dias no telejornal da televisão pública anunciarem que o Michael Douglas tinha apenas três meses de vida, segundo noticiava um tablóide americano. Respeitaria se tivesse sido o próprio a fazê-lo, mas nunca terceiros. Nem quero imaginar a dor daquela família ao ver aquela notícia escarrapachada por todo o lado. Já não basta aquilo pelo que estão a passar, ainda têm de conviver com isto. Odeio abutres que se aproveitam da desgraça alheia e que fazem um alarido dos dramas dos outros - sejam meios de comunicação social, seja o vizinho do lado seja o primo - mas sempre pensando: são os dramas dos outros, não são os meus. É por estas e por outras que cada vez menos gosto de falar dos meus problemas em público.

12 comentários:

Rita disse...

É de uma desgraça já por si so horrivel, quanto mais dizerem-no assim. Eu digo pior é por estas e por outras que cada vez vejo menos telejornais...

happiness...moreorless disse...

totalmente de acordo!

Caramela disse...

realmente é de uma falta de carácter e de tudo o mais fazer um prenúncio desses sobre alguém ...

Rubi disse...

E' de uma insensibilidade atroz, lembro-me que fizeram o mesmo com o Antonio Feio quando morreu o Patrick Swayze. Que tristeza de atitude, que gentinha nojenta! Espero que estejas bem de saude Kitty!

Moleskine disse...

Olá Kitty,

Antes de mais, parabéns (e desculpa pelo atraso)... : ))
Desde cedo aprendi que não se fala em público da nossa infelicidade.
Mas também não falo em público da minha felicidade.
Nem todos nos querem bem.
Há quem diga que a felicidade é maior quando a partilhamos. Sim, mas quando partilhamos com quem nos quer bem. Com quem nos ama (seja família, amigos, cara-metade).
*

Helena Barreta disse...

É, é de arrepiar. É tal e qual quando abordam familiares e amigos de pessoas acidentadas ou vítimas de alguma desgraça e lhes perguntam como é que se sentem ou se estavam à espera de uma coisa daquelas. De facto, há certos jornalistas que deixam muito a desejar, muito mesmo.

Tudo de bom para si.

Um beijinho

Clau disse...

? OK... compreendo a tua indignação, mas o facto é que eu nem li essa notícia, nem a vi na televisão, ou seja, acabaste de me a "dar". Isso é verdade? Estou em choque.. =(

Belicious disse...

E eu que nem sabia disto... Abutres é um elogio para chamar a gente dessa. Quanto à essência da notícia, nem acredito :(

Paty Michele disse...

Apoiado!

Jane disse...

Aconteceu o mesmo à Inês Catel-Branco recentemente. Sigo-a no twitter, ela fez um twitte sobre como lhe assaltaram o carro, e pôs uma foto do carro. Passados uns dias, já era notícia dos tablóides.
Que perseguição! As pessoas, famosas ou não, são seres humanos, porquê dar tanta importância ao que acontece e deixa de acontecer na sua vida?

Rita disse...

Fiquei estupefacta.. =O *

Tixa disse...

Não fazia ideia desta noticia, aliás tinha lido que ele tinha terminado os tratamentos e que so estava a espera de saborear um bom vinho tinto e de voltar a trabalhar....