sábado, 17 de julho de 2010

***


Emma Watson fotografada por Nick Knight


Longe de ti são ermos os caminhos,
Longe de ti não há luar nem rosas,
Longe de ti há noites silenciosas,
Há dias sem calor, beirais sem ninhos!
...

Fumo, Florbela Espanca

9 comentários:

katty disse...

Florbela Espanca, a eterna romantica que sofria de amores e nos deixou tantos poemas para nos deliciarmos *.* este é lindo. Força! :)

Eu disse...

...
Meus olhos são dois velhos pobrezinhos
Perdidos pelas noites invernosas
Abertos sonham mãos cariciosas
Tuas mãos doces, plenas de carinho

Os dias são outonos:choram,choram
Há crisântemos roxos que descoram
Há murmúrios dolentes de segredo
Invoco o nosso sonho, entendo os braços

e é ele oh meu amor, pelos espaços
fumo leve que foge entre os meus dedos.


;)

Iludida disse...

Fiquei eu uma semana completamente agreste deste mundo e agora que regresso leio estes teus textos...

Não sei o que se passa, provavelmente um problema de saúde e grave mas é preciso ter esperança de que as coisas vão correr bem, e que o tal milagre que falaste num post anterior pode de facto acontecer.

Não acredito em Deus, ou pelo menos no Deus da igreja católica, mas acredito no "meu" Deus. E é esse algo ou pessoa que me faz ter a minha fé e me faz ter esperança nos piores momentos. A minha vida também não tem sido fácil e uma vez mais passo por um momento bem infeliz que se irá prolongar por um longo tempo, mas ACREDITA! É preciso ACREDITAR ;)

Jasmine Rosemary disse...

É lindo e eu não conhecia!
Gostei :)

prada disse...

Não é a poesia mais apropriada, algo mais levesinho, acho eu, para um fim de semana relax.
Fica bem!

Catherine disse...

florbela florbela... :)

Catherine

MagicWoman disse...

Muita fé e muita força!

bejinhos

Merenwen disse...

Esta criança da Emma está cada dia mais bonita! Bela foto!

Maria Miranda disse...

Adoro Florbela Espanca...
Vítima do grande amor que não conseguiu conter no seu peito :)
Beijo,
Maria

http://linguajandemportugues.blogspot.com