quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Isto é amor


Abigail Breslin e Catherine Zeta-Jones em "No Reservations"
E, como não podia deixar de ser, mal pousei a malinha de viagem - nem a abri sequer - lá fui eu a correr ter com  a minha bebé. As saudades que eu tinha dela eram mais do que muitas. Muitas foram as horas que ela passou a chamar por mim, de lágrimas nos olhos, nos braços do meu amor. Por isso, acabámos por passar o resto do dia juntas. Abraçámo-nos com muita força. Rimos muito. Estivemos à beira-mar a ver o pôr-do-sol. Ficámos presas no trânsito uma eternidade. Jantámos. No final do dia, perguntou-me se aquele dia tinha mesmo acontecido ou se não tinha passado de um sonho. Porque tinha sido o dia mais feliz da vida dela. Eu acredito. Afinal de contas, quase todos os seus dias são cinzentos. Muito cinzentos.

8 comentários:

Gelatina de morango disse...

Deve fazer um bem à alma ouvir essas palavras da boca de alguém que precisa de nós dessa forma. Que bonito!

Margherita disse...

Teardrop... =')

R. disse...

Isso é tão bonito e tão fantástico :) Palavras tão sinceras e puras como essas valem tudo!

Beijoca,
R.

Mili disse...

Dentro do caos existe o amor!

sophie disse...

É bomdeixar um pouco de cor em vidas a preto e branco...

:)

Continua a fazer a tua maa e o teu amor felizes e vais ser muito feliz também...

Beijinhos

Glamour disse...

ohhhhhhhhhhhhhh... :)

Clementine Tangerina disse...

Que delicia de relação! Aproveitem a vossa uniao!

Marta disse...

que ternura de relaçao... de atitudes, de coisas ditas! isso vale tudo e mais alguma coisa :)