quinta-feira, 4 de novembro de 2010

The best is yet to come

Leighton Meester e Ed Westwick em "Gossip Girl"

Várias pessoas me têm perguntado como é que eu posso ter tantas certezas acerca de um amor que ainda é mais ou menos recente (já lá vão alguns largos meses, mas, para todos os efeitos, ainda não tem um ano). Eu, que já bati tantas vezes com a cabeça nas paredes. Eu, que andava tão céptica e tão descrente no amor. E eu respondo sempre da mesma forma. Eu tive a certeza deste amor desde o início. Ainda trocávamos as primeiras palavras e eu já tinha a certeza de que dali iria sair algo muito muito especial. Porque aquele era o tal. Não era apenas mais um igual a tantos outros. Não me perguntem porquê, mas isso sente-se. É como se o tempo parasse no preciso momento em que sabemos da sua existência, e, a partir daí, deixem de existir outros homens no mundo. Apenas aquele - tão lindo e tão perfeito.

Se pode chegar ao fim? Obviamente que pode. Como tudo nesta vida. Mas, neste momento, eu acredito que será para sempre. E tudo vou fazer para que seja um amor daqueles eternos. Porque eu quero muito que assim seja. E só assim -  acreditando que será para sempre -  me faz sentido viver este amor. Este amor que ainda agora começou e que me faz lembrar aqueles versos daquela música do Sinatra  - the best is yet to come, and babe, won't it be fine?

25 comentários:

Mie disse...

Compreendo perfeitamente o que escreves porque sinto o mesmo em relacao ao amor que sinto pelo P. , e que e certamente muito mais recente que o teu.
Ha coisas que nao se explicam, sentem-se :))
Desejo-vos muitas felicidades do fundo do coracao, da mesma forma que desejo para mim.

Serena disse...

Kitty leia esta crónica do MEC:

http://www.publico.pt/Sociedade/cronica-um-segredo-de-um-casamento-feliz_1462647?all=1

Be happy :)
S

a. disse...

adoro esta música! taaaanto.

menina lamparina disse...

Olá Kitty...

Apesar de passar por cá diariamente, não tenho o hábito de comentar. No entanto, depois de saber que tanta gente aqui deposita o seu fel, acho que me compete dizer que não só compreendo, mas também vivo isso e sinto isso em relação ao meu amor.

E fico muito, muito feliz por saber que não sou a única, pelos vistos!

Crescer também é isso: aprender a dar o braço a torcer, assumir posturas diferentes, adquirir capacidade de encaixe e de adaptação a novos sentimentos, novas experiências.

Aproveita a tua felicidade, cada gotinha dela*

xoxo*

MissBlueEyes disse...

E Eu senti exactamente o mesmo à 3 anos, e hoje, tenho um bebé com 15 dias em casa. Se é fácil, não não é! MAs regamos o nosso amor para que a chama esteja sempre acesa! Eu acredito no Amor eterno, mesmo que não seja possivel ser lado a lado!

Beijos Kitty e muitas mas mesmo muitas felicidades :)

Fiona disse...

Compreendo o que sentes. Porque existem certas pessoas com quem se faz um clique e tudo faz muito mais sentido. Embora não se consiga explicar muito bem como isso é possível. E a atitude que tens também que deve ser aquela que todos deviamos adoptar perante uma nova relação. Porque quando o amor acontece, nunca se deve entrar numa relação já de pé atrás... É que é meio caminho andado para as coisas não resultarem.

Felicidades!

Sabor Adocicado* disse...

o amor não faz sentido doutra maneira (:

Helena Barreta disse...

O Amor é isso mesmo, não se explica, não se encontram palavras para o descrever, simplesmente sente-se.

Fico feliz por si. Desejo-lhe as maiores felicidades.

Beijinhos

Rita & os Tachos disse...

Só tenho a dizer: "O amor é um lugar estranho". Que corra tudo bem...para sempre! =)

CS disse...

Conheci o meu namorado numa feira gastronómica. O nosso local de residência ficava a mais de 2000km de distância. Em 3 dias com ele percebi que era diferente, que faríamos tudo para termos um futuro juntos. Foram 3 anos à distância, vendo-nos 1 semana por mês. Actualmente estamos no mesmo código postal há quase 2 anos. Vale a pena, vale sempre a pena quando o nosso amor é sincero...

António Prates disse...

E até ficamos a suspirar de amor quando as palavras transmitem paixão e maturidade na intuição das suas entre-linhas. O amor é um monumento transparente e sem limite de prazo.

Por razões da experiência e dos muitos dias de amor, mais uma vez, cito as palavras sábias do casal Jack e Carole Mayhall, que nos disseram, com razão: "A diferença entre um velejar tranquilo e um naufrágio, num casamento, está na maneira como o casal se comporta numa tempestade."

margarida disse...

:')

(emoção de felicidade)
"the best is yet to come, and babe, won't it be fine?" :)

E. disse...

Olá Kitty,

Passo por aqui frequentemente mas não costumo comentar. Desta vez foi diferente. Não que o post seja melhor que qualquer outro mas porque revejo-me bastante nele. Há cerca de um ano conheci o H. e tal como tu, logo à primeira troca de palavras, percebi que havia algo mais. Nunca avancei para a relação de pé atrás, entreguei-me sem qualquer reserva e posso dizer-te que é a maior certeza que tenho hoje na minha vida. Felizmente que existem pessoas assim, que nos fazem sentir algo que nunca sentimos antes. Que nos fazem sentir a mulher mais bonita, mais desejada, aquela com querem ficar para sempre. E que nos fazem sentir o mesmo. Sempre.

Tudo de bom para ti.
Um beijinho.

Kahkba disse...

Senti o mesmo quando conheci o meu namorado: vi-o, conversámos um bocadinho e fiquei logo com vontade de saber mais dele, de descobrir tudo sobre ele. E sabia que íamos ter um futuro cheios de tempo para responder e fazer perguntas. Foi há 2 anos e meio.
A ti desejo imensas felicidades (:

Quando e como eu quiser disse...

Só tenho uma questão a assombrar-me as ideias: porque é que há pessoas tão descrentes e com uma atitude de deitar abaixo tão afinada?

Prezado disse...

Porque são realistas, essas pessoas.
O amor é eterno enquanto dura.

Rubi disse...

E' preciso ter lata para perguntar como e' que sabes que este e' o certo etc e tal. E se se metessem na sua vida carago?! Credo...

Sofia disse...

E não há melhor sensação neste mundo :-)
Felicidades, Sofia

★★ GIZA ★★ disse...

ola
adorei seu blog e estou te seguindo
me faças uma visita:
www.flordelotus29.blogspot.com
me sigas. vou adorar que sejamos amigas
beijos

Miss Sweetness disse...

sempre com a imagem certa para o momento :)

Esfinge disse...

Há mesmo coisas que não se explicam, apenas se sentem :)
Gostei do blog ;)
vou seguir*

Rita disse...

De que vale amar se não acreditamos que vai durar? *

Seek Happiness (I give up) ♥ disse...

Sigo-te

XaVier disse...

Há gente que não merece um amor desses! e não adianta tentar-lhes explicar :)
Be HappY!

Sentimento disse...

The best is always yet to come...