domingo, 31 de outubro de 2010

Da felicidade dos outros

Naomi Watts fotografada por Simon Upton (2002)

Eu costumo dizer que consigo avaliar o quanto gosto de determinada pessoa pela maneira como reajo à sua felicidade. Há aquelas pessoas cuja felicidade me é completamente indiferente. Há aquelas pessoas cuja felicidade me deixa confortável. Há aquelas pessoas cuja felicidade me deixa feliz.  E há aquelas pessoas... Bom, quando fico louca, delirante de felicidade, por algum acontecimento da vida de alguém que em nada vai influenciar a minha vida, posso dizer que adoro essa pessoa. E hoje estou assim. Quase a rebentar de felicidade (como ela diz), por saber que uma das minhas pessoas favoritas está muito muito feliz.

8 comentários:

Marta disse...

o amor e a amizade são magicos e a prova disso é a felicidade com que ficamos por essas pessoas estares tão felizes! :)

M* disse...

é por querermos para essas pessoas que adoramos o melhor da vida, como desejamos para nós, que ficamos tão felizes por elas como se fosse connosco.
e é por isso que é bom gostar.

xocoatl disse...

http://cafedesartistes.wordpress.com/2010/03/18/laughter/

=)

Daniela Gaspar disse...

existem sorrisos que são tão sublimes e tão verdadeiros que é impossível não sentir uma vibração boa vinda dalí...

rosaamarela disse...

E aquelas cuja felicidades te faz inveja? Não entram aqui?

"como la vida mismo"!

Sofia disse...

:-) É bom ter amigas assim, com as quais partilhamos a nossa vida e vice-versa!
Parabéns por este blog fabuloso.
Beijinhos,Sofia

' Claudjinha disse...

És imune à inveja? Mesmo aquela boa? Aquela em que ficas um pouco triste por alguém estar super feliz? Não vejo mal nenhum nisso. É apenas uma 3ª opção. Prefiro dizer-to aqui em comentário, devidamente identificada e sem ofender-te (para que nao me leves a mal), do que ler a mesma opinião noutros sitios sobre ti. ;) espero que nao leves a mal.

I want candy! disse...

isto foi exactamente o que concluí no outro dia sozinha, mas juntei a categoria "cuja felicidade me faz ter inveja" e mal pensei nisso achei que ainda bem que esta categoria também existe. se não sentisse inveja de certas pessoas nunca aspiraria a alcançar o mesmo que elas. :)