domingo, 11 de julho de 2010

Já das dos animais que se seguiram, não posso dizer o mesmo

Chamem-me o que quiserem, mas eu acho a história do polvo que acerta os resultados dos jogos uma gracinha.

2 comentários:

Jojozinha disse...

lol acho um tanga... o ser humano tem um sentido de oportunidade magnífico... xD

A miuda dos saltos altos disse...

Concordo :)