quarta-feira, 16 de junho de 2010

Foi a coisa mais pirosa que eu vi nos últimos tempos


Marilyn Monroe em "How to Marry a Millionare" (1953)

As massagens para casais são coisa para me deixar com náuseas. Ontem, enquanto fazia zapping, vi uma coisa desse género, já não me lembro em que canal. Então estavam ele e ela a olhar um para o outro, de mão dada, cada um em sua marquesa, enquanto as senhoras lhes massajavam as costas. Tudo isto à luz de velas e com pétalas de rosas espalhadas por todo o lado. Eu sou romântica, mas também não exageremos. Aliás, odeio tudo o que está direccionado para casais. Sobretudo quartos de hotel decorados para lua-de-mel e afins.

9 comentários:

camaleoa disse...

Ohh...
Eu gosto.... :o))

Se bem que estarem de mão dada já é um exagero..
Mas gosto dessas coisas de casais... Se calhar sou romântica de mais.. :o))

Capitão Microondas disse...

Inclusive trocas?

cláudia disse...

Kitty, quando voltamos a falar do Sexo e a Cidade? Quando viste o filme disseste que dali a uns tempos voltariamos a tocar no assunto porque há muita coisa para discutir. Então vamos a isso...

joão disse...

Isso chama-se rebarba.

Ana C. disse...

Se querem romantismo, não entendo porque é que não fazem massagens um ao outro na intimidade dos seus aposentos.
Mas enfim, cada um tem a sua própria ideia de romantismo.
Por exemplo, ver o meu mais que tudo a dobrar a roupa que sai da máquina de secar, ou a fazer o jantar é absolutamente orgásmico :)

A. disse...

Quando aparecer alguém que realmente faça tilintar qualquer coisa na tua cabeça e no teu coração, vais ver ver se não deixas de achar piroso :)

Precis Almana disse...

Horrível horrível é ter gente - as massagistas - a assistir!

Sónia Costa disse...

Ai mas eu não dispensava a oportunidade. Uma massagem sabe sempre bem.

Rit@ disse...

Sinceramente também não compreendo a funcionalidade daquilo e porque tem tanta fama as massagens a casais ou packs com dias de spa para casais, até porque eu só consigo imaginar estares tu com aquela mascara na cara e ele também e acabo por me rir dessa situação. Eu prefiro ir com uma amiga do que o namorado penso que faz mais sentido.