segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Christina Hendricks e as suas duas amigas


Christina Hendricks by Zac Posen

Se eu tivesse este exagero de mamas, tapava-as mais um bocadinho ao invés de as evidenciar como ela costuma fazer. Mas isso sou eu. Se bem que, reconheço, não deva ser fácil tapar duas coisas desta dimensão.

23 comentários:

Capitão Microondas disse...

ahahahah. Comentário tipicamente feminino. Apesar de não ser um fã devoto de maminhas agigantadas não me parece que a Hendricks costume surgir com mau gosto em público. tem-nas grandes, bonitas, ela é bonita e veste-se bem. Escondê-las? Só se for por causa das outras mulheres, por ela própria, primeiro e por nós, não há necessidade disso, não é um bom exemplo de falta de classe na matéria, bem pelo contrário.

http://thebiglead.com/wp-content/uploads/2009/08/christina_hendricks_esquire_2.jpg

I. disse...

Se ela se sente bem com o seu corpo, não sei porque as deveria esconder ou tapar...

S* disse...

Kitty, não percebo a tua aversão à senhora. Só porque uma mulher tem bastante peito, não tem DE TODO, de o tapar. Se ela se sente bem, se gosta de se ver, qual o problema?

Também tenho peito grande. Devo fazer o quê? Enfiar-me dentro de golas altas? Porquê? Não tenho o direito de gostar de as exibir, como qualquer mulher?

Janaína disse...

Por mim, está optima. Tem decote, mas nada exagerado.

Rita Maria disse...

Para além disso, um decote que as corte a meio, desde que nao exagerado, é a melhor forma de as reduzir visualmente (o pior sendo a gola alta). Anos de experiência.

PS: Para além disso, também ainda nao acho que tenha de se esconder como se fosse uma cicatriz ou um qualquer outro defeito inequívoco.

Marabunta & Framboesa disse...

medo!!!

Silvia disse...

Eu cá até acho que 'if you got it, flaunt it' mas aqui tenho que concordar com a Kitty. Sometimes, a little less, does a lot more. And by 'less' I don't mean less fabric. :|

Silvia disse...

Só para acrescentar mais isto: Todas nós temos os nossos 'assets' e não há mal nenhum em mostrar os mesmos, com conta peso e medida, o que para mim é o mesmo que dizer com classe. O que na minha opinião está mal é quando dispomos esses assets de tal forma a ficarmos conhecidas por eles aos invés de por aquilo que realmente somos. Se é isso que pretendemos então muito bem. Felizes da vida. Mas se não é então este não é certamente o caminho. A menina até tem uma cara muito gira, ainda para mais é ruiva e eu acho muita piada às ruivas, mas isso não é a primeira coisa que se vê, nem mesmo a segunda e diria que nem mesmo a terceira.

Ana disse...

Ola amiga
È certo que não são de um tamanho normal, embora seja coisa que nunca me aliciou ter umas amigas grandes, confesso que as dela são um poukito exageradas, mas como gostos não se discutem que ela seja muito feliz com as suas amiguinhas!
Beijocas
Ana

anaferro disse...

Eu concordo com alguns dos comentários. Um decote cheio torna-se bonito quando é inteligente.

Também sofre deste "mal" e sempre foi um dos meus desgostos. Porque torna mais limitado o guarda-roupa, há coisas que não ficam bem, por mais bonitas que sejam. Mas aprende-se a usar isso a nosso favor. E não tapando. O decote tem é que ser elegante. Penso eu.

verniz escarlate disse...

Ela daqui a uns anos tem mas é um problema sério na coluna! Credo tanto material para transportar toos os dias!

Prezado disse...

fazendo a vez de trolha, diria que ela pode usar uma saca de batatas com 3 buracos e mesmo assim terá alguma aceitação por parte dos homens.

Muita aceitação.

Pedro Almeida disse...

Meu Deus, que leitaria!
Maravilhoso...

Beatriz Fernandes disse...

O que eu faria era uma operação de redução mamária! Tenho uma amiga que tem umas mamas grandes menores que essas e odeia-as uma vez que nunca encontra nada para vestir que lhe fique bem. Mais, nunca encontra soutiens que goste do seu tamanho. Eu odiava.
Beijinho

prada disse...

Gosto tanto de mim,dentro da normalidade, embora reconheça que alguns homens, apreciam as mamas grandes.
Mas como não vivo para lhes agradar, seria daquelas intervençoes estéticas que nunca faria com esse fim.

S* disse...

Aí está o que eu não gostei Kitty... "duas coisas desta dimensão".

Chamam-se mamas na mesma.

IG disse...

A única deselegância que aqui vejo é o seu texto. "este exagero de mamas" e "duas coisas desta dimensão"???
Passou-lhe pela cabeça que as suas leitoras possam ter esta aparência e que acabou de as tratar como anormais?

Kitty Fane disse...

Meninas, peço desculpa se ofendi alguém. Não foi, de todo, essa a minha intenção.

Cristiana disse...

Meu Deus, não conhecia esta sujeita, mas obrigado pela referência! Realmente não é coisa que se admita, fazer questão de se mostrar uma irregularidade que dá tanto nas vistas.
Eu cá sou como tu, nunca seria capaz -.-"

Catarina disse...

Oh Cristiana "irregularidade"?! Desde quando é que ter um peito grande é uma irregularidade?
Alias a Christina Hendricks é das mulheres mais bonitas do momento, as suas curvas são super sensuais e pode ser que ao vê-la muitas miudas e mulheres percebam que não precisam ser esqueléticas para serem bonitas e atraentes.
Acho que se ela se sente confortavel com o seu peito e se gosta de o mostrar faz muito bem em faze-lo. Eu pessoalmente não o faria mas isso é porque sou mais reservada.

rititi disse...

Talvez um dos posts mais machistas e ofensivos que li nos últimos tempos. E nao, nao estou ofendida, simplesmente triste que tenha sido escrito por uma mulher.

Kitty Fane disse...

Caríssima rititi, acabei de ir espreitar o seu blogue a propósito deste comentário (de vez em quando, muito de vez em quando dou uma espreitadela, confesso) e depois do que li lá a propósito precisamnete dos Emmys (por exemplo fiquei a saber que a Anna Paquin afinal não é um ser humano) não percebo o sentido deste seu comentário. Mas, pronto, se calhar não será para perceber. :-)

rititi disse...

Independentemente do infantil da confissao ("de vez em quando, muito de vez em quando dou uma espreitadela, confesso"), nao sei o que tem a ver uma coisa com a outra. Adiante.
Mas eu explico, deixe estar: que uma mulher esteja orgulhosa do seu corpo, que nao tenha medo do mostrar, que exiba decostes, pernas, corpo é motivo de alegria, uma vitória contra a pequenez de cabeça e o machismo. Afinal as "amigas" (chamam-se mamas, ou peitos) sao parte de nós. Que haja homens que prefiram olhar para as mamas em vez de olhar para os nossos olhos nao é problema da mulher, mas do homem. É como nao usar mini saia porque se tem medo que se olhe para as nossas pernas.
Se calhar preferia que as mulheres "excessivas" se escondessem. Para nao se sentirem ofendidas. Acho que há até uma corrente extremista que defende este tipo de posturas. Pena que em pleno século XXI e na Europa ainda haja mulheres que se posicionem a favor destas correntes.