quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Pergunta da Semana # 32 - E vocês, porque criaram o vosso blogue?


Chloe Sevigny fotografada por Collier Schorr (2006)

78 comentários:

Rubi disse...

Boa pergunta. Acho que a vontade de partilhar ideias, de comunicar com os outros, de libertar pensamentos. Mas'as vezes nao gosto do blogue, perco a pachorra. Mas volto, volto sempre. No fundo, e' um bom hobby. Beijinhos

Starfish disse...

No meu caso para fazer um diário da gravidez e dos primeiros anos de vida do meu filho! ;)
*

Ana disse...

Para ficar registado as aventuras dos meus piolhos e para desabafar coisas minhas que talvez nunca diga a ninguém.

M. disse...

Sou uma pessoa organizada: tanta coisa sem nexo, deveria ficar concentrada no mesmo sítio.
E porque falar sozinha hoje em dia dá direito a chemises brancas apertadinhas.

PomPix disse...

"Escrever textos sobre as minhas opiniões, interesses e divagações. Escrever sobre o que me apetece. Escrever e saber que há quem leia o que escrevo. Penso que seja este o motivo para querer manter um espaço meu na blogosfera. O prazer de publicar algo e receber os comentários de outras pessoas. Ler os outros blogs e também comentá-los. Sentir a dinâmica da rede que se cria no universo da blogosfera."

Este é um execerto de um post meu que se refere à criação do meu blog.

C disse...

Criei o meu por mera curiosidade. Descobri alguns blogs que me começaram a interessar e comecei e visitá-los e acabei por ficar vontade de ter um, para dasabar assuntos meus e falar de outros assuntos.

MissBlueEyes disse...

Porque lia a teu!!! :)

Ostensivo disse...

Para extravazar o monstro que habita em mim.

Era isso ou ser do Benfica.

Dulce disse...

o agre&doce nasceu em 2006, por sugestão de uma das minhas irmãs, quando fui de Erasmus.

no fundo, apesar da aventura fora de portas, queria fazer a ponte para o meu país e para os «meus», partilhar a experiência com os que deixei por cá. depois tornou-se um vício saudável que ainda hoje mantenho.

curiosamente, vou viver fora do país nos próximos dois anos e tenciono usá-lo, uma vez mais, para os mesmos efeitos :))

Mary disse...

Criei o blogue "A Minha Vida Dava uma Série" há 3 anos, quando estava de baixa de parto da minha filha - altura em que recebia inúmeros e-mails de amigos que, não querendo incomodar, escreviam a perguntar como é que estava tudo lá por casa.

Como foi uma gravidez óptima, um parto rapidíssimo, um pós-parto ainda melhor e tinha em casa uma bebé que era um verdadeiro anjo, tinha tempo para escrever longos e-mails em que descrevia, com a boa disposição que toda aquela prosperidade permitia, alguns dos detalhes mais risíveis da minha (nossa) vida. O peso que ainda tinha a mais, a roupa suja um pouco por todo o lado, as bolsadelas que assinavam diariamente as minhas camisolas... enfim, falava de um pouco de tudo, incluive das séries de televisão que devorada de forma cada vez mais compulsiva.

Acontece que esses e-mails eram lidos e relidos pelos meus amigos (amigas, sobretudo), que por sua vez os reenviavam a outras amigas por - sabe-se lá porquê - acharem graça ao que lá estava escrito.

E foi por isso que, um dia (influenciada por algumas amigas bloggers) decidi criar o blogue. Para que todos pudessem partilhar um pouco do meu mundo sem que, para tal, tivesse de fazer copy-paste de e-mails de cinco em cinco minutos.

E é também por isso que os primeiros posts de todos têm muito mais graça que os recentes, mas enfim... agora tenho de trabalhar e faz-se o que se pode!

Vanita disse...

Por razões muito semelhantes às tuas ;)

Miss Piglet disse...

Como eu digo lá no meu blogue, porque fica mais barato do que ir ao psicologo:) Se os trabalhos para casa consistem em escrever, então eu escrevo e ao mesmo tempo desabafo. Sim, acho que foi isso, desabafo de tudo de mal que me aconteceu nos últimos 3 anos. E parece que não pára!

Madame Noir disse...

Quando se tem muito para dizer e nem sempre alguém para ouvir, a ideia de criar um blog parece ser bastante tentadora. E o facto de se ter feedback por parte de outros bloguistas torna tudo ainda melhor!

Juci Barros disse...

Para compartilhar conhecimento, opiniões, pontos de vista. Escrever é pra mim certa terapia que é muito mais eficaz quando as pessoas se identificam com o que estão lendo.
Beijos.

ANA disse...

No meu caso prendeu-se com a facilidade de partilhar fotos das minha criações. Da mesma maneira que aprecio o trabalho dos outros, tiro aqui ou ali uma ideia... acho que também devo contribuir.

MagicBfly disse...

Para me libertar, desabafar, divertir, brincar, sonhar :)

nina disse...

acho que as doenças, são os grandes motivadores, no meu caso foi..tentar dar informação sobre essa doença de nome raro que ninguem conhecia, e n ter que andar sempre a explicar o mesmo, embora acho q n tenha adiantado muito enfim..

Segredo Cor de Rosa disse...

Sempre escrevi muito. Desde miuda que enchia cadernos com pensamentos, diários eram os meus melhores amigos. Inclusive até histórias escrevia. A escrita sempre foi o meu grande refugio, tal como hoje.
Como costumo dizer o blog é o meu muro. Onde me encontro, me desarmo, desabafo, rio e choro.

Desejo que tudo corra pelo melhor na tua vida. um beijinho muito grande

tata disse...

Para ver se alguém influente me lê, efectivamente acha piada, e eu deixo de trabalhar e passo só a escrever baboseiras! :)

Ana disse...

OLa
Pois eu crei o meu blog pois venho a sentir que cada vez mais preciso de falar com alguem, criar amizades nem que sejam virtuais. Tenho um emprego onde estou muito sósinha e quase não falo com ninguem. Não tenho amigas pois ainda não encontrei aquela pessoa com quem possa contar para tudo...
Assim, posso falar o que me incomoda e ler concelhos de pessoas que me dão alguma atenção.
Beijocas

Miss Worm disse...

Criei o meu blog há 3 anos mas só agora criei um publico. Sempre gostei de mostrar ao mundo o que penso e o que sinto. Gosto sobretudo de fazer questões e pedir opiniões. Infelizmente, não tenho tido muito sucesso com as visitas ( ninguém me liga nem comenta, eheheh).
Adoro o teu blog !

Paty Michele disse...

Porque sempre escrevi. Desde menina tinha meus diários.
Descobri os blogs tardiamente, e só criei o meu no ano passado.
Tornou-se um vício, um companheiro.

ex ana disse...

Razão do meu blogue? há quem morra tentando dizer com o corpo coisas que ninguém foi capaz de ESCUTAR.

Capitão Microondas disse...

Mantinha conversas com o Groucho, via chat, que invariavelmente acabavam em diálogos seinfeld. Muitas vezes com relatos cómicos e teorias estapafúrdias. Ele insistia que devia(mos) fazer um blogue, que alguém acharia piada às nossas tretas, nem que fosse para apenas as guardar para mais tare nos rirmos.

Ao mesmo tempo uma amiga que se cruzou com o blogue do arrumadinho veio chatear-me, não acreditava que não era meu. Fui ver e percebi que havia um ou outro ponto de vista comum, mas não igual. Comecei a ler e a comentar, esse e mais dois ou três. Algumas pessoas começaram a dizer que eu deveria escrever um blogue, com base nos comentários que fazia.

Tudo isto somado, e reflectindo que possivelmente escrever me faria bem à pinha, avancei. Inicialmente pensava(mos) que ia ser lido sobretudo por homens e por meia dúzia. Saiu tudo ao contrário. Somos lidos por mulheres e centenas. É giro.

Teclas cor de Menta disse...

Hhuummm...

Nika_liu disse...

Sempre tive cadernos com letras de musicas que gostava, bilhetes de cinema, até mesmo o primeiro bilhete de comboio ou metro(não sou de Lisboa)e onde escrevia, principalmente quando estava chateada com as injustiças sentidas por uma adolescente...:P. Com a ida para a faculdade comecei a escrever ainda mais e mais, principalmente porque tinha encontrado um grande amor, e eram os encontros e desencontros. Mais uma mudança de vida em Abril de 2005 passei a escrever online as intempéries de uma vida como tantas outras, precisava de tirar de dentro de mim o que me magoava e partilhar aquilo de que gostava. Entre textos, poemas, imagens e música...i kept on dreaming...

Joana disse...

Para poder partilhar o que sinto, gosto e porque adoro escrever :)

Luisa disse...

No regresso ao trabalho, após uma licença de maternidade de 5 meses, lembrei-me que detestava o que fazia...Não me queria denunciar, não queria escrever nada que me revelasse, mas nas horas mortas escapavam os disparates que me passavam pela cabeça e sentia-me bem. Nunca soube porque criei o meu blogue. Existe desde 11 de Novembro de 2008, S. Martinho.

camaleoa disse...

Para manter o contacto com a malta, quando fui trabalhar para fora.
Como adoro escrever... juntei o útil ao agradável... e até hoje... lá se vai escrevendo qq coisinha..

:o))

Kikas disse...

eu participei no primeiro blogue, por iniciativa de uma amiga (a bea), com quem ainda partilho um blogue. ela teve a ideia e convidou-me a mim e a outra amiga nossa.. é "secreto" :p
depois, o meu primeiro blogue só meu, surgiu numa fase complicada. não pretendia escrever lá sobre isso, era apenas um escape. e acho que resultou :)

crise disse...

Crei o meu blogue para desabafar , coisas boas , más , para falar de amor, de sentimentos , da minha filha , da minha vida , do meu amor, do meu emprego , da minha falta de sorte e de tantas outras coisas .
Sempre gostei muito de escrever , porque não escrever sobre o meu dia a dia ?!

Menina do Vestido Verde disse...

Às vezes pensava em coisas que pensava para mim e não as partilhava, o blog é um modo de descarregar a informação que se acumula no meu cérebro, seja qual for o género de informação. E o melhor é que resulta mesmo.

Sandra disse...

Primeiro estranha-se. Damos muitas voltas a tentar perceber como mudar o aspecto da página, o formato da letra, a apresentação dos textos, das fotografias. Depois entranha-se. Queremos escrever todos os pensamentos, ideias, projectos, experiências. Queremos partilhar nas palavras as realidades e a ficção. Torna-se um vício. No meu caso, um vício saudável, revigorante para a alma.
Parabéns pelo 4º aniversário!!

Silvia disse...

Tenho que usar o argumento da terapia. Algumas más experiências que precisavam ver a luz do dia para que eu própria começasse a ver a dita. Um amigo sugeriu que o fizesse e assim foi. Mas não me sentia muito à vontade no Português e então decidi escrever em Inglês, língua que falo no meu dia-a-dia e que por isso sinto nela mais a minha 'voz', por assim dizer.

*S* disse...

Eu já seguia alguns blogs diariamente (como o teu) e comecei a sentir o bichinho dentro de mim. Pelas amizades que se fazem, apesar de não se conhecer pessoalmente e pelo bom ambiente entre os blogs. Foi por essa razão que decidi criar o meu e escrever sobre o que me apetece, desabafos da minha vida, experiências de vida, etc...
Beijinho

Elsa disse...

Porque me apeteceu. Essa é a razão de quase tudo o que eu faço na vida.

laetitiasweeneyrose disse...

Comecei com o blogue mais como uma forma de terapia. De partilhar ideias, ponto de vistas, expandir a criatividade criando os meus próprios headers, e descobrir que há pessoas parecidas comigo nisto e naquilo. Era Inverno, andava desesperada com os exames e pufff decidi escrever o primeiro post ( embora tenha criado o blogue no Agosto passado a esse Janeiro). Na altura era "viciada" no blogue da Elizabeth Butterfly (Sgt Peppers), que entretanto chegou ao fim. Ela foi, sem dúvida, a minha inspiração para começar nisto. :)

Eu disse...

Tive inumeros diários, mas com o tempo a vontade de escrever em papel foi-me passando pois a preguiça era muita ;D
E visto que passo a maior parte do tempo no pc entao decidi fazer um blog e escrever o que me vai na telha ;D
***

iNêS SiLvA disse...

Porque sinto necessidade de partilhar certas coisas e a escrita é sem dúvida a forma mais simples de o fazer xD

melisand disse...

Criei o meu porque mudei de país e ao inicio acontecia-me coisas muito estranhas. Contava isto a uma amiga e esta de imediato me sugeriu criar um blog para contar as minhas aventuras. :)

Jo disse...

Já há algum tempo que acompanhava uns quantos blogs, e senti uma vontade de partilhar também as minhas coisas. Além de que é uma espécie de diário, em que algumas coisas importantes ficam registadas.

Bel disse...

Porque estava tão farta de estar fechada em casa a estudar sem quase poder respirar. Então fui-me distraindo a ler um e outro blog na internet, até que decidi ter o meu próprio. Inicialmente para desabafar, mas actualmente já falo de imensa coisa, basicamente o que me vai ocorrendo. Não é um vicio, mas já esteve mais longe de se tornar. No entanto acho que com o regresso à universidade me vou voltar a dedicar aos posts depressivos ou ridiculos para me poder distrair xD

Inspiração Inesperada disse...

Gosto da ideia de proporcionar um pouco de inspiração inesperada para alegrar o meu dia... e o dos outros :)

j.seabra disse...

"Animado, talvez, pela frescura e vivacidade de uma viagem recente. Daquelas que reanimam o espírito. Daquelas que ressuscitam mesmo a alma mais entorpecida pelo contrato social que nos força à monotonia da repetição de dias ocos."

foi por isto.
uma road trip para registar.
umas belas férias para contar.

era 2005-08-04

e foi assim:

"Bom dia!
exteriorizar introversões.
gostei do mote.
o bichinho já cá andava, prontinho para sair.
sai hoje à rua pela primeira vez.
virgem. imberbe. puro."

episodiosderadio disse...

Tal como a Nina, no meu caso também foi a doença. Decidi escrever sobre episódios de radioterapia, como forma de terapia (sem a radio). Aos poucos o blog extravasou de sessões de radioterapia para falar do cancro em geral, sem grandes eufemismos...
Parabéns pelos 4 anos!

Clementine Tangerina disse...

Na altura andava num curso de escrita criativa, e o blog obrigava-me a escrever todos os dias :D

teardrop disse...

Criei o blog na altura em que ia começar o meu estágio e senti que ia ter muito que partilhar, por ser o início de uma vida nova :)

stiletto disse...

O "É possível ser feliz..." foi criado alguns meses depois do meu divórcio. Uma amiga já tinha também criado um blogue e eu criei a conta do gmail para a comentar mas não fiquei por aí e resolvi começar um blogue para desabafar as mágoas, os maus momentos. O blogue foi servindo para exorcizar os meus fantamas, ajudou-me a crescer e a descobrir que é possível ser feliz em qualquer circunstância da vida...

Single_Lady disse...

Olá!
Criei o blog porque achei que me ia fazer bem, criei o blog para fugir de uma depressão foi como um escape. Posso dizer que esta a dar resultado.
Bjx

FAQ(er) disse...

E há melhor motivo do que as perguntas em si?

Crises da Idade disse...

Boa pergunta. Deu-me na cabeça para isto :)

cabra-nazi disse...

Iniciei o meu blogue para fazer crítica social sobretudo, fazer veicular ideias sobre coisas que me parecem erradas socialmente. Modéstia à parte acho que poucos blogers femininos ou masculinos o fazem. Às tantas fartei-me porque no fundo os temas eram sempre iguais, mas também porque infelizmente neste país os problemas são sempre os mesmos! loll Em relação ao teu blogue devo ser das poucas pessoas aqui que o leu às primeiras e não gostou, acho que te queixavas demais loll (podes censurar isto mas é a minha opinião), acho que tinhas e tens uma visão das relações um pouco desvirtuada, onde os homens têm de ser perfeitos e nós donzelas temos de saber esperar lol nunca concordei com esta visão e muitas vezes esbugalhei os olhos quando te lia ;) No mais acho que tens uma escrita interessante, excelente fotografia, podias dar mais à blogosfera pois és uma lider de opinião e não desgosto de ler-te ou não me daria ao trabalho de te comentar. O meu blogue já acabou pois descobri que através do facebook posso transmitir a minha crítica social também a muitas pessoas, quem gosta gosta quem não gosta paciência :) Bjinhos cabris!

CurlyGirl disse...

Porque preciso de escrever. É um vício. Um blog pareceu-me uma boa ideia porque podia expor o que queria e esconder o que só a mim me diz respeito. A escrita liberta-me.

' Claudjinha disse...

Já nem me lembro....

Lívia disse...

Para pensar em mim própria.

Lívia disse...

Para pensar em mim própria.

Belicious disse...

hoje escrevi mais ou menos sobre isto, q engraçado.

eu criei o meu pq gostei mt do mundo dos blogs ainda antes de ter um, dps pensei q teria de ter também o meu próprio sítio para colocar o q me viesse à cabeça ;)

Nii disse...

Vou começar agora uma nova etapa na minha vida e decidi criar um blog para me acompanhar =P

Afrik_Ana disse...

Comecei para divulgar as peças artesanais que faço... mas acabei tambem por desabafar. Quando não temos alguem a olhar para nós é mais fácil fazê-lo.
Mas é essencialmente para dar a conhecer os meus trabalhos.

Mrs. Dalloway disse...

Por mim: Para soltar o que me vai na mente.
Para os outros: para todos os que me quiserem ler.

António Prates disse...

Criei o meu blogue para expor o animal virtual que em mim, e para partilhar aqui na internet uma parte muito importante da minha personalidade. Não sei se consigo, mas vou tentando!

Giuseppe Pietrini disse...

Excelente mote para comentários! Estou a começar a responder a isso neste meu post: http://ideiasperegrinasoutalveznao.blogspot.com/2010/08/um-ano.html

flor de lótus disse...

Coincidiu com o final da faculdade e com uma fase de desgosto amoroso, a ida em trabalho para longe e claro devaneios que nem eu consigo explicar. Hoje continuo agarrada ao meu blog afectivamente e sempre que o tempo me permite lá vou eu "postar"**

Vera disse...

Na altura fazia sentido. Serve de Moleskine virtual.

Cristiana disse...

Não sei ao certo o que me levou a fazê-lo, mas penso que foi por mera diversão. Um blog é acima de tudo o teu mundo, como o meu quarto, onde podes expôr as emoções que te vêm no momento, é onde podes desabafar da maneira mais rápida possível, basta ligar o pc e pronto!
E estou a gostar da experiência. Em breve faz um ano!ehehe
Visitem-no: www.restodetudo-cf.blogspot.com

Marlucinha disse...

terapia para a minha loucura crónica! That's it!

CalmaMuitaCalma disse...

Porque a minha mente é gémea de um queijo suíço!!! E como nunca fui de diários nem coisa que o valha e há coisas que não devem ser esquecidas, criei o bloguito. Porque a vida é só uma e depressa acaba!!!

Ritinha disse...

No meu caso, foi mesmo como um "depósito de pensamentos desligados, sem nexo, sem sentido"...um tipo de diário "light", onde divago...muuuuito!

Sílvia disse...

Porque me expresso melhor a escrever do que a falar e o blog foi uma maneira de por a cabeça em ordem, e parece que me começaram a ler. O bichinho continuou até hoje.De vez em quando farto-me dele e não consigo escrever nada mas depois acabo sempre por lá voltar :)

Turtle disse...

É terapêutico. Enquanto escrevo, apercebo-me de coisas que nem sabia que pensava ou que existiam dentro de mim. Não consigo achar melhor definição do que esta...

menina lamparina disse...

Nem tudo na vida tem uma razão simples.

Um comentário não chegaria para explicar o que me leva a fazer o que mais gosto - escrever - num blog.

Fico-me pelo "porque sim". Beiju

Lux disse...

Por várias razões que se interligam entre si... Na verdade, os útimos 4 anos da minha vida, têm sido extremamente complicados, a nível emocional, níveis de stress a bater no tecto, ansiedades e depressões... No último ano e meio, se férias, cm excesso de trabalho, fiquei psiclogicamente muito degastada... enfim... até que comecei a ver alguns blogs, como este, e em Agosto, criei o meu, como uma forma de desabafo, uma forma de me abstrair de muitas coisas... e acima de tud divertir-me... para já está a resultar... e a tornar-se um vício mesmo!!!

Ana 100 Sentidos disse...

The usual...
Porque gosto de escrever e para desbafar de um desgosto de amor.
Agora se perguntas porque mantêm o vosso blogue, isso já é outra história...

Joana disse...

Há muito tempo que andava a pensar em criar o meu blog, e faz hoje 8 dias que o comecei!! :)
O empurrão final deu-se quando estava tive uma situação desagradável no trabalho e tive uma necessidade incrível de desabar...Como não ia falar com ninguem do trabalho sobre o assunto (detesto intrigas), pensei...vou já começar o blog!! Aí vou poder distrair-me um bocado, desabafar, ter um motivo para procurar mais informação sobre temas que gosto com o 'pretexto' de fazer publicações 'em condições'.. e foi isso!
Já agora, muitos parabéns pelo teu blog. Gosto MUITOOOOOO :=
Beijinhos

Uma rapariga disse...

Criei o meu há meia dúzia de dias! Era uma coisa que andava a cozinhar cá dentro há já algum tempo. Digamos que um blogue é uma versão mais actual funcional e divertida de um diário (coisa de que tive o vício em tempos) daí que resolvi modernizar-me, e retomar essa vontade de escrever que vem de dentro e não me deixa em paz :)

Miss Impertinente disse...

O meu anterior blog (através do qual te "conheci") foi por pura influência duma amiga que criou um babyblog...na altura criei o meu pelos mesmos motivos, era uma espécie de diário da minha vida e consequentemente das minhas peripécias...
Como a vida dá muita volta e as coisas mudam, mudam também os pretextos! Encerrei o blog e essa fase da minha vida e há muito pouco tempo nasceu assim a minha "impertinência pura", onde extravazo as minhas parvoíces e mais qualquer coisa...
Já é um vício saudável :)
Beijinhos

Pacica ♔ disse...

Estava sozinha e precisava de desabafar com alguém... que só ouvisse. Naquele dia não queria resposta de volta, nem juízos de valor. Desde aí, tem sido o meu cantinho do peito.

AFVP disse...

Porque em cada imagem sai uma "expressão" qualquer!

www.laranjaverderosa.blogspot.com